Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Atualize já

Dólar sobe, mas se afasta de máximas com fluxo estrangeiro em busca de juro alto

Moedas 15.08.2022 17:21
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Notas de reais e dólares 10/09/2015 REUTERS/Ricardo Moraes
 
B3SA3
-1,95%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
USD/BRL
+0,03%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
GS
-1,56%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
BAC
-1,32%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
USD/MXN
-0,18%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
EUR/USD
+0,10%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

Por José de Castro

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar fechou em alta moderada ante o real nesta segunda-feira, influenciado pelo rali da moeda no exterior após dados fracos da China, mas a cotação ficou a uma boa distância das máximas da sessão, com fluxo estrangeiro para a renda fixa amenizando a pressão compradora, segundo relatos.

O dólar à vista subiu 0,36%, a 5,0926 reais.

O real perdeu valor junto com boa parte de seus pares emergentes e/ou mais correlacionados aos preços das matérias-primas, depois que dados sombrios da China intensificaram temores sobre uma desaceleração econômica na segunda maior economia do mundo --e voraz consumidora de commodities vendidas por emergentes como o Brasil. Para abafar novos receios, o banco central chinês cortou inesperadamente os juros.

No pior momento do dia no mercado à vista, o dólar chegou a bater 5,1418 reais, em alta de 1,33%. Mas uma recuperação, ainda que parcial, da demanda por ativos de risco no mundo --as bolsas de valores dos EUA abandonaram perdas e fecharam em alta, por exemplo-- chamou algumas vendas de moeda por parte de estrangeiros, movimento que também explica a queda nas taxas dos contratos de juros DI negociados na B3 (BVMF:B3SA3).

Apesar da alta desta segunda-feira, o dólar segue próximo do menor valor em dois meses atingido no fim da semana passada e bem distante da máxima perto de 5,52 reais alcançada em meados de julho.

Especialistas têm citado o renovado apelo do real aos olhos de arbitradores de taxas de juros num cenário que combina possível fim do ciclo de alta de juros pelo BC brasileiro e esperanças de abrandamento no ritmo de aperto monetário nos EUA.

Dados de uma agência norte-americana mostraram que especuladores que operam na Bolsa de Chicago pararam de aumentar posições negativas no real na semana finda em 9 de agosto.

Estrategistas do Bank of America (NYSE:BAC) recomendam a investidores que fiquem longe de posições vendidas em dólar --ou seja, que ganham com a desvalorização da moeda norte-americana--, mas ressalvam que, no relativo, o real e o peso mexicano tendem a registrar desempenho superior ante seus pares latino-americanos.

"O real é apoiado por um 'carry' (taxa de retorno) muito grande e pela recente recuperação dos preços das commodities", disseram estrategistas em relatório.

Embora ressaltem que a eleição presidencial de outubro "seja um risco" no Brasil, a expectativa é que o mercado continue esperando um resultado relativamente neutro em termos de política macroeconômica, com incerteza menor do que em outras eleições na região, uma vez que ambos os principais candidatos já são bem conhecidos, pontuaram.

O Goldman Sachs (NYSE:GS) vê o real como uma das "opções atrativas" para estratégias de venda de euro em caso de alívio em temores de recessão fora da Europa e inclui na conta peso colombiano e novamente peso mexicano.

Desde o pico de quase 5,64 reais de 25 de julho, o euro já caiu 8,3%, para cerca de 5,17 reais.

Dólar sobe, mas se afasta de máximas com fluxo estrangeiro em busca de juro alto
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (8)
Guilherme zz
Guilherme zz 15.08.2022 23:29
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
4,99 em breve
Hh Ferreira
12_anos_de_exper 15.08.2022 20:48
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Acredito que o fluxo estrangeiro deve começar a mudar de tendência logo logo e os Dólares irem embora, fazendo o preço disparar. Brasil com o fiscal bagunçado e ainda mais com esse auxílios "compra voto", as contas públicas estão com dificuldades e terão problemas. Somado a isso o aumento de juros Brasil a fora e a crise financeira mundial batendo a porta. Acredito que o Dólar vai decolar logo logo 🚀
Hh Ferreira
12_anos_de_exper 15.08.2022 20:48
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
*aumento de juros mundo a fora (no exterior).
Mantt Newmann
Mantt Newmann 15.08.2022 18:22
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
BOZO = LULA = LADRAO POPULISTA. O resto é mimimi. Dolar subiu? CURPA da GROBO e do STF!!! O Bozo não tem culpa de nada!
Pedro Pontes
Pedro Pontes 15.08.2022 18:04
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Realmente os dois candidatos sao bastante conhecidos um saqueou os cofres publicos e levou o pais para a maior recessao de sua historia
César Ferreira
César Ferreira 15.08.2022 18:00
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Se a Reuters fosse isenta a notícia seria.. " Bolsa supera os 113k mesmo com exterior desfavorável "
WEYLER RUAS
WEYLER RUAS 15.08.2022 17:58
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Agora você despenca 🥳
Marcelo Pamponet
Marcelo Pamponet 15.08.2022 17:54
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Magalu ainda é furada?
Mamoru Uehara
Mamoru Uehara 15.08.2022 17:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
abriu com super gap de alta. ganhou quem ficou comprado sexta
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail