Últimas Notícias
Garanta 40% de desconto 0
🔎 Confira as ProTips completas de NVDA e descubra riscos e retornos DESCONTO de 40%

Petrobras: mudança no estatuto não é ingerência política na empresa, diz CEO

Publicado 01.12.2023 16:54 Atualizado 04.12.2023 05:45
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters Petrobras: mudança no estatuto não é ingerência política na empresa, a
 
PETR4
+1,89%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

O presidente da Petrobras (BVMF:PETR4), Jean Paul Prates, afirmou nesta sexta-feira, 1.º, que a decisão de mudar as regras para a indicação de membros para cargos de gestão da empresa não foi tomada com o desejo de "contaminar" a estatal com interesses políticos. A avaliação foi feita durante uma entrevista concedida a jornalistas durante a realização da 28.ª Conferência de Mudança do Clima da Organização das Nações Unidas (ONU), a COP-28, em Dubai, nos Emirados Árabes.

"Em absolutamente nenhum momento houve o desejo de contaminar a Petrobras com interesse político colocando gente lá por conta dessas mudanças. Eu achei a votação extemporânea, mas o Conselho de Administração por maioria decidiu votar", afirmou Prates. A mudança no estatuto foi aprovada por 54,98% dos votos, sendo que a União detém 50,26% do capital votante da estatal. Contra as alterações ficaram 31,96% dos acionistas, e 13,06% preferiram se abster.

Segundo o executivo, a mudança proposta no Estatuto da empresa não provoca mudanças no ponto de vista dos critérios para a indicação para cargos de diretoria, visto que, mesmo sem a presença das regras no estatuto, a Petrobras permanece obrigada a seguir as determinações expressas na Lei das Estatais (Lei N° 13.303/2016).

"Não faz diferença nenhuma, então para que votar aquilo? Deu uma confusão danada, porque todo mundo interpretou como se fosse uma ingerência política, quando na verdade você só está tirando um artigo que repete a Lei. Só causou celeuma", acrescentou Prates.

Questionado sobre a medida cautelar do Tribunal de Contas da União (TCU) na quarta-feira, 29, Prates respondeu que a estatal vai atender às determinações expressas pelo órgão.

Na decisão tomada pelo ministro Jorge Oliveira, o tribunal exigiu que a Petrobras não registre a aprovação das mudanças no estatuto da companhia que alteram a política de nomeação de diretores, presentes no segundo parágrafo do artigo 21, onde estão listadas as vedações para nomeações de indicados que tenham vinculação política.

Petrobras: mudança no estatuto não é ingerência política na empresa, diz CEO
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por esse motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (7)
Herly Liz Ferraz
Herly Liz Ferraz 04.12.2023 10:40
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Aguardem a derrocada... Lula vai comprar uma Passadena na Arábia, aguardem...
Jorge Donato
Jorge Donato 04.12.2023 8:56
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Se isto não é ingerência o que será????
Ismael Otimista
Ismael Otimista 04.12.2023 7:49
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A Petrobrás é um das empresas mais importantes do país e deveria estar imune a intervenção política direta. Espero que estejam cientes das obrigações e mantenham a companhia nos eixos para não se transformar, novamente, no palco da corrupção desgarrada.
Ruberley Pommerening
Ruberley Pommerening 04.12.2023 7:49
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Você ainda acredita nisso? Petrobrás já era, já começaram a destruir. Vai levar tempo, porque tem bom caixa, mas com essa turma, vão detonar com tudo.
roberto gadioli
roberto gadioli 04.12.2023 7:49
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
per.deu mané ruberley, não amola. per.deu 3 vezes: 1 - per.deu a eleição; 2- per.deu a valorização da PETR; 3 - per.deu dividendos
ildeu kaizer
ildeu kaizer 04.12.2023 7:08
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
É a história se repetindo. O PT não mudou nada.
roberto gadioli
roberto gadioli 04.12.2023 7:08
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
per.deu mané, não amola. per.deu novamente mané, pois deixou de ganhar na valorização da PETR é tb dividendos.
Andollinni Carleone
Andollinni Carleone 04.12.2023 6:45
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Vai voltar a ser caixa eletrônico do PT
roberto gadioli
roberto gadioli 04.12.2023 6:45
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
per.deu mané andollinni, não amola. per.deu 3 vezes: 1 - a eleição; 2 - valorização da PETR, 3 - dividendos PETR
Danielly Marques
Danielly Marques 04.12.2023 6:33
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
eu fico pensando numa notícia dessa em 2022...
Herly Liz Ferraz
Herly Liz Ferraz 04.12.2023 6:33
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Pois é, Bolsonaro falava "posto ipiranga" a ação despencava e eu comprava, subia novamente e ele falava: "não vou interferir na PETR", ação despencava... Agora nem abala com as "pretenções" do ladrão.
Arley Martins
Arley Martins 04.12.2023 6:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
É apenas facilitar a entrada das raposas no galinheiro cheio de galinhas de ovos de ouro. Esse governo corrupto, aiai. Petrolao parte 2 a todo vapor.
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar esse comentário

Diga-nos o que achou desse comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail