Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Últimas Notícias

Unilever quer braço de creme dental e suplementos da GSK; ações caem

CHARGE: Por que o Grinch da Covid não vai roubar o Natal

Economia23.11.2021 17:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Investing.com

Por Geoffrey Smith

Investing.com -- Mais um inverno, mais um surto de Covid na Europa – e será que virão também mais um lockdown e mais uma desaceleração econômica?

A sensação de déjà vu é forte, mas provavelmente não é tão preocupante quanto parece. As sociedades ocidentais têm os meios e, ao que parece, a vontade para assegurar que esta é a última vez que pergunta precisará mesmo ser feita. Qualquer desaceleração em função de medidas de saúde pública nos próximos meses deve ser breve e superficial.

É verdade que – à primeira vista – a notícia é ruim. A Áustria está de volta em lockdown total por um mês, e as taxas de infeção na Alemanha estão duas vezes mais altas que jamais estiveram. Nos últimos sete dias, a taxa média de novos casos Covid-19 foi superior a 51.000. O quadro é o mesmo nos Países Baixos e na Polônia.

A Alemanha em especial é motivo de preocupação. Por ser a locomotiva do crescimento europeu, qualquer novo lockdown traria maiores consequências para a zona do euro em geral. Distraídos pelas eleições nacionais em setembro (como Índia esteve no início do ano), os legisladores estão atrás da curva. O novo governo de coalizão – que ainda será confirmado no cargo – não possui a autoridade para agir de forma decisiva.

Centenas de milhões de pessoas no continente que se vacinaram descobrem em choque que suas ações não conseguiram eliminar a ameaça de lockdowns em massa para evitar a sobrecarga dos serviços de saúde. Em parte, isso se deve ao fato que as previsões dos governantes no início do ano foram otimistas demais.

"A delta mudou muito no que diz respeito ao nível de vacinação e infeção natural necessária para se atingir a imunidade de rebanho", disse Peter Piot, virologista que atua como consultor especial da Comissão Europeia, ao jornal grego Kathimerini numa entrevista publicada na segunda-feira. "Esse percentual aumentou para talvez cerca de 90%, quando, no início, pensamos que seria cerca de 70%".

A maioria (cerca de 70% da população europeia está totalmente vacinada) encontrou um alvo fácil para culpar: a minoria dos que rejeitaram a vacina. Os dados sugerem que eles têm um bom argumento – as taxas de infeção têm sido mais altas onde as taxas de vacinação são mais baixas – na Europa Central e Oriental.

As taxas de infeção ficaram visivelmente mais baixas na Irlanda, Espanha e Portugal, que exibem taxas de vacinação de até 92%, além de Itália e França, onde o governo tem tido menos reservas que na Alemanha para suspender temporariamente os direitos individuais de modo a incentivar as pessoas se vacinarem. A Áustria decretou agora o primeiro mandato nacional de vacinação. É improvável que seja o último.

A crescente intolerância, tanto entre legisladores como entre a população em geral, em relação àqueles que ainda recusam a vacina, foi resumida de maneira contundente por Jens Span, ministro da saúde do governo alemão, na segunda-feira, quando advertiu que "ao final deste inverno, praticamente todos na Alemanha provavelmente ou estarão vacinados, ou recuperados, ou mortos".

As entrelinhas eram claras: ninguém quer colocar a vida em espera novamente por causa de quem não se protege contra a Covid. A ação monta o palco para uma sequência de eventos cada vez mais divisivos, como as manifestações no fim de semana contra novos lockdowns na Europa já deixaram claras.

Felizmente, existe razão para achar que as coisas não vão ficar muito ruins. Em primeiro lugar, todas as ondas da Covid têm um fim, e na Europa Oriental, que foi a primeira atingida pela variante delta, o número de novos casos já está visivelmente em queda. Em segundo lugar, as doses de reforço proporcionam uma defesa simples e eficaz contra uma das principais causas da onda atual, que é a queda da imunidade criada pela primeira onda de vacinação.

Em terceiro lugar, os reguladores europeus aprovarão – muito provavelmente – a vacinação para crianças entre 5 e 11 anos na próxima semana, encerrando outro importante canal de transmissão e garantindo que as escolas permaneçam abertas. Em quarto lugar, uma ou mais das pílulas antivirais desenvolvidas pela Merck & Company Inc (NYSE:MRK) (SA:MRCK34), Pfizer (NYSE:PFE) (SA:PFIZ34) e Regeneron Regeneron Pharmaceuticals (NASDAQ:REGN) (SA:REGN34) (outras ainda estão sendo desenvolvidas) provavelmente serão aprovadas "bem antes da primavera", de acordo com Piot.

A Grã-Bretanha, que já abandonou a maior parte das suas restrições de distanciamento social no verão do hemisfério norte e que tem visto o número de infeções entrarem em platô em vez de uma espiral, já aprovou o medicamento da Merck, o molnupravir. Os reguladores da UE esperam aprová-lo até o final do ano.

Por último, é evidente que a economia europeia já aprendeu, em grande parte, a lidar com a Covid-19. Desde práticas de trabalho flexíveis a compras online e disciplina no distanciamento social, as principais barreiras já foram superadas. Salvo algum desastre imprevisto, o Grinch da Covid não vai roubar este Natal.

CHARGE: Por que o Grinch da Covid não vai roubar o Natal
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (12)
nuno nogueira
nuno nogueira 24.11.2021 8:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
essas vacinas ai nao estao com nada, cha de boldo puro
Marcelo Metz
Marcelo Metz 24.11.2021 8:23
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Reportagem com dados falsos Regiões com mais vacinação têm mais taxas de infecção. Vide Nigéria. Este senhor deve estar a serviço da indústria farmacêutica. Injetar um experimento genético que não produz resultado é um genocídio. Pagarão por isso. Eu não sei porque ainda perco tempo lendo estes colunistas do Investing. Esse será o último se Deus quiser.
Gabriel Papi
Gabriel Papi 24.11.2021 8:11
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Austrália mandando gente pro campo de concentração pq ficou gripado e vagabundo dizendo que vai ficar tudo bem kkk
Renato Ferreira
Renato Ferreira 24.11.2021 8:03
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Por que NINGUÉM informa os casos novos discriminados entre "vacinados" e "não vacinados"? Lembrando que "vacinado" NÃO SIGNIFICA IMUNIZADO!!!
Junior Menezes
Junior Menezes 24.11.2021 8:02
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
🤮🤮🤮🤮🤮🤮🤮
Naamã Gomes
Naamã Gomes 24.11.2021 7:49
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O Natal desse ano não tem salvação. Todo mundo está liso.
Flavio Moura
Flavio Moura 24.11.2021 7:49
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
verdade, por isso comece a pagar daqui a 100 dias Renner Marisa Riachuelo C&A cartão de credito, essa é a terra do devo não nego, pago quando auxilio chegar, quando entrar a grana do bico, quando receber daquele que esta me devendo ...e por ai vai
Naamã Gomes
Naamã Gomes 24.11.2021 7:49
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O Natal desse ano não tem salvação. Todo mundo está liso.
Wladson Oliveira
Wladson Oliveira 24.11.2021 7:44
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Aglomeração já é uma realidade, Carnaval e réveillon é o de mesmo.Os estádios de futebol com 60 mil pessoas não é Carnaval?
Flavio Moura
Flavio Moura 24.11.2021 7:44
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
que covid resiste ao suvaco da galera...
Jose Carlos
Jose Carlos 23.11.2021 22:15
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O Brasil vai fazer uma grande cag.........se tiver carnaval e reveillon na Paulista.
Flavio Moura
Flavio Moura 23.11.2021 22:15
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
em 9 meses sai o resultado...
suzana lima
suzana lima 23.11.2021 22:06
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
o bozo é pior que todas as variantes da covid-19 juntas.
Alin Pedro
Alin Pedro 23.11.2021 22:06
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Um dia ainda existirá que estas pessoas virão quão bom foi e será a passagem de Bolsonaro pelo governo , apesar de sua persolinade falantedemais !! Mas com uma equipe eficiente , trabalhadora e honesta !! Estamos recuperando sensivelmente o desastre Esquerdopata que destruiu o Gigante Colosso !!! Deus abencoe time Bolsonaro !!
Rodrigo Nascimento
Rodrigo Nascimento 23.11.2021 20:49
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Nunca substime um sistema randômico. só não é menor que um sistema quântico.
Flavio Moura
Flavio Moura 23.11.2021 20:30
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
...Porque ela vai vir no Carnaval!
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail