Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Risco fiscal com PEC para combustíveis faz disparar prêmios da curva de juros

Ações23.01.2022 15:08
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Risco fiscal com PEC para combustíveis faz disparar prêmios da curva de juros

A proposta de zeragem dos impostos federais dos combustíveis e da energia sem a compensação da arrecadação fez disparar os prêmios da curva de juros doméstica nesta sexta-feira, em especial dos vencimentos intermediários adiante. Isso porque, embora tenha efeito desinflacionário no curto prazo, o custo bilionário da medida prejudicaria os cofres públicos nos próximos anos. E operadores comentaram que o movimento só não foi mais brusco hoje porque as taxas americanas cederam.

O contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) para janeiro de 2023 passou de 11,892% no ajuste de quinta-feira para 11,875% (regular) e 11,885% (estendida). O janeiro 2025 subiu de 11,063% a 11,185% (regular) e 11,17% (estendida). O janeiro 2027 avançou de 11,097% a 11,30% (regular) e 11,305%(estendida).

O diferencial negativo entre as taxas do janeiro 2023 e do janeiro 2027 passou de 8,15 pontos na sexta-feira passada a 5,75 pontos nesta sexta. Na prática, isso significa que a curva se aplanou mais, com a ponta curta perdendo um pouco de prêmio e a longa ganhando.

Depois de quase uma semana ao sabor do humor dos demais mercados - notadamente dólar e Treasuries -, hoje foram os juros que operaram mais descolados. Os agentes acompanharam com afinco os desdobramentos do plano do governo e do Congresso para zerar impostos federais de combustíveis e energia.

A ideia inicial seria a zeragem das alíquotas de PIS/Cofins sobre gasolina, diesel e etanol. A isenção poderia chegar também às contas de luz. O impacto no bolso do consumidor no caso do litro do combustível seria pequeno (entre R$ 0,18 e R$ 0,20), mas o rombo às contas públicas, bilionário.

A repórter do Grupo Estado Adriana Fernandes ouviu de um integrante da equipe econômica as simulações dos dois cenários: zerando apenas o PIS/Cofins dos combustíveis, a perda de arrecadação é de R$ 50 bilhões; se a medida se estender à energia elétrica, chega a ao menos R$ 57 bilhões. Tudo sem compensação arrecadatória.

Ao longo do dia desta sexta, os repórteres Iander Porcella e Daniel Weterman ouviram de políticos de todos os matizes ideológicos admitirem que a medida, se for adiante, deve passar no Congresso. A pressão de ser um ano eleitoral é muito forte e, a despeito de ser eleitoreira, a proposta pode ser interpretada pela população como uma resposta à alta dos preços de combustíveis e energia. "Se apresentar, acho que aprova, mas as consequências nas contas públicas serão enormes", ponderou o vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos (sem partido-AM).

No curto prazo, o projeto seria desinflacionário, com potencial de retirada de quase 0,9 ponto porcentual no IPCA de 2022, conforme mostrou o repórter Cícero Cotrim. Fica, contudo, o impacto para as contas públicas nos anos adiante. Daí, o comportamento da curva hoje, com a alta nos vencimentos mais longos.

"A Selic na casa de 12%, o que em tese trará a inflação para a meta em 2023. Então o prêmio tem de ir para algum lugar", destaca o operador da {0|Terra}} Investimentos Paulo Nepomuceno.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, não estaria se opondo à PEC, desde que a contrapartida seja o congelamento dos salários dos servidores. Mas Nepomuceno avalia que só isso não será capaz de deter a articulação dos funcionários públicos por reajustes. "A gente percebe que o governo entrou um pouco no populismo, que isso consegue voto. Mas é muito ruim para o fiscal, porque ainda tem a pressão do funcionalismo", afirma o operador.

A curva brasileira ainda foi beneficiada hoje pelo comportamento dos Treasuries. Depois do susto na terça-feira, com salto até perto de 1,9%, o rendimento da T-note de 10 anos 'acalmou' e estava em 1,75% no fim da tarde de hoje.

Na próxima semana, as atenções do mercado estarão todas voltadas à decisão de política monetária do Federal Reserve. A expectativa é de um sinal mais claro quanto ao início da alta de juros - que o mercado precifica em março.

Internamente, a agenda está cheia. Somente na quarta-feira, tem IPCA-15, setor externo e divulgação do Plano Anual de Financiamento (PAF) pelo Tesouro.

Risco fiscal com PEC para combustíveis faz disparar prêmios da curva de juros
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (14)
Patrícia Lemos
Patrícia Lemos 25.01.2022 6:40
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
Mansur Staim
Mansur Staim 24.01.2022 13:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Não olhe para cima
andre luis fernandes
andre luis fernandes 24.01.2022 8:33
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Diego de um cara q não tem nem sobrenome oq esperar neh?
andre luis fernandes
andre luis fernandes 24.01.2022 8:31
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
que palhaçada eh está explicação de curva de juro, eh pra não entender nada mesmo e fingir q da uma rxplicacao
André Luis Pereira dos Santos
André Luis Pereira dos Santos 24.01.2022 6:43
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Eleitoreira, não vai resolver nada já que no final tudo depende do preço que sai da Petrobras. Vai servir apenas para arrombar ainda mais os cofres públicos nessa sanha para tentar a reeleição.
Diego Francis
Diego Francis 23.01.2022 22:51
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
funcionário público tem que se lasca mesmo, a grande maioria só querem ficar mamando a teta do estado pq sabem que não são mandados embora, quando vamos a bancos públicos, prefeituras, e qualquer órgão a maioria desdenham do povo..
Fabio Piloto
Fabio Piloto 23.01.2022 21:14
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
E o ICMS não dominui porque??? Esses governadores vão tomar cajú com certeza principalmente o calçinha apertada!!!
Ricardo Tanaka
JapaRicoTrader 23.01.2022 20:46
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
É só não roubar,tá vendo, sobra dinheiro !!!! Por falta de conhecimento meu povo pereceu ( se fufeu )🙏🏻😎🇧🇷🙏🏻😎🇧🇷👀🤔
Ricardo Silva
Ricardo Silva 23.01.2022 20:01
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O que adianta zerar imposto se a petrobras vai aumentar a gasolina todo mês? Ate final do ano estara 10,00 o litro sem duvida.
Mant Neuman
BombeirAristides 23.01.2022 18:43
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Tinham que mudar o nome para Risco Rei da Rachadinha. Esse cara é um câncer para o país. Desde 1989 saqueando os cofres públicos no legislativo. Agora, no executivo, está destruindo com o país.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail