😎 Promoção de meio de ano - Até 50% de desconto em ações selecionadas por IA no InvestingProGARANTA JÁ SUA OFERTA

11 Formas de Lucrar com Blockchain Sem Comprar Bitcoin

Publicado 16.02.2018, 03:24
INTC
-
MSFT
-
CSCO
-
GOOGL
-
NVDA
-
IBM
-
AMD
-
IXIC
-
META
-
UL
-
TSM
-
KODK
-
GOOG
-
AMKBY
-
BTC/USD
-
ETH/USD
-
LTC/USD
-
XMR/USD
-
HIVE
-
BLOK
-
BLCN
-

Embora o bitcoin e suas mudanças voláteis de preços tenham a tendência de dominar as manchetes, a maioria irá concordar que é a tecnologia blockchain a verdadeira inovação. A blockchain atua como um registro descentralizado, registrando todos os dados simultaneamente em todos os nós em sua rede. A agência de classificação Moody's afirma que a blockchain irá transformar e inovar diversos setores. Espera-se que a tecnologia represente uma ameaça competitiva de longo prazo a uma variedade de setores de atividade, eventualmente.

Shmulik Grizim, fundador da LeadCoin, acredita que a blockchain tem o potencial de trazer inovação a uma variedade de setores, especialmente marketing na web:

"Por exemplo, o marketing na web é um setor extremamente centralizado dominado pelo duopólio do Google (NASDAQ:GOOGL) e do Facebook (NASDAQ:FB). Uma solução descentralizada de marketing na web que seja baseada na tecnologia blockchain poderia levar o poder de volta aos próprios negócios, o que permitiria transações confiáveis e seguras entre duas partes anônimas sem um intermediário".

Ele vê numerosas mudanças ocorrendo através de blockchain em um número crescente de setores centralizados, incluindo bancos, armazenamento de dados e gestão de cadeia de suprimentos.

Ainda assim, embora seja relativamente fácil, embora possivelmente caro, investir em ao menos uma criptomoeda baseada em blockchain, há um número crescente de formas de investir e, até mesmo, de lucrar com a tecnologia blockchain sem possuir qualquer moeda digital. De empresas com grande capitalização negociadas publicamente a novas startups, bem como dois ETFs, as seguintes 11 alternativas podem ser veículos apropriados caso você não queira se preocupar com a volatilidade vista recentemente em criptomercados:

1. Eastman Kodak

Uma vez vista como invencível gigante da fotografia, a empresa passou por uns anos difíceis juntamente com uma queda em direção à obscuridade enquanto a indústria da fotografia se dirigia para além do papel e da química em direção à tecnologia digital. A Kodak (NYSE:KODK) perdeu esse bonde e suas ações caíam durante anos devido a um crescimento pequeno e baixa rentabilidade.

KODK Mensal 2013-2018

Entretanto, ações da empresa dispararam em 10 de janeiro após a empresa ter anunciado no dia 9 de janeiro que planejava lançar sua própria forma de tecnologia blockchain chamada de "KodakCoin" para ser utilizada por fotógrafos para ajudá-los a proteger seus direitos autorais de imagem. Embora alguns tenham visto isso como uma forma possivelmente astuta para a gigante enfraquecida recuperar parte de seu brilho e de sua posição, outros veem isso como algo de fachada. Contudo, a ideia tem méritos. Possivelmente, irá depender do eventual produto e de como a Kodak irá lidar com isso.

2. IBM

A plataforma de blockchain como serviço (BaaS) da gigante de computadores está sendo apresentada ao mercado pela empresa como serviço projetado para acelerar o desenvolvimento, a governança e a operação de qualquer rede de negócios com várias instituições. Embora ainda relativamente nova, uma parceria recente com a Unilever (NYSE:UL), segunda maior anunciante do mundo, é uma solicitação à unidade de estratégia de negócios da IBM (NYSE:IBM) para criar uma solução em blockchain para simplificar a cadeia de suprimentos de anúncios digitais da Unilever e oferecer mais transparência como uma forma de elevar a confiança com os consumidores. De forma similar, a Agility, uma fornecedora de serviços de logística terceirizada, se uniu à colaboração entre a IBM e a empresa de transporte global Maersk's (OTC:AMKBY) para construir uma plataforma global baseada na tecnologia blockchain.

3. Microsoft

A gigante de tecnologia altamente capitalizada está trabalhando para dimensionar a blockchain para um sistema de identidades distribuídas. A Divisão de Identidade da Microsoft (NASDAQ:MSFT) anunciou que durante os últimos 12 meses a empresa está incubando uma série de ideias para utilizar a blockchain (e outras tecnologias de registros distribuídos) para criar novos tipos de identidades digitais.

4. Ubiquity

A Ubitquity LLC, empresa privada com sede em Delaware, está utilizando a blockchain para acompanhar registros de propriedades e de títulos bem como suas transferências de propriedade com sua plataforma de software como serviço (SaaS) em blockchain. Sua primeira transferência de propriedade via blockchain foi registrada em 2016. Desde então, um número crescente de empresas do mercado imobiliário e, mais recentemente, governos municipais estão utilizando a tecnologia blockchain para registrar, monitorar e efetivar transferências de propriedades.

5. CryptoBnB

Essa startup parecida com o AirBnB utiliza a tecnologia blockchain para que proprietários de imóveis encontrem inquilinos de temporada. No início desta semana, eles anunciaram uma parceria com a WTC, maior agência de viagens do Japão, o que poderia impulsionar a aceitação do token CKey da CryptoBnB, possivelmente fazendo com que se torne o primeiro token com utilidade de hospedagem utilizado em plataformas globais de aluguéis.

6. Kryptonite 1

Anteriormente conhecida como Guild Acquisitions, adotou o novo nome de Kryptonite 1, porém mais recentemente sendo chamada de KP1, esta empresa de investimento em blockchain se concentra em projetos em estágios iniciais e ativos digitais baseados em blockchain. É negociada publicamente através da bolsa NEX de Londres. De acordo com o site da empresa, atualmente estão disponíveis 103.099.702 ações.

7. Big Wind Capital

No final de dezembro, a Big Wind Capital (OTC: BGGWF) anunciou ter realizado um acordo com a Hill Top Security, que atua no setor de blockchain e se concentra em encontrar e eliminar ameaças cibernéticas de grau militar. Os grupos assinaram seu acordo para introduzir grandes avanços em blockchain em segurança e criptomoedas.

8. HIVE Blockchain Technologies

A HIVE Blockchain Technologies (OTC:HVBTF) possui unidades de mineração em todo o mundo, incluindo uma unidade de sucesso na Islândia. Em meados de dezembro de 2017, a HIVE anunciou estar expandindo suas operações de mineração de criptomoedas para a Suécia em 2018. Além disso, a HIVE irá receber outra rodada de financiamento de um consórcio liderado pela GMP Securities e pela Eventus Capital. Embora isso não tenha sido totalmente definido, o total do financiamento pode chegar até a US$ 100 milhões. A empresa com sede no Canadá atualmente minera sete criptomoedas, incluindo bitcoin, ethereum, litecoin e monero.

9. Bankorus

A plataforma de gestão de patrimônio privado Bankorus se apresenta ao mercado como um novo paradigma para indivíduos de alto rendimento cujo capital está vinculado a ativos de liquidez reduzida. A empresa afirma que utiliza inteligência artificial e tecnologia blockchain para investidor no criptomercado para ajudar esses indivíduos a moverem seus ativos ao ambiente digital. Gregory Van den Bergh, cofundador e diretor-executivo, explica que a blockchain oferece uma possibilidade enorme de ativos e tokens de segurança que seriam lastreados em ativos do mundo real, como imóveis, fundos de investimento ou arte. A Bankorus afirma lidar com um total de ativos sob sua responsabilidade de US$ 30b bilhões com mais de 200.000 dos clientes mais ricos do mundo distribuídos entre China, Europa e Estados Unidos. Possui escritórios de Pequim a Londres.

10 e 11. ETFs de blockchain

Os ETFs recentemente lançados Reality Shares Nasdaq NexGen Economy Fund (NASDAQ:BLCN) e Amplify Transformational Data Sharing Fund (NYSE:BLOK) valem a pena serem considerados, embora ações de ambos não sejam diretamente relacionadas a movimentações de preços de criptomoedas. Obviamente, para alguns investidores mais avessos ao risco, isso pode ser o grande argumento de venda destes fundos.

O BLCN acompanha um índice que foi criado "composto de empresas que comprometam recursos materiais para desenvolver, pesquisar, apoiar, inovar ou utilizar tecnologia blockchain de forma proprietária ou para utilização de terceiros". Entre seus 10 principais títulos, em ordem de peso, estão Intel Corp. (NASDAQ:INTC), IBM, Cisco (NASDAQ:CSCO), Microsoft and HIVE Blockchain.

O BLOK se denomina "um ETV ativamente gerenciado que procura oferecer retorno total ao investir pelo menos 80% de seus ativos líquidos em participação de empresas ativamente envolvidas no desenvolvimento e utilização de tecnologias de compartilhamento de dados transformacionais". Alguns dos 10 principais títulos do BLOK, em ordem de peso, incluem Taiwan Semiconductor (NYSE:TSM), NVIDIA (NASDAQ:NVDA), Advanced Micro Devices (NASDAQ:AMD) e HIVE.

Últimos comentários

Carregando o próximo artigo...
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.