📖 Guia da Temporada de Balanços: Saiba as melhores ações escolhidas por IA e lucre no pós-balançoLeia mais

Japão e EUA buscam acordo para destravar cadeia de fabricação de chips, diz jornal

Publicado 02.04.2021, 13:05
Atualizado 03.04.2021, 01:30
JP225
-

TÓQUIO (Reuters) - Japão e Estados Unidos vão cooperar no fornecimento de peças essenciais para fabricação de chips, visando um acordo quando os líderes dos dois países se reunirem no fim deste mês, noticiou o jornal Nikkei nesta sexta-feira.

O primeiro-ministro Yoshihide Suga deve se tornar o primeiro líder estrangeiro a visitar os Estados Unidos desde que o presidente Joe Biden assumiu o cargo. A reunião, originalmente marcada para 9 de abril, foi adiada para 16 de abril, disse o secretário-chefe do gabinete japonês.

A visita ocorre num momento em que a escassez global de semicondutores pressiona montadoras norte-americanas e outros fabricantes, forçando-os a cortar a produção. A questão se tornou importante para formuladores de política econômica e externa, que se preocupam com os riscos econômicos e de segurança decorrentes da escassez.

Autoridades de Estados Unidos, Coreia do Sul e Japão devem discutir preocupações sobre a escassez em uma reunião nesta sexta-feira, disse um importante funcionário do governo dos EUA.

"Seria justo dizer que nossos três países detêm muitas das chaves para o futuro da tecnologia de fabricação de semicondutores e buscaremos afirmar a importância de manter seguras essas sensíveis cadeias de abastecimento", disse o funcionário a repórteres.

Suga deve deixar o Japão em 15 de abril e partir de Washington em 17 de abril, disseram duas fontes do governo à Reuters.

O encontro com Biden foi adiado por causa das circunstâncias do lado norte-americano, disse o Nikkei.

(Por Sakura Murakami, Yoshifumi Takemoto e David Dolan)

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.