Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

A Morte da Polaroid: Como Uma Empresa Inovadora Fracassou Por Conta do Senso Comum

Por Rafael RagaziAções15.01.2021 12:18
br.investing.com/analysis/a-morte-da-polaroid-como-uma-empresa-inovadora-fracassou-por-conta-do-senso-comum-200439529
A Morte da Polaroid: Como Uma Empresa Inovadora Fracassou Por Conta do Senso Comum
Por Rafael Ragazi   |  15.01.2021 12:18
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

O consenso

Edwin Land, fundador da Polaroid, é um dos heróis de Steve Jobs, fundador da Apple (NASDAQ:AAPL) (SA:AAPL34). Os dois têm perfis bastante semelhantes, mas o final da história de cada uma de suas empresas é bem diferente.

Land também adorava fazer grandes apresentações teatrais, era reconhecido por sua criatividade, obsessão com design e qualidade, além de também não dar muito valor para as pesquisas de mercado.

Ele levou sua empresa a obter grande sucesso, mas assim como Jobs, foi forçado a abandonar a gestão da companhia que fundou. Todavia, diferentemente do fundador da Apple, viu seu império ruir.

Land é lembrado como o criador da câmera instantânea (1948), mas foi responsável por algo maior, o filtro polarizador, que ainda é utilizado em diversos produtos, como óculos de sol, relógios digitais, calculadoras e óculos 3D para o cinema.

Contudo, apesar de toda a criatividade (Land é o segundo americano com o maior número de patentes acumuladas), Land não foi capaz de impedir que o senso comum arruinasse a sua empresa.

O lançamento da câmera instantânea fez com que a receita da empresa saltasse de menos de 7 milhões de dólares em 1950 para quase 100 milhões em 1960, e 950 milhões em 1976.

Durante esse período, o mercado da fotografia não sofreu grandes alterações. No entanto, com a revolução digital, tudo mudou. Por incrível que pareça, a Polaroid também foi uma das empresas pioneiras na fotografia digital, mas faliu por causa dela.

Em 1981, a empresa até estava desenvolvendo a tecnologia. Em 1992, possuía um protótipo de câmera digital pronto. Mas a equipe da divisão eletrônica só conseguiu convencer o restante da empresa a lançá-lo em 1996.

Era tarde demais. Com mais de 40 concorrentes já tendo lançado suas câmeras digitais no mercado, o produto da Polaroid (apesar da excelência técnica) foi um fracasso.

Land chegou a ser procurado pelo fundador da Sony, em 1980, para desenvolver em conjunto uma câmera eletrônica, mas não deu muita bola para a ideia por conta da premissa que reinava em sua empresa.

O grande erro da Polaroid foi assumir a premissa errada, de que os consumidores sempre iriam querer cópias físicas de suas fotos. Essa ideia era um consenso dentro da companhia, a ponto de ninguém questioná-la.

O consenso levou a empresa ao fracasso.

O isolamento

À medida que a empresa começava a passar por dificuldades com a ruptura do mercado, Land foi se tornando menos propenso a ouvir opiniões divergentes das suas, considerando apenas as ideias daqueles que o seguiam cegamente.

Naquele ponto, Land estava obstinado a lançar sua filmadora instantânea, a Polavision. O presidente da empresa questionou o conceito, e Land passou a trabalhar em um andar separado, ao qual nenhum cético tinha acesso.

Esta é uma tendência comum do comportamento humano: quando o desempenho está ruim, a maioria das pessoas busca aconselhamento apenas de quem compartilha seus pontos de vista.

Acontece que quando erros precisam ser corrigidos, são exatamente as visões diferentes que podem trazer a solução. Não importa se as opiniões divergentes estão certas ou erradas; em qualquer um dos casos, o estímulo ao pensamento crítico e à criatividade leva a soluções que acabam sendo melhores.

No caso da Polavision, sem opiniões divergentes, o produto foi outro fracasso.

A filmadora era tecnologicamente engenhosa, mas era capaz de gravar apenas alguns minutos de filme, enquanto as demais câmeras disponíveis no mercado conseguiam gravar por horas.

Depois que a empresa perdeu cerca de 600 milhões de dólares, o conselho se livrou de Land.

O excesso de confiança

O grande problema da Polaroid (e de qualquer pensamento que é aceito por um grande grupo sem muitos questionamentos) é o excesso de confiança.

Todos na empresa estavam convictos de que os clientes nunca abririam mão de suas fotos impressas e continuavam a fabricar câmeras baratas para lucrar com a venda de filmes.

Por que considerar uma margem de 38 por cento projetada para as câmeras digitais se, com a venda de filmes, a margem era de 70 por cento?

Quem questionava o modelo de negócios da companhia ou duvidava da longevidade de sua principal fonte de renda era rapidamente classificado como alguém incapaz de reconhecer o valor de um registro fotográfico instantâneo e permanente.

“A Polaroid não vende aquilo que não inventou” era uma das frases ditas pelos executivos e refletia o excesso de confiança da empresa em sua capacidade de prever o futuro e criar os melhores produtos.

Adam Grant, em seu livro “Originais”, resumiu com maestria a história da Polaroid ao dizer que a empresa até poderia ter sobrevivido à ruptura, porém, ao invés disso, “seus líderes ficaram tocando violino enquanto a empresa naufragava”.

O aprendizado

Essa rica história tem lições valiosas não apenas em relação à estratégia ou à cultura empresarial, mas também em relação às ideias de investimento na bolsa.

As melhores oportunidades para encontrar ações capazes de multiplicar seu capital por várias vezes normalmente não vão ser capturadas por quem investe em sintonia com o consenso.

Apesar de ser a ideia da maioria, existe uma chance bem alta de que o consenso esteja simplesmente errado. Ainda, mesmo que a maioria esteja certa, se todos pensam da mesma maneira, os preços das ações que são unanimidade não serão os mais baixos, o que reduz drasticamente o seu retorno potencial.

Com a história, também aprendemos o quanto é importante buscar por posicionamentos que sejam divergentes dos nossos. Só assim poderemos desenvolver ideias superiores e, ao mesmo tempo, desviarmos do poder ofuscante de nossas próprias convicções.

A Morte da Polaroid: Como Uma Empresa Inovadora Fracassou Por Conta do Senso Comum
 

Artigos Relacionados

Thiago Bisi
Ibovespa Fecha em Alta de 0,27%   Por Thiago Bisi - 27.09.2021

Análise gráfica (técnica) de Ibovespa, Índices, Dólar e Ações. Papéis em destaque: Ibovespa, Mini Índice, ETF iShares Small Cap (SA:SMAL11), ETF iShares MSCI Brazil (NYSE:EWZ), S&P...

A Morte da Polaroid: Como Uma Empresa Inovadora Fracassou Por Conta do Senso Comum

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (15)
Sergio Osorio
Sergio Osorio 30.01.2021 9:21
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Excelente artigo. Parabéns!!
Daniela dos Santos Batista
Daniela dos Santos Batista 16.01.2021 7:42
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Excelente artigo!
Daniela dos Santos Batista
Daniela dos Santos Batista 16.01.2021 7:42
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Excelente artigo!
Luciana bertagnoli
Luciana bertagnoli 16.01.2021 7:32
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Gostei da leitura.
Valdemar Fidalgo
Valdemar Fidalgo 16.01.2021 7:19
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Parabéns pelo excelente artigo e tomada de consciência
Sergio Ronald
SRonald 15.01.2021 22:42
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Excelente artigo! 👏🏻
Leonardo Normanha
Leonardo Normanha 15.01.2021 20:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
parabéns Rafael concordo
Romiseta Fibra
Romiseta Fibra 15.01.2021 16:36
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Até aviões supersonicos usam pneus e rodas,
Ronei Godinho
Ronei Godinho 15.01.2021 13:23
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Excelente texto
LuizH Bhz
LHBH 15.01.2021 12:49
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Eu já vi alguns amigos em desespero completo por falhas catastróficas em HDs ou pendrives com centenas de videos e/ou milhares de fotos dos filhos, pais e restante da família, justamente por terem "comprado" essa idéia do mercado de ser "tudo digital". Obviamente que não precisa ter um álbum de 5000 fotos impressas mas sempre aconselhei a todos que separem algumas mais bacanas de cada fase da vida e mandem copiar em laboratório que use processo químico. Já está mais que provado que DVD, HD, mídias digitais ou mesmo a "nuvem" não são eternas e 100% seguras como nos fazem acreditar. Nem oito nem oitenta, mas um dia a história vai dar o devido valor ao velho Land e ao pessoal teimoso da Polaroid. Pensem em qual mídia foi possivel saber da cara dos seus avós ou até mesmo Bisavós e familiares ou pessoas queridas do passado já falecidos.
Rodrigo Nadal
Rodrigo Nadal 15.01.2021 12:49
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
josemar kruetzmann
josemar kruetzmann 15.01.2021 12:41
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Luiz Eduardo Pozzer
Luiz Eduardo Pozzer 15.01.2021 12:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Otimo artigo
Adriano Seniuk
Adriano Seniuk 15.01.2021 12:31
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Muito bom!
Magno Azevedo
Magno Azevedo 15.01.2021 12:28
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Fica fácil apontar os erros após vários anos se passarem. No mundo real a decisão deve ser tomada em tempo real. Julgar O passado é fácil, difícil é prever o futuro.
Geraldo Carmo
Geraldo Carmo 15.01.2021 12:27
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Quem não aceita critica, está fadado ao fracasso.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail