Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Atualize já

Últimas Notícias

Fleury inaugura três unidades de rede voltada para público de menor renda

Weibo bloqueia cofundador do Trip.com que questionou estratégia de Covid zero da China

Ações 24.05.2022 13:55
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
2/2 © Reuters. Celular mostra o aplicativo da rede social Weibo na tela 07/12/2021 REUTERS/Florence Lo 2/2
 
TCOM
+5,40%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
WB
-1,08%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
CRIP34
+6,57%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
W1BO34
0,00%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

Por Sophie Yu e Brenda Goh

PEQUIM (Reuters) - O empresário chinês James Liang, que questionou a estratégia de Covid zero do país, foi proibido de postar no Weibo, acusado pela plataforma de mídia social de violação legal.

Liang é cofundador do Trip.com.

O Weibo, uma plataforma semelhante ao Twitter, não especificou quais regras Liang infringiu e não deixou claro quando a proibição entrou em vigor ou o que a desencadeou. Mas nesta terça-feira, os internautas notaram mudanças na conta de Liang, que tem 817 mil seguidores.

A conta pertencente a Liang agora exibe uma declaração dizendo que o usuário está atualmente bloqueado por "violar leis e regulamentos relevantes".

A Reuters não conseguiu entrar em contato com Liang por meio do Trip.com, que é dona das empresas de viagens Qunar e Skyscanner, e a companhia não comentou.

O Weibo não respondeu imediatamente a um pedido de comentário da Reuters.

Na semana passada, Liang escreveu um artigo no qual ele argumentava que políticas de prevenção de epidemias excessivamente cautelosas poderiam infligir maior dor à economia e à expectativa de vida das pessoas do que o próprio vírus. A postagem, feita na conta do WeChat do centro de estudos China e Globalização, foi posteriormente removida.

Em abril, Liang postou no Weibo um artigo que havia escrito discutindo a baixa taxa de mortalidade da variante Ômicron da Covid-19 e desafiando a necessidade de controles epidêmicos rigorosos na China.

Um artigo separado publicado por ele em abril no jornal China Enterprise News também alertava que medidas excessivas de prevenção da Covid-19 podem prejudicar a economia chinesa.

A estratégia para combater a Covid-19 não é o único problema que Liang mirou. Em seu último post no Weibo, em 29 de abril, o empresário publicou uma análise sobre o motivo de a China ter demorado tanto para revisar sua política de filho único, um tópico que ele já discutiu calorosamente nas mídias sociais e em entrevistas à imprensa.

Embora Liang tenha permanecido ativo no Weibo em meio a um ambiente regulatório cada vez mais rígido nos últimos dois anos, diversos outros líderes empresariais chineses que antes eram francos tornaram-se mais contidos nas mídias sociais ou pararam de postar completamente.

Outros chineses de alta relevância banidos pelo Weibo recentemente incluem o investidor de private equity Dan Bin e Wang Sicong, filho do fundador da Dalian Wanda, Wang Jianlin.

Assim como no caso de Liang, as razões específicas para essas proibições não foram dadas, mas Dan havia questionado a viabilidade da política de Covid zero, e Wang desafiado a eficácia de uma medicina tradicional chinesa endossada pelo governo para tratar o vírus.

(Por Sophie Yu e Brenda Goh)

Weibo bloqueia cofundador do Trip.com que questionou estratégia de Covid zero da China
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (1)
Flavio Linz de Azevedo
Flavio Linz de Azevedo 24.05.2022 13:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail