📖 Guia da Temporada de Balanços: Saiba as melhores ações escolhidas por IA e lucre no pós-balançoLeia mais

Senado aprova projeto de lei para impulsionar energia nuclear avançada

EdiçãoAhmed Abdulazez Abdulkadir
Publicado 19.06.2024, 06:44
© Reuters.

O Senado dos EUA aprovou recentemente uma legislação destinada a impulsionar a implantação de tecnologias avançadas de energia nuclear. O projeto de lei, projetado para acelerar o processo de licenciamento e introduzir novos incentivos para inovações em reatores nucleares, recebeu forte apoio bipartidário como um movimento estratégico para enfrentar as mudanças climáticas e melhorar a segurança energética do país.

A legislação, que já havia sido aprovada pela Câmara dos Representantes, agora aguarda a assinatura do presidente Joe Biden para ser promulgada. O Senado aprovou o projeto com uma maioria esmagadora de 88 votos a 2. Este ato de cooperação bipartidária ressalta o interesse compartilhado no papel da energia nuclear na redução das emissões de carbono e na promoção da criação de empregos.

O senador Tom Carper, democrata e presidente do Comitê de Meio Ambiente e Obras Públicas do Senado, saudou a aprovação da Lei ADVANCE como uma vitória significativa para o clima e a segurança energética americana. Sua homóloga republicana, a senadora Shelley Moore Capito, ecoou esse sentimento, destacando o esforço colaborativo do Congresso para impulsionar uma tecnologia que é crítica para o futuro dos Estados Unidos.

O projeto de lei promete reduzir os custos regulatórios para empresas que buscam licenças para tecnologias avançadas de reatores nucleares. Inclui também uma disposição relativa a um prémio para incentivar a implantação bem sucedida de reactores de próxima geração e visa simplificar o processo de licenciamento de instalações nucleares em determinados locais.

Um potencial beneficiário dessa legislação é a TerraPower, uma empresa apoiada por Bill Gates, que encontrou dificuldades para obter uma licença crucial para seu projeto de reator de Natrium proposto de US$ 4 bilhões em Wyoming.

No entanto, defensores da não-proliferação, como a Union of Concerned Scientists, expressaram preocupações sobre a flexibilização dos padrões de licenciamento para reatores nucleares de alta tecnologia, particularmente aqueles que utilizam urânio altamente enriquecido. Eles argumentam que a segurança deve continuar sendo a principal prioridade.

A indústria nuclear dos EUA tem enfrentado desafios em expansão nas últimas décadas, com altos custos e requisitos complexos de licenciamento. Além disso, o desenvolvimento e o financiamento de tecnologias nucleares avançadas têm se mostrado difíceis. A aprovação deste projeto de lei representa um esforço concentrado dos legisladores para abordar essas questões e apoiar o crescimento do setor de energia nuclear.

A Reuters contribuiu para este artigo.

Essa notícia foi traduzida com a ajuda de inteligência artificial. Para mais informação, veja nossos Termos de Uso.

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.