Últimas Notícias
Garanta 40% de desconto 0
🔎 Confira as ProTips completas de NVDA e descubra riscos e retornos DESCONTO de 40%

Produção industrial no Brasil sobe menos que o esperado em outubro e segue se arrastando

Publicado 01.12.2023 09:07 Atualizado 01.12.2023 10:41
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Fábrica de veículos em Iracemápolis, SP 27/04/2023 REUTERS/Carla Carniel

Por Camila Moreira e Rodrigo Viga Gaier

SÃO PAULO/RIO DE JANEIRO (Reuters) - A indústria no Brasil registrou aumento da produção abaixo do esperado no início do terceiro trimestre, ainda mostrando falta de dinamismo em outubro diante dos efeitos defasados da política monetária restritiva.

A produção industrial teve em outubro crescimento de 0,1% em relação a setembro, enquanto na comparação com o mesmo mês do ano passado houve alta de 1,2%.

Os resultados divulgados nesta sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) ficaram abaixo das expectativas em pesquisa da Reuters, de alta de 0,3% na comparação mensal e de 1,3% na base anual.

Ao longo do ano, a indústria nacional intercalou resultados positivos e negativos, mas sempre rondando perto da estabilidade, com exceção de março, quando a produção cresceu 1,1%.

"A indústria segue andando de lado. É um setor com problemas e dificuldades de superar as perdas do passado", afirmou o gerente da pesquisa no IBGE, André Macedo.

De acordo com o IBGE, a indústria ainda está 1,6% abaixo do patamar pré-pandemia, de fevereiro de 2020, e 18,1% abaixo do ponto mais elevado da série histórica, alcançado em maio de 2011.

O setor enfrenta ao mesmo tempo desafios externos -- oriundos de um crescimento global mais fraco e de problemas da China -- e internos, com juros elevados e alto comprometimento da renda das famílias, o que afeta sobretudo o consumo de bens de maior valor agregado.

Mesmo com o ciclo de afrouxamento monetário que levou a taxa básica de juros Selic de 13,75% ao nível atual de 12,25%, analistas consideram que a indústria deve apresentar resultados fracos até o final do ano, oscilando em torno do mesmo patamar.

"Os juros caíram, mas ainda estão elevados. Eles são importantes para a atividade, consumo, crédito, nível de confiança. Ainda tem muito que recuperar nessa indústria nacional", acrescentou Macedo.

No mês de outubro, das 25 atividades investigadas na pesquisa, 14 apresentaram crescimento na produção. A principal influência positiva partiu da alta de 1,6% em produtos alimentícios.

Também se destacaram os ganhos de produção em produtos farmoquímicos e farmacêuticos (3,7%) e de máquinas e equipamentos (2,4%).

Na outra ponta, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (-1,4%) e indústrias extrativas (-1,1%) exerceram os principais impactos negativos no resultado de outubro.

"O mau desempenho dos segmentos que estão ligados à economia internacional explica a maior parcela do porquê houve essa divergência entre as projeções do mercado e o resultado efetivo", destacou o economista da CM Capital, Matheus Pizzani.

Entre as categorias econômicas, a produção de bens intermediários foi a única a apresentar resultado positivo em outubro, com alta de 0,9% da produção.

Tanto a fabricação de bens de capital quanto a de bens de consumo contraiu 1,1% no mês em comparação com setembro.

Produção industrial no Brasil sobe menos que o esperado em outubro e segue se arrastando
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por esse motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (14)
Marco Antonio Maluf Soler
Marco Antonio Maluf Soler 01.12.2023 15:39
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
e o taxxadh criando todo dia um novo imposto....vai dar super serto.
Cicero Andrade
Cicero Andrade 01.12.2023 13:32
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Será que é culpa do Bolsonaro?
Mat Newman
Mat Newman 01.12.2023 11:41
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Caiu? 🐂🐃🐄🥳🥳🥳
Andre Martino
Andre Martino 01.12.2023 11:21
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Subiu menos que o esperado. Esperado para quem? Quem está atento sabe que é ladeira a baixo nos proximos meses
Gilberto Carmo
Gilberto Carmo 01.12.2023 11:21
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Comemorem os juros mais altos do mundo do Bob Neto, que impedem os investimentos
Maura Carvalho
Maura Carvalho 01.12.2023 11:15
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Fruto da política de arrocho monetário do Bacen, para frear a "inflação", economia.
Alex Falcão
Alex Falcão 01.12.2023 11:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A produção industrial teve em outubro crescimento de 0,1% em relação a setembro, enquanto na comparação com o mesmo mês do ano passado houve alta de 1,2
Francisco Amaral
Francisco Amaral 01.12.2023 11:06
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
MAS... O PETEZADA RIDÍCULA.
lucas nr
lucas nr 01.12.2023 11:01
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
No Brasil só os impostos crescem.
Fabricio Pigato
Fabricio Pigato 01.12.2023 10:51
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
0.1% é crescimento? AHAHAHAHHAHAHAHA.
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar esse comentário

Diga-nos o que achou desse comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail