Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Atualize já

Últimas Notícias

Bancos que financiam compra do Twitter por Musk podem ter grandes perdas

Em volta do STF, Fux pede lealdade à Constituição por eleições sem incidentes

Carteiras 01.08.2022 17:05
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. 18/05/2022 REUTERS/Adriano Machado

Por Maria Carolina Marcello

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, aproveitou seu discurso de retomada dos trabalhos do Judiciário, nesta segunda-feira, para manifestar desejo de que o processo eleitoral ocorra dentro da normalidade e que o Brasil termine o ciclo deste ano sem incidentes.

"O Supremo Tribunal Federal anseia que todos os candidatos aos diversos cargos eletivos respeitem seus adversários, que efetivamente não são seus inimigos, confiando na civilidade dos debates e, principalmente, na paz que nos permita encerrar o ciclo de 2022 sem incidentes", afirmou.

O presidente do Supremo se referiu às eleições como "um dos momentos mais sensíveis de um regime democrático" e defendeu de forma enfática a lisura e a eficiência do sistema eleitoral brasileiro, um dos alvos preferenciais do presidente e candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL) e de seus apoiadores.

"Felizmente nossa democracia conta com um dos sistemas eleitorais mais eficientes, confiáveis e modernos de todo o mundo", disse Fux, acrescentando que o país também possui uma "Justiça Eleitoral transparente, compreensível e aberta a todos aqueles que desejam contribuir positivamente para a lisura do prélio eleitoral".

Bolsonaro e seus partidários questionam a segurança do sistema eleitoral brasileiro e das urnas eletrônicas, sem, no entanto, apresentarem provas que justifiquem tais dúvidas.

Fux fez questão, ainda, de comentar que o STF trabalha pela normalidade e respeito à democracia, reforçando a necessidade de que todos respeitem as regras constitucionais.

"Em nome do Supremo Tribunal Federal nunca é demais renovar ao país os votos de que nós, cidadãos brasileiros, candidatos e eleitores, e demais partícipes, que permaneçamos leais à Constituição federal, sempre compromissados para que as eleições deste ano sejam marcadas pela estabilidade institucional e pela tolerância", disse.

O magistrado adiantou que nas próximas semanas o tribunal deve se dedicar a temas do processo eleitoral, a controvérsias tributárias, sigilo de dados pessoais, proteção ambiental e direitos trabalhistas diversos, além de ações relacionadas ao teto de gastos. Lembrou, ainda, que o Supremo inicia, nesta semana, a análise da constitucionalidade das alterações na Lei de Improbidade Administrativa, julgamento que tem impacto na possibilidade de candidaturas de políticos ainda em 2022.

Em volta do STF, Fux pede lealdade à Constituição por eleições sem incidentes
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (2)
daniel alves
daniel alves 03.08.2022 12:07
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
mais retóricas. poderes divididos é estado vencido,,,,,,
Mantt Newmann
Mantt Newmann 01.08.2022 18:39
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O povo não aceita um vagabundo terrorista ameaçando a democracia. Este mesmo vagabundo já teve um fracasso quando planejou explodir a adutora Guandu em seu beneficio proprio e em detrimento de toda a cidade do Rio. Agora, tenta destruir o Brasil em nome de sua roubalheira e terá outro fracasso.
alberto caramello
alberto caramello 01.08.2022 18:39
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
vagabundo terrorista e seu chefe' vem aqui ' fazer proselitismo atacando o presidente .canalha .
Mantt Newmann
Mantt Newmann 01.08.2022 18:39
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ficou nervosinho, militante. Então Bozo e Lula não são vagabundos que não querem largar a teta do Estado? Acorda, respeita o seu país.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail