Últimas Notícias
Investing Pro 0
🚨 Nossos dados Pro revelam a melhor ação da temporada de balanços Acesse dados

Últimas Notícias

Na posse de Mercadante, Lula volta a destacar papel de BNDES como indutor do desenvolvimento

Opep+ deixa política estável em meio a economia enfraquecida e discussão sobre teto de preço

Commodities 04.12.2022 14:55
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters.
 
LCO
+1,55%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
CL
+1,25%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
PBR
+3,09%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
PETR3
+3,99%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
PETR4
+3,99%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

Por Alex Lawler e Ahmad Ghaddar e Olesya Astakhova

LONDRES/DUBAI (Reuters) - A Opep+ concordou manter suas metas de produção de petróleo em reunião neste domingo, enquanto os mercados petrolíferos lutam para avaliar o impacto da desaceleração da economia chinesa na demanda e do teto no preço do petróleo russo pelo G7.

A decisão ocorre dois dias depois que os países do Grupo dos Sete (G7) concordaram com o estabelecimento de um teto de preço para o petróleo russo.

A Opep+, que compreende a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e aliados, incluindo a Rússia, enfureceu os Estados Unidos e outras nações ocidentais em outubro, quando concordou em cortar a produção em 2 milhões de barris por dia, cerca de 2% da demanda mundial, de novembro até o final de 2023.

Washington acusou o grupo e um de seus líderes, a Arábia Saudita, de se aliar à Rússia, apesar da guerra de Moscou na Ucrânia.

A Opep+ argumentou que cortou a produção por causa de uma perspectiva econômica mais fraca. Os preços do petróleo têm recuado desde outubro devido ao crescimento mais lento na China e no mundo e às taxas de juros mais altas, levando a especulações do mercado de que o grupo poderia cortar a produção novamente.

Mas neste domingo o grupo de produtores de petróleo decidiu deixar a política inalterada. Ministros importantes da organização se reunirão em 1º de fevereiro para um comitê de monitoramento, enquanto uma reunião completa está marcada para os dias 3 e 4 de junho.

 

(Reportagem de Maha el Dahan e Rowena Edwards)

Opep+ deixa política estável em meio a economia enfraquecida e discussão sobre teto de preço
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (3)
Manuel Netto
Manuel Netto 05.12.2022 7:19
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Será que sinaliza uma inflexão com uma posterior aceleração da curva?
Robson Ivan
Robson Ivan 05.12.2022 7:19
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Tudo é possível.
Joao Gualberto Dias
Joao Gualberto Dias 04.12.2022 17:54
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Quem vai investir num país cujo presidente é um ladrão???
Marcelo Momm
Marcelo Momm 04.12.2022 16:21
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
E o luladrao querendo saquear a petrobras de novo
Carlos carvalho
Carlos carvalho 04.12.2022 16:21
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Mais um alienado vivendo uma Realidade Paralela. Tchutchuca do Jair.
Rodrigo Lucena
Rodrigo Lucena 04.12.2022 16:21
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
nao tá satisfeito, vai pro Afeganistão
José livre
José livre 04.12.2022 16:21
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Gado pastando
Luiz Gomes
Luiz Gomes 04.12.2022 16:21
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Querendo.. Já era, tudo dominado de novo.
Manuel Netto
Manuel Netto 04.12.2022 16:21
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Menos nos governadores e congresso.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail