Garanta 40% de desconto
⚠ Alerta de Balanço! Quais ações estão prontas para disparar?
Veja as ações no nosso radar ProPicks. Essas estratégias subiram 19,7% desde o início do ano.
Não perca a lista completa

Pesquisa indica forte derrota dos conservadores para trabalhistas no Reino Unido

Publicado 03.04.2024, 14:32
Atualizado 03.04.2024, 14:35
© Reuters. Primeiro-ministro britânico, Rishi Sunak, participa de sessão da Câmara dos Comuns, em Londres 
20/03/2024
Parlamento do Reino Unido/Maria Unger/Divulgação via REUTERS

LONDRES (Reuters) - O Partido Conservador do primeiro-ministro britânico, Rishi Sunak, está fadado a uma pesada derrota nas eleições nacionais previstas para este ano, de acordo com uma projeção de cadeiras publicada nesta quarta-feira, que mostrou o Partido Trabalhista da oposição conquistando mais de 400 assentos.

O modelo da YouGov, que prevê resultados em cadeiras parlamentares individuais com base na participação estimada de votos, projetou que os conservadores de Sunak ganhariam apenas 155 assentos e os trabalhistas ganhariam 403 assentos. O Parlamento britânico tem 650 cadeiras.

As pesquisas têm mostrado consistentemente uma vantagem de dois dígitos aos trabalhistas sobre os conservadores, antes de uma eleição que Sunak tem afirmado que espera convocar no segundo semestre do ano.

Os conservadores estão no governo, seja em coalizão ou sozinhos, desde 2010, mas tiveram cinco primeiros-ministros diferentes nesse período, já que o votação no Reino Unido para deixar a União Europeia e o escândalo sobre a forma como lidou com a crise da Covid levaram a uma contínua turbulência política.

A pesquisa indicou que Sunak ainda está lutando para ganhar impulso após um Orçamento de redução de impostos no mês passado e antes das eleições locais em maio. O modelo mostrou que os conservadores estão se saindo um pouco pior -- e os trabalhistas, melhor -- do que quando a YouGov publicou essa projeção pela última vez em janeiro.

A YouGov agora projeta que os conservadores conquistariam menos cadeiras do que em 1997, quando obtiveram apenas 165 cadeiras em uma derrota esmagadora para o Partido Trabalhista, liderado por Tony Blair.

Entre os parlamentares conservadores proeminentes que poderiam perder suas cadeiras estão o ministro das Finanças, Jeremy Hunt, e a ex-candidata à liderança Penny Mordaunt, disse a YouGov.

O modelo projetou que os trabalhistas ficariam aquém das 418 cadeiras conquistadas sob Blair, com a maioria projetada de 154 cadeiras também inferior à maioria de 179 conquistada em 1997.

© Reuters. Primeiro-ministro britânico, Rishi Sunak, participa de sessão da Câmara dos Comuns, em Londres 
20/03/2024
Parlamento do Reino Unido/Maria Unger/Divulgação via REUTERS

A YouGov entrevistou 18.761 adultos britânicos de 7 a 27 de março para a pesquisa. O número é muitas vezes maior do que o de pesquisas de opinião regulares e a YouGov disse que o método previu corretamente as duas eleições anteriores.

A YouGov disse que o resultado eleitoral principal baseado no modelo veria os trabalhistas com 41% dos votos e os conservadores com 24%, embora tenha advertido que os resultados poderiam parecer diferentes das pesquisas regulares devido ao tratamento dado àqueles que não têm intenção de voto no momento.

(Reportagem de Alistair Smout)

Últimos comentários

Evidente, os adoradores do caos quebraram UK com o Brexit.
A desgraca da esquerda por todo mundo
aí a Europa entra em crise de vez... ptzada lá vai fazer a festa
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.