Últimas Notícias
Investing Pro 0
PROMOÇÃO prorrogada Cyber Monday: Até -60% no InvestingPro+ GARANTA A OFERTA

A independência financeira das mulheres tem potencial para transformar vidas

Por Rebeca NevaresResumo do Mercado01.10.2022 06:05
br.investing.com/analysis/a-independencia-financeira-das-mulheres-tem-potencial-para-transformar-vidas-200452393
A independência financeira das mulheres tem potencial para transformar vidas
Por Rebeca Nevares   |  01.10.2022 06:05
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
Não é de hoje que trago essa discussão neste espaço. O aumento da representatividade feminina, seja no mercado de trabalho ou de capitais, tem o potencial de transformar vidas e não sou eu quem está dizendo. 
 
Dados do relatório global sobre participação feminina, produzido pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), revelam que a economia brasileira poderia receber uma injeção de mais de R$300 bilhões ao longo de anos caso a desigualdade fosse reduzida em 25%. 
 
A conclusão do estudo é que a inserção das mulheres levaria a um aumento no poder de consumo das famílias, seja em bens ou serviços. 
 
Essas informações, porém, revelam efeitos mais tangíveis, ou seja, acabam não considerando a transformação social que ocorre quando uma garota ou mesmo mãe começa a estudar ou a trabalhar. 
 
A própria OCDE diz que quando levamos educação financeira para uma mulher, o contexto social é afetado. Em outras palavras, as mães, avós, irmãs, tias e filhas ensinam amigos e familiares sobre aquilo que aprenderam.  
 
No Brasil, uma iniciativa da Caixa Econômica Federal me deixou bastante esperançosa sobre o futuro. Segundo a Daniella Marques, presidente do banco, precisamos ter a dimensão do que uma empresa pode realizar. 
 
Não vou citar nomes, mas existem alguns players no mercado brasileiro que foram fundamentais para vermos o número de investidoras e investidores aumentar de forma vertiginosa nos últimos dez anos. 
 
Assim como eles, instituições ainda maiores podem causar impactos sociais ainda mais profundos no país, dando acesso a crédito e educação financeira.  
 
O projeto Caixa Pra Elas, por exemplo, prevê este tipo de ação e mais do que isso. Também oferece orientações sobre prevenção contra a violência para mulheres e terá espaços dedicados a este tipo de atendimento dentro das agências. 
 
O aplicativo teve mais de 27 milhões de downloads no primeiro mês e mais de 70 mil consultas presenciais já foram realizadas até agora. 
 
Além da Caixa, outras instituições devem seguir o mesmo caminho. Mais do que uma chamada ação afirmativa, a inserção das mulheres nos diversos mercados deve estar no radar dos gestores, mas, também, dos investidores de um modo geral. 
 
Como eu disse anteriormente, deixamos de ter um incremento de mais de R$ 300 bilhões no PIB brasileiro, porém, mais do que perder dinheiro, algumas garotas estão vendo os seus talentos serem desperdiçados. Pense nisso! 
A independência financeira das mulheres tem potencial para transformar vidas
 

Artigos Relacionados

A independência financeira das mulheres tem potencial para transformar vidas

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (3)
Roberto Vbr
Roberto Vbr 01.10.2022 12:34
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
"A conclusão do estudo é que a inserção das mulheres levaria a um aumento no poder de consumo das famílias, seja em bens ou serviços." Resumo: o estudo realizado tem como objetivo incentivar que empresas e demais seguimentos do mercado vejam a mulher não como pessoa e sim como um meio para se obter dinheiro lhe vendendo produtos ou serviços. Tem como alguém dar os parabéns por isso depois de pensar um pouco? Acho que não.
Se liga martins
Se liga martins 01.10.2022 7:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Qual desigualdade ? ?
Mota Koe
Mota Koe 01.10.2022 7:30
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
não vote em muie
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail