🚀 Ações escolhidas por IA em alta. PRFT com alta de +55% em 16 dias. Não perca as ações de junho!Acessar lista completa

Tribunal retoma processo de trabalhadora do Whole Foods sobre uso de máscara do "Black Lives Matter"

Publicado 24.04.2024, 20:49
© Reuters. Trabalhadores do South Lake Union Whole Foods protestam contra a administração da loja que não permitiu que usassem roupas Black Lives Matter em Seattle
25/06/2020
REUTERS/Lindsey Wasson

Por Jonathan Stempel e Daniel Wiessner

(Reuters) - Um tribunal de apelações dos EUA ressuscitou um processo que acusa o Whole Foods de demitir ilegalmente uma trabalhadora que se recusou a retirar sua máscara facial do movimento "Black Lives Matter" e reclamou de racismo da rede de supermercado de alimentos naturais, orgânicos ou sem conservantes. 

Em uma decisão por 3 x 0 divulgada nesta quarta-feira, o Tribunal de Apelações Federal do 1º Circuito disse que a demissão de Savannah Kinzer, uma crítica declarada que trabalhou em uma loja de Cambridge, Massachusetts, "possivelmente se desviou" do processo disciplinar do Whole Foods.  

O painel de Boston também manteve o arquivamento de duas queixas similares de outros dois funcionários, Haley Evans e Christopher Michno, por não encontrar provas de que a maneira como o Whole Foods os tratou foi incomum. O Whole Foods é da Amazon.com (NASDAQ:AMZN). 

Nem o Whole Foods e nem seus advogados responderam aos pedidos de comentários em um primeiro momento. Um advogado dos réus não respondeu a pedidos similares de imediato. 

© Reuters. Trabalhadores do South Lake Union Whole Foods protestam contra a administração da loja que não permitiu que usassem roupas Black Lives Matter em Seattle
25/06/2020
REUTERS/Lindsey Wasson

O processo é um entre muitos que surgiram dos protestos após o assassinato de George Floyd por policial de Minneapolis em maio de 2020. 

Kinzer disse que foi demitida em retaliação por "conduta protegida", incluindo protestar no lado de fora da loja, rejeitar pedidos para parar de usar a máscara, falar com a imprensa e apresentar uma queixa à Comissão de Oportunidades Igualitárias de Emprego. 

(Reportagem de Jonathan Stempel em New York e Daniel Wiessner em Albany, Nova York)

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.