Últimas Notícias
Investing Pro 0
🚨 Nossos dados Pro revelam a melhor ação da temporada de balanços Acesse dados

Como alocar ativos com risco fiscal e políticas globais restritivas, segundo o BTG

Carteiras 04.12.2022 15:15
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters.

Investing.com - Os mercados devem estar atentos nos próximos meses às mudanças no regime fiscal, medidas de reabertura para a política restritiva contra a Covid-19 na China e políticas monetárias restritivas em diversos países, entre eles os Estados Unidos, visando frear a inflação. Diante desse cenário, o banco BTG (BVMF:BPAC11) detalhou quais suas indicações de alocação no relatório Asset Strategy de dezembro.

A atratividade da bolsa doméstica não mudou, mas há uma assimetria do ambiente de juros. Em relação à alocação global, o BTG mantém a concentração em ativos americanos, decisão orientada pela resiliência da demanda e um ciclo de juros mais avançado.

De acordo com os analistas Álvaro Frasson, Arthur Mota, Leonardo Paiva e Luiza Paparounis, a troca de governo tem se mostrado mais turbulenta do que o esperado e o novo governo deve esbarrar em um dos trilemas de economia, que envolve a impossibilidade de se atingir, ao mesmo tempo, responsabilidade fiscal, aumento de gastos e manutenção da carga tributária. Segundo os analistas, é necessário amadurecer a discussão da revisão do Teto dos Gastos em 2023 e, enquanto isso não ocorre, aumenta a incerteza e o prêmio de risco.

No cenário global, a China continua gerando volatilidade nos mercados, em momento indicando medidas mais ou menos restritivas em sua política Covid Zero. Além disso, a continuidade do ciclo de aperto monetário do Federal Reserve, mesmo em ritmo mais ameno, é um dos pontos de cautela para os investidores.

“Como consequência desse ambiente, o balanço de risco das alocações mudou em relação aos últimos 2 meses, exigindo cautela adicional para ativos de maior volatilidade. O nível de incerteza sobre a trajetória dos juros futuros aumentou, o que motiva um posicionamento ainda neutro nas classes de ativos, com peso concentrado em ativos pós-fixados e na proteção para a inflação – que pode voltar a acelerar para 2023”, dizem os analistas.

Renda fixa

O BTG avalia que o ciclo de juros brasileiro continua impulsionar os ativos pós-fixados como o melhor prêmio de risco e retorno para o momento, sugerindo alocação elevada.

Para os ativos relacionados à inflação, o risco fiscal limita o retorno esperado para períodos mais longos, com possibilidade de abertura da curva. Assim, o banco sugere posicionamento em vencimentos intermediários.

Para os prefixados, os analistas ainda veem prêmio de inflação nos vencimentos entre 2024 e 2025, mas balanço de risco ainda inclinado para taxas altas por um período mais elevado. Por isso, o BTG segue neutro para essa classe de ativos e com baixa alocação.

Renda variável

No relatório, os analistas projetam que a bolsa brasileira deve enfrentar um ambiente mais incerto no curto prazo, com maior volatilidade no mercado de juros. No entanto, fatores globais como a tendência da política monetária nos EUA e reabertura de China podem “ser driver positivo para tal classe de ativo no mundo, favorecendo também as alocações no Brasil”. O BTG segue neutro.

Mercado Internacional

Com maior apetite ao risco depois da divulgação de dados da inflação americana com alguma melhora, mesmo que em patamares considerados elevados, o BTG continua alocando no mercado americano como medida de fomento à diversificação geográfica.

Investimentos alternativos

Nessa classe de ativos, o BTG avalia que os Fundos Imobiliários (FIIs) continuam oferecendo a melhor relação de risco e retorno. Os analistas completam que as operações estruturadas “também oferecem uma capacidade de diversificação de temas, com proteções atrativas para o momento atual”.

Como alocar ativos com risco fiscal e políticas globais restritivas, segundo o BTG
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (15)
Roberto Barros
Roberto Barros 05.12.2022 8:51
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
iremar santos
iremar santos 05.12.2022 8:44
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
no momento é melhor investir em empresa consolida, mas e sempre bom se arriscar um pouco, com cautela é claro.
Felipe Nascimento
Felipe Nascimento 05.12.2022 8:32
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Quando você começa a acompanhar o mercado de perto, você começa a perceber que suas observações são um tanto quanto "óbvias", o que demonstra que, para sobreviver ao mercado, não precisa inventar moda ou fazer firulas financeiras, basta seguir a "receita de bolo", aquele básico que funciona. Bom dia e uma ótima semana a todos!
Clóvis José Perinazzo
Clóvis José Perinazzo 04.12.2022 23:06
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
chuto metrô sem noção de nada, tudo incerto, melhor nem divulgar 1 relatório nota zero.
Arthur Araujo
Arthur Araujo 04.12.2022 23:06
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
kkkk. vc sabe mais que eles? fala então bonzao.
Paulo Brandão
Paulo Brandão 04.12.2022 22:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Trilema? 🤔
Diego Dias
Diego Dias 04.12.2022 22:04
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Primeira vez que não ouvi devaneios sem justificativa neste site. Texto bem posicionado com a realidade, pena que não foi assinado. Apesar de discordar sobre FIIs aqui no Brasil e em relação as operações estruturadas falta dizer as estratégias, com o PT deverão ser as de baixas, tanto a curto e médio prazo.
Pedro Hurwicz
Pedro Hurwicz 04.12.2022 21:02
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
É esperado um rally esse mês no varejo e construção civíl
Cleber Neves
Cleber Neves 04.12.2022 19:06
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ai ai... se nao fosse o Otto... pq o resto do time...
José Artur Medina
José Artur Medina 04.12.2022 18:54
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bom pra carai!!! conseguiu ir direto ao ponto e ser de muito fácil compreensão.
Orlando Valter Cogo
Orlando Valter Cogo 04.12.2022 18:54
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Kkkkkkkk gostei !
Orlando Valter Cogo
Orlando Valter Cogo 04.12.2022 18:54
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Trilema: ?? O desgoverno que virá , quer furar o teto de gastos , aumentar impostos e a bolsa família…!
José Artur Medina
José Artur Medina 04.12.2022 18:49
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Excelente texto
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail