Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Atualize já

Taxas de juros sobem com realização de lucros estimulada pelo exterior

Ações 17.08.2022 18:21
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
Taxas de juros sobem com realização de lucros estimulada pelo exterior

Os juros futuros fecharam em alta, em movimento de realização de lucros, após não conseguir, nos últimos dias, sustentar a correção até o fechamento. A ponta longa chegou a reduzir pontualmente o ritmo após a leitura inicialmente "dovish" da ata do Federal Reserve, estrela da agenda, em linha com a perda também momentânea de gás dos retornos dos Treasuries e do dólar, mas depois retomou o fôlego.

A taxa do contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) para janeiro de 2023 fechou em 13,71%, estável ante o ajuste anterior, e a do DI para janeiro de 2024 subiu de 12,76% para 12,87%. O DI para janeiro de 2025 encerrou com taxa de 11,87%, de 11,69%, e a do DI para janeiro de 2027 avançou a 11,60%, de 11,41%.

A recomposição de prêmios na curva foi vista logo cedo, alinhada à trajetória dos Treasuries e com o câmbio pressionado. O mercado então aproveitou para ajustar as taxas que, desde as máximas atingidas em meados de julho, passaram a cair com força e agora ficaram bastante descontadas. A mensagem do Copom de que o ciclo de altas da Selic provavelmente terminou na reunião do Copom em agosto levantou o debate sobre o início do processo de cortes e provocou um rali na curva via entrada de fluxo estrangeiro.

A ata do Fed, que saiu às 15 horas, teve um efeito leve sobre os contratos de 2027 em diante, que acompanharam a reação positiva dos demais ativos, mas que também se dissipou posteriormente. "Teve uma primeira leitura 'dove', mas, num olhar mais detalhado, há mensagens para os dois lados", afirma a economista-chefe da MAG Investimentos, Patricia Pereira, sobre o documento, citando, por exemplo, as menções da autoridade monetária à robustez do mercado de trabalho.

Os dirigentes disseram ser "adequado" manter um nível restritivo na política "por algum tempo", mas que, mais adiante, será possível reduzir o ritmo das altas. Por outro lado, consideram os níveis de inflação estão inaceitavelmente elevados e que o aperto monetário pode reduzir o ritmo de crescimento, mas consideram ser "crucial" levar a inflação à meta de 2%. No monitoramento do CME Group, a possibilidade de uma elevação de 50 pontos-base nos juros na reunião de setembro ganhou força. Após a ata, estava em 59,5%, de 52,5% pouco antes da publicação do documento.

Internamente, a agenda trouxe apenas o IGP-10 de agosto, com deflação de 0,69%, ante alta de 0,60% em julho. O resultado veio abaixo da mediana das estimativas (-0,60%) endossando a percepção de que a Selic deve permanecer em 13,75% nos próximos meses.

Taxas de juros sobem com realização de lucros estimulada pelo exterior
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (1)
Rodrigo Matos
Rodrigo Matos 17.08.2022 20:58
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
a ata da manipulação
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail