Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

A (Provável) Desaceleração Global

Por Felipe SichelResumo do Mercado20.05.2022 13:12
br.investing.com/analysis/a-provavel-desaceleracao-global-200449629
A (Provável) Desaceleração Global
Por Felipe Sichel   |  20.05.2022 13:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Na semana passada, discutimos amplamente a repercussão das surpresas inflacionárias no Brasil e nos EUA, além da repercussão sobre a dinâmica econômica e a postura das autoridades monetárias. Merece destaque, no entanto, o aumento das especulações em torno de uma possível desaceleração global. Isso relaciona-se, em grande parte, com o ciclo de aperto monetário do Federal Reserve (Fed). No entanto, choques na economia, derivados de fatores exógenos como a covid-19 ou a guerra na Ucrânia, também contribuem para o aumento dos riscos de desaceleração.

Os indicadores cíclicos nos EUA emitiram sinais de cautela nas últimas semanas. Especificamente os índices ISM, com amplo histórico e relação bem estabelecida com a atividade, evidenciam que novas encomendas estão em queda. Por outro lado, pesquisas de confiança do consumidor mostram receio crescente em relação ao futuro e preocupação elevada com a inflação.

Em todo caso, a atividade permanecerá sustentada no curto prazo, visto que a baixa taxa de desemprego favorece expansão do salário. Assim, por mais que o consumidor americano tenha receio em relação ao futuro, a sensação de aumento de renda garantirá que o consumo siga sustentado durante este ano. No entanto, é razoável supor que, na medida em que a economia desacelera, a disposição em consumir também seja reduzida.

Outro tipo de risco deriva do cenário de commodities. Preços de combustíveis seguem extremamente elevados e agora são acompanhados pela dinâmica de alimentos. Dado que os gastos com combustível e alimentação são razoavelmente inelásticos (isso é, tendem a variar menos do que a variação de preço), a renda disponível das famílias para outros itens de consumo acaba comprimida. Com isso, temos uma situação de aceleração de preços junto à contração econômica.

Somando-se ainda os impactos que a política de covid-zero da China tem sobre cadeias produtivas, é difícil enxergar um alívio imediato na inflação de bens.

O ponto fundamental dos dois elementos expostos acima é que tanto oferta como demanda pressionam a inflação para cima. Olhando para essa conjunção, os Bancos Centrais não têm alternativa que não desaquecer a demanda agregada de forma a reduzir a pressão de preços.

Uma parte desse movimento pode ser antecipada pelas condições financeiras. Esse é um índice que captura melhor as condições de crédito e financiamento da economia, por medir não somente a taxa de juros, mas vários canais por onde é repassada aos agentes. O índice do Chicago FED, por exemplo, saiu de um patamar próximo a -0,7 para -0,2. Isso, muito provavelmente, impactará em breve as projeções de crescimento da economia americana de 2023.

Assim, os riscos sobre uma desaceleração econômica mais significativa se acentuam. Para frente, seguiremos monitorando dados vindos dos EUA e da China para entender quão rápido e intenso esse episódio poderá ser, caso se concretize. De resto, desacelerações globais tendem a ter um impacto razoável sobre economias emergentes, o que sugere riscos ao nosso cenário de crescimento de curto e médio prazo.

A (Provável) Desaceleração Global
 

Artigos Relacionados

A (Provável) Desaceleração Global

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (4)
Mauro Almeida
Mauro Almeida 23.05.2022 11:59
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Parabéns, pois os argumentos mencionam indicadores macro e visāo de médio prazo, mais estratégico que tático.
Luciano Machado
Luciano Machado 21.05.2022 13:54
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Com o pleno emprego nos EUA crescimento da massa salarial chancela a inflação sem possibilidade devido a Guerra da queda dos preços das comodities.Sem uma ação firme dos Bcs no caso só o Brasil agiu rápido aumentando as taxas já sinalizando no Brasil a queda da inflação.
José Ribamar Penha
José Ribamar Penha 21.05.2022 12:52
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O Guedes pensa totalmente diferente de voce! No parecer dele nossa onflacao vai cair e o Brasil vilta a celeracai do crecimento!
Leo Fernandes
Leo Fernandes 21.05.2022 12:41
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Sempre disseminando as notícias com cunho negativo. Nada de positivo sai desse site esquerdista.
Gui Costa
Gui Costa 21.05.2022 12:41
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
isso se chama análise, o cunho negativo é derivado dela. Acho que é melhor vc se informar apenas no telegram e grupos do whatsapp, lá vc só vai encontrar as notícias que se encaixam no seu perfil
kaio monteiro
kaio monteiro 21.05.2022 12:41
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
uiuiuiui site esquerdista, maxista, taxista HAHAHAHAHHA
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail