Garanta 40% de desconto
🚀 6 ações que subiram +25% no 1º tri selecionadas pela nossa IA. Quais ações vão subir no 2º tri?Não perca a lista completa

Ministros das Finanças alemão quer usar rendimentos de ativos russos congelados para ajudar Ucrânia

Publicado 28.02.2024, 10:21
Atualizado 28.02.2024, 13:55

SÃO PAULO (Reuters) - O ministro das Finanças da Alemanha, Christian Lindner, é favorável ao uso dos rendimentos acumulados com ativos russos congelados para apoiar a Ucrânia em sua guerra contra Moscou, disse ele nesta quarta-feira, à margem de um encontro do G20 que estava discutindo a questão.

Os ministros das Finanças do G20 desejam aumentar a pressão sobre a Rússia e fortalecer a Ucrânia, disse Lindner em São Paulo.

"A União Europeia está trabalhando em como os rendimentos dos ativos russos podem ser usados para a Ucrânia. Esse é um passo realista, legalmente seguro e que pode ser implementado rapidamente, e é nisso que estamos nos concentrando", disse ele.

Ele acrescentou que uma quantia de um dígito de bilhão pode ser mobilizada para Kiev usando os juros obtidos com os ativos congelados, acrescentando que espera que a UE apresente uma proposta em breve.

Os Estados Unidos estão pressionando seus aliados ocidentais para que avancem no sentido de desbloquear o valor dos ativos russos.

© Reuters. Ministro das Finanças alemão, Christian Lindner, durante sessão do Bundestag, em Berlim, Alemanha
21/02/2024
REUTERS/Liesa Johannssen

A secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen, disse que o G20 está avaliando opções para cerca de 285 bilhões de dólares em ativos russos congelados em 2022 e os riscos associados.

Lindner também disse que a Alemanha não concordará com um comunicado do G20 a menos que mencione guerras geopolíticas como a da Ucrânia.

(Reportagem de Christian Kraemer)

Últimos comentários

O nome disso é roubo.
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.