Últimas Notícias
Investing Pro 0
🚨 Nossos dados Pro revelam a melhor ação da temporada de balanços Acesse dados

Credit Suisse abandona projeção de redução da Selic em 2023 em meio a incerteza fiscal

Dados Econômicos 08.12.2022 11:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
 
CSGN
-1,07%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Credit Suisse (SIX:CSGN) deixou de prever cortes do juro básico brasileiro no ano que vem e elevou sua projeção para o patamar da taxa Selic em 2024, citando incertezas sobre a saúde fiscal do país.

Agora, o Credit Suisse vê os juros no patamar atual de 13,75% ao término de 2023. Em seu cenário anterior, o banco esperava que a Selic seria reduzida para 11,50% até o final do ano que vem. Já para 2024, a instituição elevou seu prognóstico para o nível dos juros a 11,50%, contra 8,50% estimados anteriormente.

"De modo geral, a incerteza quanto aos valores e condições a serem aprovados na PEC da Transição e a ausência de uma âncora fiscal confiável no curto prazo nos fizeram rever nosso cenário para a taxa Selic", avaliou o credor em relatório com data de quarta-feira.

O documento foi publicado depois que o Banco Central decidiu manter a Selic em 13,75% pela terceira vez consecutiva em reunião de política monetária da véspera. Em comunicado emitido após o encontro, o BC deu recados ao governo eleito ao dizer que há elevada incerteza sobre o futuro do arcabouço fiscal do país e ressaltou que acompanhará com atenção o quadro das contas públicas.

Grande parte dos riscos fiscais do Brasil está associada à PEC da Transição, aprovada na quarta-feira pelo Senado em dois turnos e por ampla margem de votos. O texto, que agora segue para a Câmara, expande por dois anos o teto de gastos em 145 bilhões de reais para o pagamento do Bolsa Família de 600 reais.

 

(Por Luana Maria Benedito)

Credit Suisse abandona projeção de redução da Selic em 2023 em meio a incerteza fiscal
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (4)
César Ferreira
César Ferreira 08.12.2022 12:16
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Já n tinha falido essa falida credit Suisse?
Eduardo France de Moura
Eduardo France de Moura 08.12.2022 12:16
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Falou sim, fica tranquilo q eles nao sabem o q dizem. Brasil esta voando e vai voar muito nos proximos anos. He he he. Sabe de nada mesmo, inocente
José Artur Medina
José Artur Medina 08.12.2022 12:16
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Eduardo France de Moura  kkkkkkkk(a melhor do dia)
César Ferreira
César Ferreira 08.12.2022 12:16
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
mais um politiqueiro em site de economia. mal sabe que essa instituição errou várias previsões dando prejuízos bilionários aos seu clientes, vai se informar kkkkkkkkkkkk. Quanto ao Brasil estar voando não sei , mas sei que essa política que vêm aí levou a Argentina a algum lugar
José Artur Medina
José Artur Medina 08.12.2022 12:01
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Se o PT apoia os pobres, por quê quer gastar mais do que arrecada? Afinal essa política é inflacionária e será obrigado a elevar a SELiC, que beneficia quem elegeu Lula, ou seja os banqueiros que lucram com o financiamento da casa própria e com o cartão de crédito. Se petista entendesse de economia, não seria petista, não a toa o partido lutou tanto contra a educação financeira nas escolas.
Rosildo da Silva
Rosildo da Silva 08.12.2022 12:01
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Mas o Bolso encheu o bolso do agro, especuladores do mercado financeiro, dos banqueiros, aumentou os combustíveis e gás de cozinha, acabou com aposentadorias do balconista de mercado, pretendia congelar salário mínimo, aposentadorias e pensões e tava tudo bem, né?
Eduardo France de Moura
Eduardo France de Moura 08.12.2022 12:01
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Eles nao gostam nem de pobres e nem de banqueiros, eles gostam è de dinheiro mesmo! Por isso a PEC “golpe final”. Para pegarem mais dinheiro .
José Artur Medina
José Artur Medina 08.12.2022 12:01
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Rosildo da Silva  SIM! Está tudo bem! Está tudo bem quando há pleno emprego. Está tudo bem quando nosso PIB sobe! Está tudo bem quando há deflação!! Apesar da precisão do IDH é o PIB que banca as políticas sociais e que caracteriza a qualidade de vida que almejamos para todos. Bozo é horrível sim, aplude torturadores (PQP), mas voce está diminuindo o impacto do desemprego e da inflação, que pelos seus cabelos brancos, voce já viveu. Um pai sem $ pra comprar família é uma tragédia sem igual, aumeta mortalidae infantil e global.
Daniel Leão
Daniel Leão 08.12.2022 12:01
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
há de se achar um equilíbrio entre o social e o fiscal. Bozo falhou e é possível que o Lula também falhe. o que esperamos é que o PT, apoiados por partidos mais ao centro, deixe de ser radical quanto às políticas.
César Ferreira
César Ferreira 08.12.2022 12:01
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
só fala mentiras, pra que tanta hipocrisia.. O PIX ao contrário, retirou bilhões dos banqueiros, antes de falar veja o aumento global que teve em tudo, se deixe de hipocrisia.. má s já agora que achou da redução de desempregados sr petista?
José Artur Medina
José Artur Medina 08.12.2022 11:58
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O PT precebeu que no Brasil a luta de classes não se dava entre ricos x pobres, e sim entre funcionários públicos e o resto da população que sustenta os supersalários desta aristocracia que tem uma legislação trabalhista. O PT ocupou estes cargos e agora irá saquear, de novo, as estatais. Inflação com a aprovação da PECe Selic nas nuvens á vista.
Creative Brazil
Creative Brazil 08.12.2022 11:55
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
SELIC A 15% COMO EM 2015, ESSE É O PT, O PARTIDO QUE "AMA OS POBRES". FAZ O L QUE A PICANHA VEM KKKKKKKKK
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail