Últimas Notícias
Investing Pro 0
💎 Descubra ações subvalorizadas fora do radar em qualquer mercado Iniciar

Últimas Notícias

Sam Bankman-Fried evita prisão com acordo entre defesa e promotores

Astrônomos documentam uma supernova não tão supernova na Via Láctea

Gerais 01.02.2023 21:00
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Ilustração sem data do sistema estelar binário CPD-29 2176, localizado a cerca de 11.000 anos luz da Terra NOIRLab/National Science Foundation/AURA/J. da Silva/Spaceengine/Divulgação via REUTERS

Por Will Dunham

WASHINGTON (Reuters) - As supernovas nem sempre são supernovas. As explosões, que marcam a morte de uma estrela, costumam ser espetacularmente energéticas. Mas, de vez em quando, são um fracasso completo.

Cientistas detalharam nesta quarta-feira um dos insucessos: uma estrela imensa, que teve tanto de seu material desviado pela força gravitacional de uma estrela companheira em um casamento estelar --chamado de sistema binário--, que, quando explodiu no final de sua ciclo de vida, mal conseguiu esboçar um gemido.

Sua explosão final foi tão mansa, de fato, que a estrela colapsada --agora um objeto incrivelmente denso chamado estrela de nêutrons-- permanece em uma órbita circular dócil com sua companheira. Uma explosão mais poderosa, no mínimo, teria resultado em uma órbita mais oval e poderia até mesmo ter enviado a estrela e sua companheira em direções opostas.

Este sistema binário, estudado usando um telescópio no Observatório Interamericano de Cerro Tololo, com sede no Chile, está localizado a cerca de 11.000 anos-luz da Terra em nossa galáxia, a Via Láctea, na direção da constelação de Puppis. Um ano-luz é a distância que a luz percorre em um ano, 9,5 trilhões de quilômetros.

A explosão estelar anêmica que ocorreu foi chamada de supernova "ultra-despojada". Isso acontece quando uma estrela massiva entra em colapso quando fica sem combustível em seu núcleo, mas não consegue uma explosão forte porque uma estrela companheira sugou grande parte de suas camadas externas e removeu material que, de outra forma, seria ejetado violentamente para o espaço.

“Como há pouco material no envelope estelar, quase não há material ejetado do choque do colapso”, disse o astrônomo Noel Richardson, do Arizona, da Universidade Aeronáutica Embry-Riddle, principal autor do estudo publicado na revista Nature.

A coautora do estudo, Clarissa Pavão, uma estudante de graduação da Embry-Riddle que estuda física, descreveu a explosão como: "Fraca, sutil e passiva".

(Reportagem de Will Dunham)

Astrônomos documentam uma supernova não tão supernova na Via Láctea
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail