Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Meta prepara cortes de custos em unidade Reality Labs

Tecnologia 12.05.2022 15:16
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
2/2 © Reuters. Meta prepara cortes de custos em unidade Reality Labs 11/02/2021 REUTERS/Dado Ruvic 2/2

Por Katie Paul

(Reuters) - A Meta (SA:FBOK34) (NASDAQ:FB) está preparando cortes de custo na divisão Reality Labs, uma unidade que está centro da estratégia da controladora do Facebook de reorientar seu foco para produtos de hardware e "metaverso", afirmou um porta-voz.

O diretor de tecnologia, Andrew Bosworth, disse aos funcionários do Reality Labs durante uma sessão semanal de perguntas e respostas na terça-feira que espera que as mudanças sejam anunciadas dentro de uma semana, de acordo com um resumo de seus comentários visto pela Reuters.

O porta-voz da Meta confirmou que Bosworth disse aos funcionários que a divisão não poderia mais fazer alguns projetos e teria que adiar outros, sem especificar quais planos seriam afetados. Ele disse que a Meta não estava programando demissões como parte das mudanças.

Em uma teleconferência de resultados no final de abril, o presidente-executivo da Meta, Mark Zuckerberg, disse que a companhia planeja "diminuir o ritmo" de alguns investimentos de longo prazo em áreas como sua plataforma de negócios, infraestrutura de inteligência artificial e Reality Labs.

A Meta reduziu despesas totais esperadas para 2022 para entre 87 bilhões e 92 bilhões de dólares, abaixo da previsão anterior entre 90 bilhões e 95 bilhões. Na semana passada, a companhia informou aos funcionários redução de contratações para a maioria dos cargos de nível médio a sênior.

Ao mesmo tempo, Zuckerberg alertou que pode levar cerca de uma década para que as apostas no metaverso e na Reality Labs deem retorno. A unidade teve prejuízo de 10,2 bilhões de dólares em 2021 e resultado negativo de mais 3 bilhões no primeiro trimestre deste ano.

Zuckerberg disse aos investidores no mês passado que ainda espera obter crescimento de receita suficiente com os aplicativos legados do Facebook, Instagram e WhatsApp nos próximos anos de modo a poder financiar investimentos na Reality Labs. "Infelizmente, isso não vai acontecer em 2022", disse ele.

A companhia tem investido pesado na Reality Labs, que cresceu a partir da aquisição da empresa de óculos de realidade virtual Oculus e agora possui operações em realidade ampliada, óculos inteligentes, dispositivos de videochamada e soluções de tecnologia para empresas.

A unidade também está desenvolvendo um headset de realidade mista, equipado com rastreamento da face e olhos e conhecido como Projeto Cambria, apresentado na quarta-feira.

A empresa contratou mais de 13 mil funcionários no ano passado e quase 6 mil no primeiro trimestre deste ano.

Meta prepara cortes de custos em unidade Reality Labs
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (1)
Neto Paes
Neto Paes 13.05.2022 0:15
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Esse Meta me lembra a Dilma dobrando a meta, deu ruim.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail