Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Atualize já

Faria Lima se prepara para o 'sobe e desce' do mercado nas eleições

Ações 18.08.2022 10:01
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Faria Lima se prepara para o 'sobe e desce' do mercado nas eleições
 
USD/BRL
+0,34%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
CL
-1,83%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

No momento em que as pesquisas de intenção de voto ainda colocam o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com folga à frente do presidente Jair Bolsonaro, os principais gestores do País começam a preparar suas carteiras para conseguir lidar com a maior volatilidade do mercado e com os efeitos de novos gastos do atual governo - que tenta se manter competitivo para buscar sua reeleição.

Com o crescimento de medidas dadas como populistas, o sentimento na Avenida Faria Lima - principal corredor financeiro do País, em São Paulo - é o de que o quadro mais provável é de uma eleição apertada em outubro. Com isso, bancos e corretoras começam a fazer um pente-fino nas melhores opções de investimento.

O Verde, um dos fundos mais conhecidos do País, do gestor Luis Stuhlberger, destaca que o cenário mais provável em outubro é de pouca distância de votos entre os dois principais postulantes. "Acreditamos que um estreitamento da diferença entre os dois candidatos é bastante provável nos próximos dois meses, num fenômeno típico de incumbente buscando reeleição. Será interessante acompanhar a leitura dos mercados para tal fenômeno", cita a gestora, em sua mais recente carta direcionada a cotistas.

No documento, o Verde afirma ainda que a principal posição do fundo segue em Bolsa brasileira, algo que ajudou a rentabilidade do fundo em julho. Por aqui, o fundo de Stuhlberger acredita que o ruído local foi reduzido porque os políticos estão focando suas energias na campanha eleitoral.

Ainda no Verde, a preocupação em torno de medidas populistas em ano de eleição levou o fundo a zerar uma posição vendida em dólar em relação ao real, ou seja, tirou da mesa a aposta de que o real se valorizaria. A avaliação da gestora é de que aumentou a preocupação em torno da situação fiscal no próximo governo.

Já a Rio Bravo, gestora do ex-diretor do Banco Central Gustavo Franco, relembra que Lula lidera com folga, inclusive com possibilidade de conseguir vencer já no primeiro turno, mas que "ninguém se arrisca a dar o assunto como decidido". A boa notícia, segundo Franco, que assina a carta da gestora enviada a seus cotistas, é de que uma chance de golpe político "perdeu substância".

"A estratégia habitual do presidente (Bolsonaro) de esticar a corda, agora mais diretamente ao sistema eleitoral, como evidenciado pela fracassada reunião do presidente com os embaixadores, talvez tenha servido para organizar resistências a qualquer fator externo à voz das urnas."

LIQUIDEZ

Na gestora Capitânia, os desafios de investir em ano eleitoral são evidenciados. "Entendemos que nesse cenário precisamos ficar bem atentos a oportunidades de desinvestimento e realocação em ativos com menor risco de liquidez e maior carrego", conforme a carta referente ao mês de agosto. Isso significa que a gestora prefere ativos que são mais fáceis de serem vendidos, para conseguir mudar de posição com mais facilidade.

A mesma leitura faz o Daycoval. A escolha tem sido por ativos de fácil negociação, para manter em dia a relação entre risco e retorno. Fora isso, a instituição acredita que, apesar da pressão inflacionária, o Banco Central conseguirá ancorar as expectativas para os próximos anos, apesar das "indefinições políticas com a proximidade das eleições presidenciais e eventuais pressões para mais gastos fiscais".

Já a gestora Sharp adverte que o calendário obrigará, em breve, a um maior foco do mercado nas eleições. "O mercado tem começado a prestar mais atenção não só nas consequências dos resultados das urnas, como nas medidas populistas colocadas em prática atualmente. Dito isso, seguimos com investimentos que têm, relativamente, baixa correlação com um cenário específico de atividade econômica", conforme o documento.

Na AZ Quest, a prioridade tem sido focar em ações de perfil mais defensíveis, ou seja, que historicamente têm menores oscilações de preços. "Nossas principais alocações seguem sendo no setor bancário e elétrico, estrategicamente defensivos, e nos setores petróleo & petroquímico e varejo", afirma a gestora.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Está com receio de investir devido às eleições? Confira nossas dicas de como investir no podcast "Estratégia de Carteira". Ouça no player abaixo (usuários do app Android deve acessar sua plataforma de streaming favorita: Spotify, Deezer, Apple Music, Anchor)

Faria Lima se prepara para o 'sobe e desce' do mercado nas eleições
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (32)
Moreira Lima
Moreira Lima 19.08.2022 1:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Quem acusa Lula de ladrão sem provas, pode ter certeza é mais ladrão do ele 🤫🤫
Lui s Perez
Lui s Perez 19.08.2022 1:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O cara é delatado pelos melhores amigos, julgado em 3 instancias com aumento de pena, recebe 7 milhões com 30 palestras que nunca ninguém viu ou gravou,   e vem você que só o vê em fotografia dizer que ele é inocente? Acorda amigo, pense,
Marcelo Mattos
Marcelo Mattos 18.08.2022 18:42
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Nunca foi tão fácil votar.   Vou visitar a carceragem de um delegacia aqui perto de casa. Chegando lá eu pergunto: E aí pessoal ? é Lula ou Bolsonaro ? Seja lá qual for a resposta da maioria, meu voto, naturalmente, só pode ser no sentido contrário. Porque, claramente, eu e aqueles criminosos discordamos sobre o princípio da propriedade privada... de direito à vida.... e tantos outros Então, não faz nenhum sentido que nós tenhamos o mesmo candidato. Eleição resolvida
Marcelo Mattos
Marcelo Mattos 18.08.2022 18:32
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Se não houvesse Lula no páreo, quem concorreria com Bolsonaro ?    É muito interessante perceber que muitos ainda não entenderam o fenômeno que ocorreu em 2018. impressionante... Ficam inventando histórias que façam sentido e deixem o leitor emocionalmente satisfeito.
Mantt Newmann
Mantt Newmann 18.08.2022 18:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O youtuber Wilker Leao, da Tchuchuca Bozo, falou do fim da delação premiada, mas isso é somente a ponta do Iceberg do mar de impunidade criado por este desgoverno e seu parlamento!!! Enquanto o povo é feito de idiota e fica brigando Bozo x Lula, os dois juntos votaram a favor do fim da lei de improbidade administrativa e da delação premiada.... Ontem Kassio Marques e Andre Mendonça votaram a favor de retroagir a nova lei da impunidade administrativa para LADRÕES já contenados ou com julgamento em andamento. Claro que a lei vale somente para politicos vagabundos!!!!
José Artur Medina
José Artur Medina 18.08.2022 17:30
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
É só sobe. Ninguém, depois da senadora Dilma ser empossada, acredita em pesquisas. Aprendemos também em 2018 onde era pra qualquer um vencer o segundo turno. O mercado quer quem crie condições de crescimento e controle a inflação, com um mínimo de interferência e que reduza carga tributária. Existe um ministro que foi bastante feliz por estes critérios e outro dilacerador de lares/famílias criadores inflação e desemprego. As ruas apontam para um claro resultado. Vida longa aos comprados.
Robson Costa
Robson Costa 18.08.2022 17:03
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Se tivermos uma "eleição apertada" o Brasil poderá ir para o buraco de vez. Rezem, orem, joguem dados, fumaça para que o Bolsonaro ganhe no primeiro turno, senão aí sim, veremos o que será aperto. Deem uma olhadinha para a Venezuela, Argentina, Colômbia e Chile. Façam-me o favor, ora bolas! Eleição apertada? isso parece militância política descabida.
Mantt Newmann
Mantt Newmann 18.08.2022 13:48
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Então a Tchutchuca do Centrão vira Tigrão quando esta cercada por 20 seguranças pagos com recurso público? kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Inocêncio da Silva
Inocêncio da Silva 18.08.2022 13:48
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Quando o Lula ganhar vai regular a mídia e acabar com foruns como esse! Infelizmente pessoas sérias e de bom coração como vc também serão prejudicados!
Mantt Newmann
Mantt Newmann 18.08.2022 13:48
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Não discordo de você, mas isso já esta acontecendo. Provocar de forma premeditada o  descredito nas instituições, da imprensa, da democracia, ... tudo isso é o começo de qualquer governo populista. Pq será que Bozo e Lula estão sempre tentando jogar a culpa na imprensa, sempre tentando falar que a justiça é injusta?
Inocêncio da Silva
Inocêncio da Silva 18.08.2022 12:19
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Lula quebrou as estatais, os fundos de pensão só para ajudar o povo pobre! Prova da sua bondade foi a nomeação de 50 mil companheiros nos cargos comissionados do governo federal, enquanto isso o governo do Bozo teve o menor gasto com servidores em 26 anos, segundo o UOL.
Roberto Lopes
Roberto Lopes 18.08.2022 12:19
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ja dizia minha vó: “ a propaganda é a alma do negócio”. Taí, PT tem dinheiro pra bancar pesquisa manipulada e tirar a fama de corrupto do maior simbolo do esquema brasileiro.
Luiz Eismann
Luiz Eismann 18.08.2022 12:16
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Será o "fim do Brasil" novamente ?????
Cleiton Rafael
Cleiton Rafael 18.08.2022 12:15
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
o ladrão na frente é uma piada kkkk povo safado inventando uma liderança que não existe,
Robson Costa
Robson Costa 18.08.2022 12:15
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Um ladrão descondenado mas culpado para presidente? só em um país desses.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail