Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Taxas de juros fecham em alta, com exterior e peso fiscal

Ações18.01.2022 19:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Taxas de juros fecham em alta, com exterior e peso fiscal

A disparada dos rendimentos dos Treasuries nesta volta de feriado nos Estados Unidos amplificou o mau humor com ativos domésticos nesta terça-feira, içando o dólar e, consequentemente, a curva de juros em seus vencimentos mais longos. Enquanto no exterior a percepção é de que o aumento de taxas pelo Federal Reserve (Fed, o BC dos EUA) ocorrerá em breve, aqui no Brasil a inclinação "hawkish" do Banco Central se soma a dúvidas quanto à situação fiscal dos próximos anos, potencializadas pela pressão de servidores por reajustes.

O contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) para janeiro de 2023 subiu de 12,027% na segunda-feira a 12,085% (regular, na máxima) e 12,080% (estendida). O janeiro 2025 passou de 11,413% a 11,47%(regular) e 11,48% (estendida). O janeiro 2027 foi de 11,412% a 11,45% (regular e estendida). E o janeiro 2031 avançou de 11,521% a 11,57% (regular e estendida).

Depois de titubear na manhã, a curva acabou encontrando uma posição clara na etapa da tarde. O cenário externo, com o Fed sinalizando nos últimos dias que o ajuste da política monetária será forte, foi o grande catalisador da alta generalizada das taxas. Com o retorno dos investidores americanos às negociações nesta terça, após o feriado prolongado de Martin Luther King, o dia foi de ajustes lá fora, com impacto aqui no Brasil.

Não houve um gatilho específico, mas apenas a percepção dos investidores de que está cada vez mais à mesa do Fed a opção por um endurecimento da política monetária. A inflação norte-americana está na máxima em 40 anos e não dá sinal de trégua, ao passo que a atividade econômica tem mostrado cada vez mais resiliência.

Assim, o retorno da T-note de 10 anos escalou até 1,86%, na máxima em dois anos, ou seja, no período pré-pandêmico. Com este chacoalhão da referência global, o dólar seguiu uma trajetória de alta generalizada, impactando, desta forma, nas taxas brasileiras.

O mercado monitorou o dia de atos dos servidores federais por reajustes salariais, movimento que ganhou força depois de o governo Jair Bolsonaro articular um aumento apenas para forças policiais, sua base de apoio. Nem mesmo declarações de aliados do governo minimizando as manifestações desta terça-feira acalmaram os ânimos dos investidores.

Taxas de juros fecham em alta, com exterior e peso fiscal
 

Artigos Relacionados

Autodesk: lucros e receita superam consenso no Q1
Autodesk: lucros e receita superam consenso no Q1 Por Investing.com - 26.05.2022

Investing.com - Autodesk publicou nesta quinta-feira o balanço do primeiro trimestre e mostrou lucro que superou as projeções dos analistas. A receita superou a mediana das...

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (1)
João Jorge
João Jorge 18.01.2022 21:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Nao existe peso fiscal, ja estamos quebrados desde 2015, agora fabricar dinheiro e financiar o buraco fiscal com inflacao, ha vom sempre e ferro nos pobres !!!
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail