Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Atualize já

Últimas Notícias

Bitcoin atinge novo nível de resistência; ETH fica acima dos R$ 7 mil

Varejo e indústria veem 2° semestre mais favorável com 5G, Copa e auxílio

Ações 17.08.2022 18:40
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
2/2 © Reuters. Cartazes com preços de mercadorias exibidos do lado de fora de supermercado no Rio de Janeiro 08/04/2022 REUTERS/Ricardo Moraes 2/2
 
AAPL
-4,78%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
BVSP
-1,16%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
AMER3
-5,13%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
MGLU3
-4,62%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
005930
-0,57%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
VIIA3
-5,41%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

Por Andre Romani e Beatriz Garcia

SÃO PAULO (Reuters) - As principais varejistas brasileiras listadas em bolsa esperam uma recuperação nas vendas nesta segunda metade do ano, diante de uma série de eventos favoráveis --de Copa do Mundo ao Natal-- e perspectivas de melhora no cenário de juros e inflação, panorama também visto pela indústria eletroeletrônica que abastece o setor.

Porém, os empresários de três das maiores redes de varejo do país --Americanas, Via e Magazine Luiza-- foram cuidadosos ao definir a magnitude dessas expectativas, falando em otimismo "cauteloso" e semestre "mais favorável" a analistas e jornalistas no final da semana passada.

Para além da Copa, e do Natal, executivos ainda mencionaram a Black Friday, em novembro, o recente lançamento da tecnologia 5G, que deve ajudar na venda de celulares, e o aumento do programa Auxílio Brasil para 600 reais.

"Estamos muito confiantes com o segundo semestre deste ano, lembrando que há eventos muito importantes para os próximos meses", disse Marcio Cruz, que comanda a área digital da Americanas, a analistas na sexta-feira.

O otimismo aparece depois que as taxas de juros em seu mais alto pico no Brasil desde 2017 e o maior avanço da inflação em 12 meses em quase duas décadas pressionaram as vendas das varejistas no primeiro semestre.

A receita líquida da Via, dona das bandeiras Ponto e Casas Bahia, caiu 2,5% no primeiro semestre, enquanto a do Magazine Luiza (BVMF:MGLU3) ficou praticamente estável e da Americanas subiu 16,6%. No mesmo período de 2021, as três conseguiram aumento de vendas de 32,7%, 59,8% e 37,9%, respectivamente.

Cruz disse que as vendas da Americanas até esta metade do terceiro trimestre seguem crescendo de forma "consistente" nas lojas físicas, puxadas por produtos de valor médio mais baixo, mas a demanda online por produtos próprios, como eletrodomésticos, "segue tímida".

Na Via, o presidente-executivo da companhia, Roberto Fulcherberguer, afirmou que as vendas seguem na "mesma batida" vista no segundo trimestre, e que o terceiro trimestre ainda deve "ser mais desafiador".

A avaliação é que os fatores favoráveis às vendas estão mais concentradas no quarto trimestre, incrementados ainda por efeitos maiores relacionados a uma expectativa de alívio na inflação e estabilidade nos juros.

"As vendas de categorias mais tradicionais de produtos (como móveis, eletrodomésticos e celulares) tendem a refletir a evolução desses indicadores, principalmente inflação e taxa de juros", disse o diretor financeiro do Magazine Luiza, Roberto Bellissimo.

"Estamos vendo um aumento na demanda entre 30% e 40% por aparelhos 5G (nas cidades em que a tecnologia já foi implementada)", afirmou Fabrício Bittar, vice-presidente de operações do Magazine Luiza, observando que esses aparelhos tem preço médio acima de 2 mil reais.

INDÚSTRIA TAMBÉM NA EXPECTATIVA

Os fabricantes no primeiro semestre foram afetados por menor demanda e questões globais como alta de preços de insumos por conta do frete marítimo e dos gargalos na cadeia de suprimentos, mas o "segundo semestre deve ser melhor", disse o presidente-executivo da Associação Nacional dos Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos (Eletros), Jorge Nascimento.

"Neste ano ainda tem um evento importante que é a Copa do Mundo quando tradicionalmente há um consumo maior de televisores, produtos de áudio e vídeo e refrigeradores", afirmou ele. A associação engloba empresas como Philco, LG, Panasonic, Samsung (KS:005930) e Whirlpool.

Nos dados até maio, a indústria brasileira amargou queda de 24% nas entregas de produtos ao varejo em comparação a 2021, segundo a Eletros. "Estamos em um momento de crise com retração do consumo e precisamos que o cliente volte a consumir", disse Nascimento.

Na Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), a expectativa é de "otimismo moderado". A entidade, que tem como associadas companhias como Siemens, Apple (NASDAQ:AAPL), Dell e Motorola, projeta alta de 9% no faturamento do setor em reais em 2022, contra avanço de 22% em 2021.

Se do lado da oferta o custo do frete, a alta de insumos como aço e plástico e a crise de semicondutores atrapalharam a indústria na primeira metade do ano, na demanda, os altos patamares de estoques acumulados pelos varejistas em trimestres anteriores também serviram para reduzir as encomendas.

Humberto Barbato, presidente-executivo da Abinee, disse que "parece que as varejistas estão conseguindo desovar os estoques".

A avaliação é reiterada pelas companhias. "Não achamos que os estoques estão elevados, acreditamos que no segundo semestre a perspectiva de venda é melhor... para o que a gente acredita que é possível fazer de crescimento, os estoques já estão normalizados", disse Frederico Trajano, presidente do Magazine Luiza.

O mercado acionário tem mostrado animação com o setor e as ações das três varejistas - Magazine Luiza, Via e Americanas - têm reduzido perdas acumuladas no ano, conforme novos dados macroeconômicos positivos são divulgados. As três tiveram as maiores quedas dentre as ações do Ibovespa em 2021.

Só em agosto, até a tarde desta quarta-feira, as ações do Magazine Luiza lideram os ganhos do Ibovespa, com alta ao redor de 60%. Ainda assim, os papéis caem cerca de 43% no ano. A Via avança aproximadamente 45% no mês e tem queda de quase 34% no ano, enquanto Americanas tem valorização de 3% em agosto e recuo de 53% em 2022.

Varejo e indústria veem 2° semestre mais favorável com 5G, Copa e auxílio
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (2)
Andre NUNES
Andre NUNES 17.08.2022 20:28
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
patas lindas
patas lindas 17.08.2022 17:49
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Vale lembrar q estamos saindo d uma pandemia q afetou drasticamente a economia do mundo todo, nao so brasil, q por sinal esta se recuperando d uma forma grandiosa. 🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷
Luan Lima
Luan Lima 17.08.2022 17:49
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
e ainda vão ter aqueles que apostam contra sua bandeira!!!! 🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🤜🏼🤛🏼🤝🤭
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail