📖 Guia da Temporada de Balanços: Saiba as melhores ações escolhidas por IA e lucre no pós-balançoLeia mais

3 Ações Sólidas e Pagadoras de Dividendos para Qualquer Portfólio Focado em Renda

Publicado 16.03.2021, 08:23
MRK
-
LMT
-
PG
-
LMTB34
-
MRCK34
-
PGCO34
-

Publicado originalmente em inglês em 16/03/2021

Quais são as melhores ações para uma carteira focada em renda na aposentadoria? A resposta para essa pergunta depende bastante do seu apetite para o risco e objetivos na melhor idade.

Mas, se você é como a maioria das pessoas, cujo principal objetivo é preservar capital e gerar retornos estáveis para financiar um estilo de vida saudável em seus anos dourados, recomendamos ações de baixo risco e que distribuam dividendos crescentes e constantes.

Ao aplicar esses critérios de seleção, você geralmente encontrará empresas de grande porte, com balanços patrimoniais saudáveis, fluxos de caixa robustos e um longo histórico de pagamento de dividendos. Vamos dar uma olhada em três ações que satisfazem todos esses requisitos e analisar o que as faz ser um sólido investimento de longo prazo para a maioria dos aposentados.

1. Lockheed Martin

A Lockheed Martin (NYSE:LMT) (SA:LMTB34) não é do tipo de empresa que está nas manchetes diariamente. Mas com certeza é um dos nomes que se encaixam bem em uma carteira de aposentadoria.

Atuante no setor aeroespacial e de segurança, a companhia distribui um dividendo trimestral de US$ 2,6 por ação, o que se traduz em um dividend yield anual de 3,06%, graças aos seus fortes fluxos de caixa e negócios à prova de recessão.

Lockheed Martin Semanal

Durante a pandemia, a Lockheed registrou resultados, vendas e fluxo de caixa crescentes, graças em parte a pagamentos de progresso acelerado do Departamento de Defesa, que os repassou aos fornecedores.

No momento em que a maioria das empresas estão hesitantes em fazer projeções de resultados, a LMT registrou um número recorde de pedidos firmes na ordem de US$ 147 bilhões, o que lhe confere uma estabilidade de longo prazo e lhe permite distribuir renda aos investidores. A Lockheed ainda é negociada a 14 vezes seu múltiplo P/L do último exercício fiscal, indicando que essa ação não está cara e pode ser uma boa adição para sua carteira de aposentadoria. As ações da Lockheed Martin fecharam ontem a US$ 346,41.

2. Merck & Company

As prestadoras de serviços de saúde não param de ter demanda, mesmo em uma recessão. Além disso, para as empresas farmacêuticas, as oscilações econômicas não costumam impedir o desenvolvimento de novos medicamentos e aparelhos.

Ações como a Merck (NYSE:MRK) (SA:MRCK34) estão bem posicionadas não só para superar o mercado neste ciclo de baixa, mas também para proporcionar bons retornos sustentáveis. A empresa está se beneficiando do sucesso do Keytruda, seu principal medicamento contra o câncer. A expectativa dos analistas é que as vendas anuais do Keytruda atinjam US$ 20 bilhões até 2023, segundo a FactSet, gerando mais de um terço do total de vendas da companhia.

Merck Semanal

A Merck também é uma das principais farmacêuticas que estão desenvolvendo terapias para combater a Covid-19. Embora sua vacina não tenha produzido resultados positivos nos ensaios clínicos, a empresa está buscando agressivamente terapias capazes de curar pessoas infectadas.

A pílula contra a Covid-19, que está sendo desenvolvida pela Ridgeback Biotherapeutics, reduziu significativamente as infecções virais em humanos após cinco dias de tratamento, segundo um estudo de estágio intermediário citado pelo Wall Street Journal na semana passada.

A Merck fechou recentemente um acordo de compra da VelosBio Inc. por US$ 2,75 bilhões, buscando impulsionar sua linha de terapias contra o câncer, e adiantou privativamente um pagamento de US$ 425 milhões à biofarmacêutica OncoImmune para garantir uma possível terapia contra casos graves de Covid.

Graças a seus crescentes dividendos e recompras de ações, a Merck é uma excelente aposta de longo prazo para quem busca renda consistente. A ação fechou ontem a US$ 76,26 e rende atualmente 3,49%, o que se traduz em um dividendo trimestral de US$ 0,65 por ação, após a elevação de 7% em novembro.

3. Procter & Gamble

A gigante dos produtos básicos de consumo Procter & Gamble (NYSE:PG) (SA:PGCO34) é outra ação de baixo risco ideal para uma carteira de aposentadoria de longo prazo. A P&G tem um longo histórico de recompensar seus investidores com proventos crescentes e ganhos de capital.

A companhia de Ohio elevou seus dividendos em cada um dos últimos 64 anos. Com um rendimento de 2,47% por ano, a P&G distribui um dividendo trimestral de US$ 0,79 por ação, após a elevação de 6% em 2020. Na última década, suas ações mais do que dobraram de valor, incluindo dividendos, o que garantiu aos investidores um retorno total extraordinário.

Com um múltiplo P/L prospectivo de 21, a P&G está perto do seu nível mais alto nos últimos cinco anos. Mas a força desse crescimento sugere que as ações da fabricante dos barbeadores Gillette e do sabão líquido Ariel são uma aposta segura para investidores de longo prazo.

Em janeiro, a P&G elevou sua projeção de vendas e lucro, dizendo que sua receita orgânica crescerá 6% no ano fiscal de 2021, um aumento de nada mais, nada menos que 5% em relação à projeção anterior. A P&G também considera que seu lucro por ação crescerá 10%. Suas fecharam ontem negociadas a US$ 128,56.

Resumo

Adicionar sólidas ações à sua carteira de longo prazo pode gerar um sustentável fluxo de renda para a aposentadoria. Comece devagar a construir seu portfólio focado em receita quando os preços das ações estiverem atraentes, e os rendimentos, elevados. Seguindo essa estratégia, você receberá pagamentos crescentes e constantes, mesmo em situações de crise econômica.

Últimos comentários

Carregando o próximo artigo...
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.