Garanta 40% de desconto
🚀 6 ações que subiram +25% no 1º tri selecionadas pela nossa IA. Quais ações vão subir no 2º tri?Não perca a lista completa

Mercado não deixa o samba morrer

Publicado 21.02.2024, 08:46
Atualizado 10.01.2024, 08:22

O carnaval já passou, mas os mercados globais voltam ao ritmo do samba de uma nota só nesta quarta-feira (21). A ata da reunião de janeiro do Federal Reserve concentra as atenções do dia. O documento será divulgado apenas às 16 horas e, até lá, os ativos de risco tendem a ficar em compasso de espera - porém, com um tom negativo, como se vê nesta manhã nos futuros dos índices em Nova York, tendo como som de fundo o balanço da Nvidia.

As palavras do Fed até poderiam soar como música aos ouvidos dos investidores, embalando os mercados emergentes. Mas a mensagem neste início de ano ainda deve ter algum ruído nos negócios. Apesar de descartar a chance de corte nos juros dos Estados Unidos em março, a autoridade monetária não deve trazer clareza sobre o momento exato em que o ciclo de flexibilização começa.

A probabilidade de maio parece cada vez menor, deixando junho como a opção seguinte. No entanto, nada impede que o ponto de partida seja apenas no segundo semestre deste ano e, talvez, após o fim das férias de verão (no hemisfério Norte). Se for assim, o esperado ritmo agressivo de flexibilização deve ser substituído por um passo mais suave - e curto.

Os mercados tendem a acompanhar esse movimento mais devagar, alinhando as expectativas à exposição ao risco, porém, sem perder o embalo. Ontem (20), o Ibovespa flertou com a marca dos 130 mil pontos, enquanto o dólar caiu a R$ 4,93, com os investidores ajustando o passo antes do agito começar. As commodities e a tramitação em Brasília mantêm o som ambiente dos negócios locais.

Publicação Original

Últimos comentários

Oi bom.dia preciso que voceis me libera os pagamentos das minhas compras. na loja da magazine Luísa e pociveio cão importante pra min. e meu primeiro envestimto eu agradeço muito obrigada
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.