Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

BC: MP 1.128 alinha regras fiscal e contábil para bancos e reduz custo de crédito

Economia 06.07.2022 20:31
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. BC: MP 1.128 alinha regras fiscal e contábil para bancos e reduz custo de crédito

O Banco Central explicou nesta quarta-feira, 6, que a Medida Provisória 1.128/2022, publicada hoje no Diário Oficial da União (DOU), tem o objetivo de alinhar regras fiscais e contábeis dos bancos, reduzindo os custos para a concessão de empréstimos. O texto permite instituições financeiras deduzirem, a partir de 2025, da determinação do lucro real e da base de cálculo da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) perdas relativas à inadimplência com operações de crédito e com empresas em processo falimentar ou em recuperação judicial.

O BC destacou que a mudança segue o novo modelo para reconhecimento contábil dessas perdas, definido pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) em novembro do ano passado, com base no Padrão Internacional de Relatório Financeiro (IFRS 9).

A autoridade monetária explicou que a legislação atual já permitia a dedução fiscal dessas perdas, mas apenas após um período maior de atraso de pagamento das prestações - que varia de seis meses a dois, dependendo do valor do crédito e do tipo de garantia. Já a norma contábil requer o reconhecimento da perda esperada, de forma gradual, desde a data da contratação do crédito, observando-se porcentuais mínimos a serem estabelecidos pelo BC.

Esse desalinhamento entre as regras fiscal e contábil reduziria a capacidade de aplicação de recursos pelos bancos na concessão de crédito, ao gerar um "ativo fiscal diferido", que deve ser total ou parcialmente deduzido do capital regulatório das instituições.

"Com maior alinhamento das regras trazido pela MP, busca-se cessar o acúmulo de ativos fiscais diferidos no âmbito do Sistema Financeiro Nacional e, por consequência, aumentar a capacidade das instituições financeiras de conceder crédito", afirmou o Banco Central. "Além disso, a unificação das regras propicia maior simplificação dos controles operacionais por parte das instituições financeiras, facilitando a fiscalização dessas operações pela Receita Federal e também pelo BC", completou a nota.

De acordo com a Secretaria-Geral da Presidência da República, a medida não irá gerar impacto financeiro orçamentário para os anos de 2022 a 2024. Para os anos de 2025 e 2026, é esperado um aumento de arrecadação de R$ 17,9 bilhões e R$ 11,6 bilhões, respectivamente. Para os anos de 2027 e 2028, deve haver redução na nas receitas de R$ 23,1 bilhões e R$ 6,3 bilhões, nessa ordem.

BC: MP 1.128 alinha regras fiscal e contábil para bancos e reduz custo de crédito
 

Artigos Relacionados

Dimon: EUA caminham para algo pior do que recessão
Dimon: EUA caminham para algo pior do que recessão Por Investing.com - 15.08.2022 4

Investing.com - Jamie Dimon, CEO do banco de investimento JPMorgan (NYSE:JPM), disse em um telefonema com clientes na semana passada que a economia dos EUA está "forte" no geral,...

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (2)
Anderson santos
Anderson santos 06.07.2022 23:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Aumemto de arrecadação em 2025 e 2026? Vao diminuir a CSLL.
Samuel Cunha
Samuel Cunha 06.07.2022 23:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Com o aumento do jumero de emprestimos animal
Anderson santos
Anderson santos 06.07.2022 23:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Aumemto de arrecadação em 2025 e 2026? Vao diminuir a CSLL.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail