Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Não haverá recessão e semana pode ter alta de 7%, diz Kolanovic, do JP Morgan

Ações 24.06.2022 16:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters

Da Redação Investing.com

Marko Kolanovic, notório touro dos mercados do JPMorgan, ajudou a criar o cenário para o rali dos mercados de capitais de hoje ao publicar uma projeção otimista para os mercados globais no segundo semestre, na qual prevê que não haverá recessão e a que a inflação terá um recuo. Na sequência, ele publicou um relatório sugerindo que um rebalanceamento ao final do mês e do trimestre poderia acarretar uma alta de 7% nos mercados de capitais na próxima semana.

No panorama global, Kolanovic destaca que o seu departamento de economia não enxerga a materialização de uma recessão este ano. A recessão não é o seu case de referência nos próximos 12 meses; na verdade, ele e sua equipe consideram que o crescimento global vai acelerar de 1,3% no primeiro semestre deste ano para 3,1% no segundo semestre. Quanto à inflação, sua equipe vislumbra queda de uma taxa anualizada de 9,4% no primeiro semestre para 4,2% no segundo semestre. Isto permitirá que os bancos centrais deem uma guinada e evitem gerar uma recessão econômica. Além disso, Kolanovic e seu departamento avaliam que a China vai acelerar para 7,5% no segundo semestre, contra crescimento basicamente zero (0,5%) no primeiro semestre. Levando em conta sua perspectiva de que não vai haver recessão, os preços dos ativos de riscos estão "baratos demais", disse.

No relatório desta manhã sobre o rebalanceamento do final de mês e trimestre, Kolanovic afirmou que, embora tais rebalanceamentos não sejam geralmente o principal motor do mercado, o da semana que vem será diferente. Isto se deve ao fato de que os mercados de capitais registraram queda considerável nos últimos períodos de um, três e seis meses, e que isso está acontecendo num momento de baixa liquidez. Além disso, o mercado se encontra numa "condição de venda excessiva, os saldos de tesouraria estão a um nível recorde e a atividade recente de shorting no mercado alcançou níveis não observados desde 2008".

"Este ano, o impacto dos rebalanceamentos tem sido significativo devido às grandes movimentações do mercado e à baixa liquidez. Por exemplo, perto do final do primeiro trimestre, o mercado caiu cerca de 10%, e atravessou um rali significativo de cerca de 7% na semana passada, na boca do fim do trimestre", Kolanovic explicou. "No rebalanceamento mensal mais recente, perto do final de maio, o mercado apresentava queda de 10%, e vivenciou um rali considerável de cerca de 7% entrando no final do mês. Vamos olhar para o atual arranjo de rebalanceamento. As ações no geral têm queda de 21% no ano (9% em relação aos títulos), 16% no trimestre (11% contra os títulos) e 9% no mês (7% contra os títulos). Os rebalanceamentos em todas as 3 janelas históricas reforçariam isso e, com base na regressão histórica, implicariam um aumento de aproximadamente 7% nas ações na próxima semana".

Não haverá recessão e semana pode ter alta de 7%, diz Kolanovic, do JP Morgan
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (29)
Osmar Pires
Osmar Pires 26.06.2022 15:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
É muito bla bla bla. Conversa fiada é o que não falta. Mas creio sim em avanços econômicos e nada de recessão. As pessoas querem e precisam consumir e agora muito mais para combater a depressão e as angústias depois de tanto confinamento impostos pela agenda maléfica esquerdista.
Gustavo Costa Oliveira Da Costa
Gustavo Costa Oliveira Da Costa 25.06.2022 19:47
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
vôo da galinha institucionais vendidos até os dentes não caiam nesses artigos ..só querem stops de sardolas
Rick Nick
Rick Nick 25.06.2022 19:29
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Velha história de quando falam muito bem acontece o contrário !
Felix Spirlandeli
Felix Spirlandeli 25.06.2022 19:00
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bolsa só depois das eleições !!
Felix Spirlandeli
Felix Spirlandeli 25.06.2022 18:59
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Acredito!!!!!! Que cai mais !!
André Junqueira
André Junqueira 25.06.2022 14:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
a inflação vai cair mas vai voltar a subir mais a frente pois ela não ven em linha reta mas em ondas. Os problemas da cadeia de suprimentos são mais sérios do que parecem
Alessandro Reis
Alessandro Reis 25.06.2022 13:05
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
já tinha avisado aqui,recessão não é agora.Mercado pode subir reto 50%
Lamir M B Carvalho
Lamir M B Carvalho 25.06.2022 12:31
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Se o Lula não ganhar as eleições, entraremos novamente num ciclo virtuoso de alta. O PIB já dá mostras de alta e a arrecadação crescente fará o déficit público cair. A inflação será de curtíssimo prazo. Com o governo Bolsonaro apoiando o capitalismo, mas, com uma pitada suave de socialismo, não deixando de atender aos menos favorecidos, evitará um caos social e retomará a confiança dos investidores. Passando as eleições, as reformas estruturantes retornarão com força, de forma a impulsionar este crescimento com um estado mais leve, e um custo Brasil cada vez menor. Temos riquezas que atestam o lastro necessário para sermos a bola da vez.
Lamir M B Carvalho
Lamir M B Carvalho 25.06.2022 12:30
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Se o Lula não ganhar as eleições, entraremos novamente num ciclo virtuoso de alta. O PIB já dá mostras de alta e a arrecadação crescente fará o déficit público cair. A inflação será de curtíssimo prazo. Com o governo Bolsonaro apoiando o capitalismo, mas, com uma pitada suave de socialismo, não deixando de atender aos menos favorecidos, evitará um caos social e retomará a confiança dos investidores. Passando as eleições, as reformas estruturantes retornarão com força, de forma a impulsionar este crescimento com um estado mais leve, e um custo Brasil cada vez menor. Temos riquezas que atestam o lastro necessário para sermos a bola da vez.
E. Andrade
E. Andrade 25.06.2022 11:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Pode não ter recessão pra ele que é bilionário, vai ser só uma marolinha! Mas para os pobres já vejo a recessão virando a esquina, vai chegar primeiro que o papai noel! Bolsonaro já está se adiantando com auxílio de 600 contos.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail