🔮 Melhor do que Buffett? Nosso Preço-Justo achou essa joia com +42% 5 meses antes deleLibere o preço-justo

Tesla contrata novo empréstimo de US$1,4 bi com bancos chineses para fábrica de Xangai, dizem fontes

Publicado 23.12.2019, 09:45
Tesla contrata novo empréstimo de US$1,4 bi com bancos chineses para fábrica de Xangai, dizem fontes
1398
-
TSLA
-

Por Yilei Sun e Cheng Leng e Brenda Goh

PEQUIM/XANGAI (Reuters) - A fabricante de veículos elétricos norte-americana Tesla (NASDAQ:TSLA) e um grupo de bancos da China assinaram um novo empréstimo de cinco bilhões de iuanes (1,4 bilhão de dólares) para a fábrica de automóveis da montadora em Xangai, segundo três fontes familiarizadas com o assunto, com parte do montante também sendo usado ​​para rolar um financiamento existente.    

China Construction Bank (CCB), Banco Agrícola da China (AgBank), Banco Industrial e Comercial da China (HK:1398) (ICBC) e Shanghai Pudong Development Bank (SPDB) estão entre os bancos que concordaram em dar apoio financeiro à Tesla, disse uma fonte com conhecimento direto da questão.    

No início deste ano, os bancos chineses já ofereceram à Tesla um crédito de 12 meses de até 3,5 bilhões de iuanes, que deve ser pago em 4 de março de 2020, de acordo com um documento apresentado pela montadora à Securities and Exchange Commission (SEC, órgão que regula o mercado de capitais nos EUA).    

Esse novo empréstimo será parcialmente usado para rolar a dívida anterior de 3,5 bilhões de iuanes, de acordo com uma das fontes. Uma outra fonte disse que o restante será usado na fábrica e nas operações da Tesla na China.    

A taxa de juros do novo empréstimo será atrelada a 90% da taxa básica de juros de 1 ano da China, mesmo parâmetro do empréstimo de 3,5 bilhões de iuanes, disse uma das fontes. Essa é uma taxa que os bancos chineses oferecem aos seus melhores clientes.    

Tesla, CCB, AgBank, ICBC e SPDB não responderam imediatamente aos pedidos de comentários da Reuters.    

A Tesla inaugurou a fábrica em janeiro e começou a produzir veículos de sua fábrica em Xangai. O objetivo é produzir pelo menos 1.000 carros Modelo 3 por semana até o final deste ano.    

A unidade, que é o primeiro local de fabricação de carros da Tesla fora dos Estados Unidos, é a peça central das ambições da companhia de aumentar as vendas no maior mercado automotivo do mundo e evitar tarifas mais altas de importação impostas aos carros fabricados em solo norte-americano.    

O governo de Xangai também apoiou o projeto da Tesla, que seria a primeira fábrica de carros de propriedade estrangeira na China e um reflexo da mudança mais ampla do governo para abrir seu mercado de carros.

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.