Últimas Notícias
0

Governo interino da Venezuela quer ajuda humanitária via 3 fronteiras para dificultar barreiras de Maduro

Mundiais11.02.2019 21:15
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. .

Por Lisandra Paraguassu

BRASÍLIA (Reuters) - O autoproclamado governo interino da Venezuela pretende organizar uma ação concertada com a ajuda humanitária saindo ao mesmo tempo da Colômbia, do Brasil, e de Aruba ou Curaçao, no Caribe, para dificultar a ação do governo de Nicolás Maduro, que pretende impedir a entrada das doações ao país, disse à Reuters o deputado venezuelano Lester Toledo, coordenador das ações de ajuda.

"Quando o presidente Guaidó nos der as instruções nos próximos dias, ele vai anunciar uma data. Nessa data, da Colômbia, por via marítima desde o Caribe, e do Brasil vamos entrar simultaneamente com a ajuda humanitária, com um rio humano, com venezuelanos que vão a fronteira buscar essa ajuda", disse Lester ao sair de um encontro com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta no final da tarde desta segunda.

Lester disse que a ideia é fazer uma corrente, com venezuelanos comuns, ONGs, a igreja, para forçar a entrada dos comboios dentro do território venezuelano.

Não há ainda uma data, mas o deputado venezuelano aponta para no máximo duas semanas de espera.

O primeiro ponto de apoio foi formado na quarta-feira da semana passada na Colômbia, onde toneladas de alimentos e medicamentos já aguardam para serem enviados à Venezuela. O governo de Nicolás Maduro fechou a única ponte viária entre os dois países, mas duas outras, de pedestres ainda estão abertas.

No lado brasileiro, as conversas avançaram nesta segunda-feira com o Itamaraty e o Ministério da Saúde, e devem continuar amanhã com o Ministério da Defesa. O governo brasileiro se comprometeu a encontrar um local em que as doações possam ser armazenadas em Roraima, garantir a segurança e a entrada de doações de outros países da região e da União Europeia.

"Outros países se comprometeram a mandar doações, mas eu pedi que esperassem até que pudéssemos abrir outro ponto de apoio no Brasil", explicou. "A nossa prioridade é o tempo. Queremos até quinta ter a localização. O segundo, é o volume. É muita carga que virá dos Estados Unidos, da Europa, do Grupo de Lima."

A terceira via deverá sair de uma das ilhas holandesas no Caribe, Curaçao ou Aruba, para onde o deputado vai nesta terça-feira. Segundo contou, ele já recebeu a autorização do governo holandês para negociar com os governos locais das duas ilhas, e pretende até o final da semana ter acertado o terceiro ponto de envio.

Lester disse ainda que a logística de recebimento das doações, o armazenamento e a segurança ficarão a cargo do governo brasileiro. O transporte dali para a Venezuela será tocado por seu grupo. O Brasil deve ainda doar medicamentos e alimentos, dentro do que tem capacidade.

Em uma nota, o Itamaraty confirmou a conversa com os venezuelanos, mas não deu detalhes do que foi acertado. De acordo com uma fonte, o governo está sim a abrir o centro de distribuição e dar apoio logístico, no mesmo modelo da Colômbia. No entanto, sem o mesmo grau de envolvimento dos militares colombianos, que chegaram a se dispor a cruzar a fronteira com os carregamentos.

Governo interino da Venezuela quer ajuda humanitária via 3 fronteiras para dificultar barreiras de Maduro
 

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias ou ataques pessoais dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Registrar-se com Google
ou
Registrar-se com o e-mail