Garanta 40% de desconto
⚠ Alerta de Balanço! Quais ações estão prontas para disparar?
Veja as ações no nosso radar ProPicks. Essas estratégias subiram 19,7% desde o início do ano.
Não perca a lista completa

Petróleo fecha em queda, com aumento de estoques da commodity nos EUA

Publicado 28.02.2024, 14:01
Atualizado 28.02.2024, 17:10
© Reuters Petróleo fecha em queda, com aumento de estoques da commodity nos EUA

Os contratos futuros do petróleo fecharam em queda, após um aumento maior do que o esperado de barris nos estoques da commodity bruta na semana passada nos Estados Unidos dificultar o prolongamento do movimento da terça-feira, quando relatos de potenciais cortes na oferta deram sustentação aos preços. As negociações para um potencial cessar-fogo em Gaza também colocam limites para o avanço dos preços.

Na Internacional Commodity Exchange (ICE), o Brent para maio fechou com baixa de 0,62% (US$ 0,51), aos US$ 82,15 por barril. Enquanto isso, na New York Mercantile Exchange, o WTI para abril recuou 0,42% (US$ 0,33), a US$ 78,54 o barril.

Os estoques comerciais de petróleo bruto saltaram 4,2 milhões de barris na semana encerrada na sexta-feira nos Estados Unidos, gerando preocupações com excesso de oferta. A previsão era de aumento de 1,5 milhão de barris. O aumento mais do que compensou as reduções nos estoques de gasolina e destilados.

O crescimento dos estoques interrompeu a alta dos contratos na véspera, quando foram impulsionados por notícia de que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (Opep+) estuda estender seus cortes voluntários na produção no segundo trimestre.

A TD Securities ponderou que os operadores podem em breve liquidar uma parte dos contratos de prazos mais longos recentemente adquiridos a preços abaixo de US$ 78 o barril. "No entanto, embora um cessar-fogo durante o mês sagrado do Ramadã possa aliviar os riscos para o suprimento, é pouco provável que diminua o prêmio de risco nos preços até que haja uma resolução mais permanente para o conflito, especialmente porque as operações dos Houthis no Mar Vermelho continuam", escreveram analistas da corretora.

Em relação ao conflito em Gaza, Israel tem ameaçado iniciar uma ofensiva terrestre contra a última fortaleza do Hamas, a cidade de Rafah, onde mais de um milhão de palestinos buscaram abrigo, se não houver um acordo com libertação de reféns até o início do Ramadã, em 10 de março.

O vice-primeiro-ministro russo, Alexander Novak, disse hoje que há um equilíbrio entre oferta e demanda nos mercados petrolíferos mundiais, segundo matéria da Reuters.

* Com informações da Dow Jones Newswires

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.