Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Bolsonaro volta a culpar política do "fique em casa" por inflação

Economia11.01.2022 20:20
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Presidente Jair Bolsonaro em evento no Palácio do Planalto 07/12/2021 REUTERS/Adriano Machado

Por Ricardo Brito

BRASÍLIA (Reuters) - No dia em que foi divulgado que a inflação oficial do país fechou o ano passado acima dos 10%, o presidente Jair Bolsonaro procurou se isentar de responsabilidade e culpou as políticas de restrições de circulação de pessoas adotadas durante a pandemia de coronavírus pela alta generalizada nos preços.

"Lembra do 'fique em casa, a economia a gente vê depois'? Vocês estão vendo a economia. O cara ficou em casa, apoiou e agora quer me culpar pela inflação", disse Bolsonaro, em conversa com apoiadores divulgada nas redes sociais.

Segundo o presidente, "o mundo todo" está com o problema da inflação.

Segundo dado divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) encerrou 2021 com alta de 10,06%, muito acima do limite de 5,25% da meta inflacionária estabelecida pelo Banco Central.

Ainda assim, na conversa com apoiadores, Bolsonaro disse considerar que o Brasil é um dos países que "menos está sofrendo na economia, apesar de ser duro para o povo... perdendo o poder aquisitivo".

O resultado acumulado no ano passado foi o mais elevado desde 2015, quando o índice fechou a 10,67%. Também ficou acima da expectativa em pesquisa da Reuters de alta de 9,97% e foi ainda muito superior à alta de 4,52% vista em 2020.

Em carta aberta enviada nesta terça ao ministro da Economia para justificar o descumprimento da meta de inflação em 2021, o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou que o BC tem tomado as devidas providências para que o IPCA atinja as metas estabelecidas para 2022, 2023 e 2024.

Apesar de as projeções de mercado para este ano apontarem estouro do limite superior estabelecido, Campos Neto reforçou que o cumprimento da meta em 2022 segue no foco da autoridade monetária.

Para 2022, a meta de inflação é de 3,50%, com limite máximo de 5,00%. De acordo com o boletim Focus divulgado pelo BC, o mercado espera que a inflação ao consumidor medida pelo IPCA fique em 5,03% neste ano, ligeiramente acima do teto do intervalo de tolerância.

Bolsonaro volta a culpar política do "fique em casa" por inflação
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (164)
Eric Aquino
Eric Aquino 01.02.2022 16:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Nao falou mais que a verdade ue! E realmente o mundo todo passa pelos “mesmos” problemas, só no BR que é diferente, tudo aqui é culpa do Bolsonaro
Pedro Jorge
Pedro Jorge 01.02.2022 16:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Reducao de producao/oferta aumenta os precos. Economia basica.
Rodrigo Leite
Rodrigo Leite 28.01.2022 12:06
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Teu namorado com juros a 2% nao tem culpa de nada verdade vcs nunca erram kkkkk
Nelson Sousa
Nelson Sousa 28.01.2022 12:06
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O que tem a ver juros com inflação? Se fosse assim a inflação nos EUA nao estavam em 7% burrao!
Rogerio Joao
Rogerio Joao 28.01.2022 12:06
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Rodrigo azedo a culpa e de quem ??Antes do fique em casa como estava a inflacao ? E cada um viu
Wellington Lucena
Wellington Lucena 28.01.2022 10:01
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Como sempre fugindo! Parece que esse Zé vive numa “bolha”!!!!
Washington Luis
Washington Luis 28.01.2022 8:06
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ele so disse à verdade!
Ricardo Tanaka
JapaRicoTrader 27.01.2022 18:50
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Sai de retro,coisa feia ,Brasil acima de tudo e Deus acima de todos 🙏🏻🇧🇷😎😎🙏🏻 bozo 2022 pra desespero da galera🤪
Charles Andre
Charles Andre 26.01.2022 19:14
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Isso é mundial ô zonzo
José Raimundo Dos Santos
José Raimundo Dos Santos 25.01.2022 22:21
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A culpa de D Pedro I
Armando Martins
Armando Martins 25.01.2022 15:04
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
E por acaso falou alguma mentira?
Rodrigo Leite
Rodrigo Leite 25.01.2022 15:04
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ele nunca mente nunca erra melhor que Deus ele acha que e
Vinicius Campos
Vinicius Campos 25.01.2022 13:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Certissimo
Gustavo Bonesi
Gustavo Bonesi 25.01.2022 12:47
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Na hora que o assunto é morte ele fala que covid não existe.Quando o assunto é economia, ele fala que é culpa da covid no mundo.Esse não sabe nem o que faz da vida
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail