Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Vendas no varejo do Brasil têm queda inesperada de 3,1% em agosto

Dados Econômicos06.10.2021 10:00
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Shopping center em São Paulo, Brasil 11/06/2020

Por Camila Moreira e Rodrigo Viga Gaier

SÃO PAULO/RIO DE JANEIRO (Reuters) - O setor varejista brasileiro vacilou em agosto e registrou queda inesperada nas vendas, a mais intensa desde o final de 2020 apesar da reabertura da economia.

As vendas no varejo tiveram em agosto queda de 3,1%, ficando muito aquém da expectativa em pesquisa da Reuters de avanço de 0,7%, mostraram os dados divulgados nesta quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Foi a queda mais forte desde o recuo de 6,1% visto em dezembro de 2020, marcando também a mais intensa para meses de agosto desde o início da série histórica.

Ainda assim, o comércio varejista está no momento 2,2% acima do patamar pré-pandemia, embora já tenha chegado a ficar mais de 5% acima, segundo o IBGE.

Em relação a agosto de 2020, as vendas recuaram 4,1%, contra expectativa de um avanço de 2,0%, na primeira variação negativa após cinco meses de alta.

"Temos vários elementos para além da questão sazonal para essa amplitude negativa. Até julho o comércio tinha um patamar alto e bem perto do recorde de novembro de 2020", disse o gerente da pesquisa, Cristiano Santos.

"(Mas também) a inflação segue pressionando e sendo importante para o indicador. E a retração na renda compromete e retira um poder de compra e uma capacidade de consumo das famílias brasileiras", completou.

O cenário atual ainda é de elevação dos juros, o que encarece o crédito --no mês passado, o Banco Central elevou a taxa básica Selic a 6,25% ao ano

ARTIGOS PESSOAIS E SUPERMERCADOS

Das oito atividades pesquisadas, em agosto seis apresentaram perdas nas vendas. A maior influência negativa partiu da queda de 16% de Outros artigos de uso pessoal e doméstico --composta por exemplo por grandes lojas de departamentos-- na comparação com julho.

De acordo com o IBGE, a queda nessa atividade se dá depois de o consumo ter sido antecipado em julho diante de descontos dados pelos varejistas.

Também recuaram no período os setores de equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (-4,7%), combustíveis e lubrificantes (-2,4%), móveis e eletrodomésticos (-1,3%), livros, jornais, revistas e papelaria (-1,0%) e hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (-0,9%).

“Hiper e supermercados, assim como combustíveis e lubrificantes, vêm sendo impactados pela escalada da inflação nos últimos meses, o que diminui o ímpeto de consumo das famílias e empresas", explicou Santos.

Somente Tecidos, vestuário e calçados (1,1%) e artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (0,2%) apontaram aumento no volume de vendas em agosto.

O comércio varejista ampliado, que inclui veículos, motos, partes e peças e material de construção, registrou queda de 2,5% em agosto na comparação com julho.

O volume de vendas de veículos, motos, partes e peças teve aumento de 0,7%, mas o de material de construção perdeu 1,3%.

Vendas no varejo do Brasil têm queda inesperada de 3,1% em agosto
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (18)
pericles periclesplb
pericles periclesplb 06.10.2021 13:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Economia crescendo: VOO DE GALINHA
Rodrigo Leite
Rodrigo Leite 06.10.2021 11:15
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Povo que gastar com comida chwga de roupas
caio tacla
caio tacla 06.10.2021 10:27
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
#ficaemcasa
caio tacla
caio tacla 06.10.2021 10:27
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Economia a gente vê depois ....
Roniel Dias
Roniel Dias 06.10.2021 10:08
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O povo tendo que comprar carne a 60 reais o kilo e 7 reais em um litro de gasolina, vai consumir mais o quê?
caio tacla
caio tacla 06.10.2021 10:08
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Pressionar os deputados para baixar o ICMS, só com essa medida, o preço já pode cair quase 10% pro consumidor final. E se o brent continuar subindo com esse ICMS que temos hoje, aí se segura, vamos ficar igual ao Reino Unido.
André Luis Pereira dos Santos
André Luis Pereira dos Santos 06.10.2021 10:08
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
caio tacla E o dólar não tem nada com isso? Ajuste no fiscal foi esquecido. Dá-lhe inflação!
Italo juliao
Italo juliao 06.10.2021 10:05
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O povo tudo quebrado como vai comprar alguma coisa!? Não se tem dinheiro nem para comprar o básico. Mais segundo Paulo Guedes o Brasil tá muito bem.
Osmar Pires
Osmar Pires 06.10.2021 10:01
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Veio ruim é passado. O que vale é o que virá pela frente. Inflação corroi o poder de compra mas não o destrói. Pessoas consomem sempre e querem mais. Queda é pra comprar.
Ricardo Santos
Ricardo Santos 06.10.2021 9:45
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O Lula deu sorte porque surfou o boom de commodities... Taí petróleo, gas, soja, milho, boi, frango... Todas as commodities bombando e o pais afundando.
Waldir Crema
Waldir Crema 06.10.2021 9:44
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
comprar com boas notícias é pagar caro
André Luis Pereira dos Santos
André Luis Pereira dos Santos 06.10.2021 9:44
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Quem veio comprando dólar e juros brasileiros e comprando ativos indexados ao IPCA esses meses todos tá feliz da vida. Infelizmente, pra ganhar dinheiro e proteger o próprio patrimônio no Brasil, precisa apostar contra o Brasil.
Ricardo Bitte
Ricardo Bitte 06.10.2021 9:41
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Hj a VIIA3 sobe bem rs assim é a Bolsa do Brasil
Vagner Morais
Vagner Morais 06.10.2021 9:41
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O mercado já precificou essa informação. Hj cai mais um pouquinho pq muitos estão tendo essa informação agora, vai vender no desespero.
marcos antonio
marcos antonio 06.10.2021 9:41
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
precificou o que homem. Vem aqui repetir os jargões dos charlatães do mercado. Tem nada precipitado. Via varejo vale pó, igual a Oi, ciclo e conga.
welington felix
welington felix 06.10.2021 9:39
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bostic as 10h pra fechar o caixão. Puts!
Flavio Moura
Flavio Moura 06.10.2021 9:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
logico que uma montadora, construtora que pagam bem nao tem insumos e so produzem apenas poucas unidades para quem tem muito $$$ pois sem oferta o preço aumenta, e pela pequena producao, vai diminuir salarios e empregos e isso reflete na turma que sai frequenta bares lachonetes q por consequencia menos clientes vao desempregar....E UMA SITUAÇAO MUNDIAL reconhecida por Merkel Boris J e ainda a bolha Biden de ficar dando $$$ para cara ficar em casa e logico que ele nao quer trabalhar na bilheteria do cinema ou vendendo lanches .... ganha mais com auxilio....e esse auxilio ele guarda e investe ...NAO CONSOME ELE TODO, entao nao volta a economia .... e sim para bancos que com juros altos vao financiar empresas que repassam esses juros aos parcelamentos....E OS INTELIGENTES ACHAM QUE ISSO NAO FOI CAUSADO PELO FIQUE EM CASA E SIM PELO PRESIDENTE
Flavio Moura
Flavio Moura 06.10.2021 9:30
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
desabastecimento na indústria, e a procura de quem tem $$$ e paga o que for pelo produto, causam aumento de preços e desemprego...va atras do Doria e da GIobo #fiqueemcasa vivendo de vento...
roberto gadioli
roberto gadioli 06.10.2021 9:26
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
é o #d0id0dob0z0 ( vulgo bolsonaro é) passeando de moto e jet ski. e a família morando em mansões de $ 3,2 a $ 14 milhões no BSB
Celso Santos
Celso Santos 06.10.2021 9:26
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
lá vem o próximo PIB em V! Só aguardar 🤣🔥⚓🐄💨🐮
Milton Heyde de Macedo
Milton Heyde de Macedo 06.10.2021 9:24
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Tem que gastar mais em energia elétrica e combustíveis É CLARO QUE VAI DIMINUIR AS OUTRAS!!
roberto gadioli
roberto gadioli 06.10.2021 9:22
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
offshore dos caras (Campos Neto e guedes) da economia faturando em paraíso fiscais. CORRUPÇÃO. #governoDeM.E.RD.A
Milton Heyde de Macedo
Milton Heyde de Macedo 06.10.2021 9:22
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
vendas no varejo ANUL - 4 ,1 % !!! E aí jegues retomada em V ??? Palhaçada - 4,1 % Anual
Mant Neuman
BombeiroAristide 06.10.2021 9:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A economia punjante do Jegues está afundando. Pelo menos o dólar está dispara do e ele está bem feliz ... A incompetência e roubalheira não tem fim Esqueceram do país pensando na reeleição
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail