x
Últimas Notícias
0

Eventual embargo estrangeiro à carne brasileira seria desastre, diz ministro da Agricultura

Política20.03.2017 21:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Ministro da Agricultura, Blairo Maggi, em pé, ao lado do presidente Michel Temer

BRASÍLIA (Reuters) - Eventuais embargos estrangeiros à carne brasileira após escândalo sobre a venda de produtos adulterados representaria um desastre, afirmou o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, acrescentando que o governo se esforça para limitar as restrições aplicadas pelos países às 21 fábricas identificadas na operação Carne Fraca, da Polícia Federal.

Importantes mercados consumidores de carne brasileira decidiram nesta segunda-feira suspender ou elevar as exigências para a importação do produto. China, União Europeia, Chile e Coreia do Sul emitiram nesta segunda-feira comunicados em que citaram preocupações.

"Com toda certeza (a proibição à compra seria) um desastre. Porque a China é um grande importador nosso. A Comunidade Europeia, além de ser nosso segundo ponto de exportação, é também nosso cartão de visitas. Quem vende para a Europa vende para muitos países, que muitas vezes nem pedem fiscalizações nossas porque sabem que temos um sistema bom", disse Maggi.

"Eu torço, eu rezo, eu penso, eu trabalho pra que isso não venha acontecer", completou o ministro em coletiva de imprensa nesta segunda-feira.

Maggi afirmou que o governo está trabalhando para que as restrições fiquem circunscritas às 21 plantas que estão sob suspeita, que tiveram suas licenças de exportação suspensas pelo governo. Entre elas, estão unidades de gigantes do setor, como JBS (SA:JBSS3) e BRF (SA:BRFS3).

Para o mercado interno, contudo, apenas três dessas plantas foram interditadas: a da BRF localizada em Mineiros (GO) e as da Peccin Agro Industrial em Jaraguá do Sul (SC) e Curitiba. As demais passarão por auditoria nas próximas três semanas.

"No mercado externo nós temos que correr", disse o ministro. "Nós não podemos permitir o fechamento. Uma vez que haja o fechamento de um mercado desse, para você reabrir serão muitos anos de trabalho", afirmou.

Durante a coletiva, Maggi afirmou que é natural esperar manifestação dos mais de 30 países para os quais essas fábricas exportaram. Entre eles estão grandes mercados, como os Estados Unidos e Rússia. Nesta segunda-feira, inclusive, o Departamento de Agricultura norte-americano começou a testar para patógenos todas as remessas de carne in natura e pronta para consumo do Brasil.

No âmbito dos esforços que estão sendo feitos, Maggi afirmou que técnicos do ministério da Agricultura participarão de teleconferência nesta noite com autoridades chinesas para o esclarecimento de novos pontos, com o objetivo de "minimizar" a questão.

Em relação ao Chile, Maggi destacou que o governo ainda não tem dimensão da restrição, se abrange ou não todo o mercado de carne brasileiro. Se este for o caso, o governo poderá inclusive adotar medidas de retaliação, com suspensão de importação de produtos do país vizinho.

"Se eu tiver que ter reação mais forte com o Chile eu terei. Não há dúvida nenhuma", disse Maggi, afirmando ter recebido autorização do presidente Michel Temer para ser mais duro nesse sentido.

Diante da repercussão negativa da operação em mercados tão exigentes e com a perda no valor de mercado em bolsa de grandes empresas do setor, representantes da indústria brasileira criticaram nesta segunda-feira a generalização adotada pela PF na divulgação da operação.

Segundo Maggi, o ministério da Agricultura continua dando apoio à PF para o combate à corrupção. Ele ressaltou, entretanto, que é necessário que a Polícia Federal tenha conhecimento técnico quanto ao uso de termos e procedimentos na divulgação de informações.

"E que não venham a público com coisas alarmistas como foi feito na última apresentação", complementou.

(Por Marcela Ayres)

Eventual embargo estrangeiro à carne brasileira seria desastre, diz ministro da Agricultura
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material  relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias ou ataques pessoais dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de registro no futuro, a critério Investing.com.

 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Escreva o que você pensa aqui
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
Postar
Postar também no :
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários
André Penedo
André Penedo 21.03.2017 2:50 GMT
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Seria ótimo esse "desastre", só assim pra aprender a fazer as coisas direito, cultura nojenta essa nesse país, sempre tentando passar a perna nos outros, só corrupção, roubo...
Responder
0 0
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
Postar 1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
 
 
 
Anexar um gráfico a um comentário
Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Registrar-se com Google
ou
Registrar-se com o e-mail