Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Ouro e Cobre Podem Disparar em 2021 com Demanda Chinesa e Estímulos nos EUA

Por Investing.com (Barani Krishnan/Investing.com)Commodities29.12.2020 09:20
br.investing.com/analysis/ouro-e-cobre-podem-disparar-em-2021-com-demanda-chinesa-e-estimulos-nos-eua-200439207
Ouro e Cobre Podem Disparar em 2021 com Demanda Chinesa e Estímulos nos EUA
Por Investing.com (Barani Krishnan/Investing.com)   |  29.12.2020 09:20
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Dois metais ocupam lados opostos no espectro dos investimentos: um deles avança com o sentimento de risco; o outro, atua como “porto seguro” para o dinheiro. No entanto, os preços do cobre e do ouro subiram e caíram juntos em cada um dos últimos cinco anos. E tudo leva a crer que essa sintonia pode continuar com uma eventual disparada em 2021.

O cobre está encerrando 2020 com uma alta de cerca de 27% e deve se valorizar ainda mais no ano que vem se realmente houver o repique econômico mundial previsto com as vacinas para o coronavírus.

No caso do ouro, a expectativa é que o rali de 21% neste ano continue em 2021, se o governo Biden aprovar – como pretende fazer – mais estímulos de combate à covid-19.

Apesar dessas perspectivas positivas, as previsões de preço tanto para o cobre quanto para o ouro são turvas no próximo ano.

Cobre deve renovar máximas em 2021

A agência britânica Commodity Market Analytics acredita que o cobre com entrega em três meses na Bolsa de Metais de Londres pode facilmente revisitar, e romper, a máxima deste ano a US$ 8.027 por tonelada se a China continuar se recuperando mais rápido da pandemia do que o resto do mundo.

Cobre Futuro Semanal
Cobre Futuro Semanal

A empresa aposta na alta, levando em conta o rali de 18% do cobre desde o início de novembro, quando começaram a circular notícias sobre a eficácia dos ensaios clínicos das vacinas para a covid-19 desenvolvidas pela Pfizer (NYSE:PFE) e Moderna (NASDAQ:MRNA).

A Fitch Ratings e a Bloomberg, enquanto isso, publicaram estimativas consensuais em meados de dezembro, no sentido de que o cobre com entrega em três meses ficaria na faixa de US$ 6.800 a US$ 6.900, respectivamente, em média em 2021.

Demanda do cobre em 2021 dependerá, em grande medida, da China

Dan Smith, da Commodity Market Analytics, fez uma publicação no portal INN dizendo que o crescimento projetado de 2% da China em 2021 será o principal vetor de demanda mundial dos metais, principalmente do cobre.

Também se espera uma rápida recuperação no Japão e na Europa, onde a atividade caiu mais em 2020 devido aos bloqueios relacionados à covid-19, afirmou.

Nos Estados Unidos, a presidência de Biden pode elevar a demanda de cobre com sua agenda verde, que promete "incentivar a energia renovável e os veículos elétricos, e isso pode elevar a demanda do metal", complementou Smith.

Rali das ações também é positivo para o cobre

O Grupo CRU de Londres também prevê preços mais altos do que os previstos pela Fitch e a Bloomberg para o cobre em 2021 em média. Charlie Durant, consultor-chefe do Grupo CRU, disse ao portal INN que acredita que o metal vermelho deva ser negociado a partir de US$ 7.000 nos próximos 12 meses na bolsa de metais de Londres, graças ao aumento do apetite para o risco na maioria das commodities, ao lado das ações.

Durant disse ainda:

“Os investidores acreditam que o preço do cobre continuará subindo em razão dos baixos estoques e da perspectiva de um mercado balanceado no próximo ano. Já quem aposta na venda aponta para os custos-caixa de mineradores de apenas US$ 5.000. Essa incerteza mostra que 2021 pode ser um ano de muita volatilidade nos preços”.

Assim como Smith, da Commodity Market Analytics, Durant também acredita que a China superará as projeções de crescimento e estimulará outro fenômeno parecido ao que ocorreu com os preços do cobre em 2020. O cobre despencou 12% em março, depois de dois meses de bloqueios na China, mas voltou a disparar sem parar a partir de abril, assim que a segunda economia mundial se reabriu, mesmo com o resto do mundo, inclusive os Estados Unidos, interrompendo os negócios.

Durant também afirmou:

“Acredito que a parte mais interessante da história foi a rapidez da retomada das compras chinesas e a forma como o país asiático absorveu o metal.”

“Os mais recentes dados macroeconômicos são robustos de forma geral, com números mensais positivos no mercado imobiliário. Para 2021, acreditamos que as medidas de estímulo, a recuperação do setor automotivo e o avanço do mercado de construção podem novamente ajudar a impulsionar a demanda chinesa por cobre refinado em mais de 2% ano a ano”.

Ouro: Goldman crava US$ 2.300 no ano que vem

Quanto ao ouro, os analistas do Goldman Sachs cravaram a máxima de US$ 2.300 por onça em 2021, na expectativa de que a recuperação da recessão provocada pelo coronavírus fará a inflação subir no ano que vem.

Ouro Semanal
Ouro Semanal

Os futuros do ouro na COMEX de Nova York não conseguiram ultrapassar US$ 2.090 neste ano. 

A equipe econômica do Goldman considera que a inflação atingirá o pico de 3% em 2021, antes de cair no fim do ano.

A expectativa é que os preços do ouro subam mais graças a uma recuperação da demanda física do metal por parte de grandes compradores tradicionais na Índia e China, afirmaram os analistas do Goldman.

A britânica Capital Economics, no entanto, espera que a alta do ouro futuro na COMEX em 2021 fique em torno de US$ 1.900 – não muito acima dos níveis atuais. A empresa afirma que o aumento da inflação prejudicaria o atual ambiente de juros baixos e de dissuadiria investimentos em ativos não lastreados em juros, como o ouro.

Estímulos nos EUA decidirão o destino do ouro

Na Investing.com, acreditamos que o ouro futuro pode ultrapassar a projeção de US$ 2.300 do Goldman, desde que Biden consiga levar a cabo seus planos de estímulo para reativar a economia americana.

O esforço hercúleo para aprovar o segundo alívio no Senado dos EUA neste ano é prova de que o ouro enfrentar dificuldades para avançar acima de US$ 2.000.

Indo direto ao ponto, o governo Biden precisa se livrar do impasse político presente no Senado, atualmente dominado por republicanos, referente ao pacote de alívio contra a covid-19, que sua administração pretende aprovar em 2021.

O divisor de águas para isso será o segundo turno das eleições na Geórgia para o Senado, em 5 de janeiro. Em caso de vitória dos democratas, o partido do presidente assumirá o controle efetivo de ambas as casas congressuais, permitindo-lhe aprovar praticamente qualquer legislação.

O presidente eleito já declarou que pretende instar o congresso a aprovar um pacote de estímulo maior depois que assumir o cargo em 20 de janeiro. Se os democratas vencerem o segundo turno na Geórgia, Biden pode propor dois, ou até mesmo três, pacotes de alívio antes do fim de 2020, a fim de tentar acelerar a recuperação nos EUA.

Com isso, não seria demais pensar que o ouro possa atingir a cotação de até US$ 3.000 por onça.

Aviso de isenção: Barani Krishnan utiliza diversas visões além da sua para oferecer aos leitores uma variedade de análises sobre os mercados. O analista não possui posições nos ativos e commodities sobre os quais escreve.

Ouro e Cobre Podem Disparar em 2021 com Demanda Chinesa e Estímulos nos EUA
 

Artigos Relacionados

Scot Consultoria
Estabilidade na Praça Paulista Por Scot Consultoria - 26.01.2022

Por Jéssica Olivier As escalas dos compradores estão confortáveis, resultando em menor ímpeto de compras nos últimos dias. As cotações dos bovinos destinados ao abate não tiveram...

Ouro e Cobre Podem Disparar em 2021 com Demanda Chinesa e Estímulos nos EUA

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (9)
Marcelo Fiori
Marcelo Fiori 01.01.2021 20:55
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Realmente o cobre é essencial para a fabricação de carros elétricos porém, mais uma bola fora dos “especialistas” que diziam que em 2020 os carros elétricos teriam preços competitivos e uma frota de 20 milhões deles nas ruas. A frota mundial de elétricos/híbridos atualmente não passa de 2,3 milhões! Mas dizer que cobre irá aumentar em função da fabricação de carros elétricos ainda é um sonho de lonnnngo prazo! Não há incentivo algum e os preços, além de serem absurdamente caros a munutenção/bateria é quase a metade do valor do carro! Esta aí um carro que ainda não “pegou” rsssss
Alex Borro
Alex Borro 01.01.2021 20:55
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Acho q vc precisa aumentar seu "horizonte de eventos". Nos países mais desenvolvidos da Europa - e por consequência os que mais compram carros - como Alemanha, Holanda, França, Suécia, Noruega, etc, vendas de carros elétricos em 2020 ultrapassaram os 20% do total de vendas. Eu moro na Holanda e aqui temos carros elétricos em todo canto - eu mesmo tenho um. Então não use a selva como referência quando falar de tecnologia de vanguarda.
Claudio Ciro
Claudio Ciro 29.12.2020 20:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
"se Biden..." existe algum analista de finanças sem expectativa da posse de Biden? Trump ainda tem fichas para provar q houve fraude
Gustavo Rodrigues
Gustavo Rodrigues 29.12.2020 20:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
troca o disco que essa música ficou saturada já
Patrick Rannier
Patrick Rannier 29.12.2020 20:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Nunca ouve fraude na história, agora que o bixão perdeu tem fraude? Aceita, ninguém mandou ter um vocabulário de fezes. Vai acontecer a mesma coisa aqui em 2022 e não adianta culpa as urnas.
Décio Alves
Décio Alves 29.12.2020 20:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Sim. E a Terra é plana.
Ademir Carvalho
Ademir Carvalho 29.12.2020 20:30
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Cobre... veículos elétricos... energia renovável. Tudo haver
Joserrodigues Mianda
Joserrodigues Mianda 29.12.2020 19:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
ouro.e.a..xaver..
Ruy Novaes
Ruy Novaes 29.12.2020 19:48
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Aguardar para ver... vai saber o que essa chinesada vai aprontar... de real mesmo, não existe vacina, e sim experimentos...
José Neumann
José Neumann 29.12.2020 19:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Parei de ler no governo Biden.
Gustavo Rodrigues
Gustavo Rodrigues 29.12.2020 19:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
tá pior que aqueles maridos psicóticos que não aceitam o fim do relacionamento kkkkkkkkkk o Trump não perdeuuuuuuuuuuuuteve fraudeeeeeeeeeeeeekkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Léo Luz Moreira
Léo Luz Moreira 29.12.2020 19:15
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Gostei da análise! Acredito na valorização do ouro perante o dólar!!!
Gonçålvęs Aïręs Ariclęnïo
Gonçålvęs Aïręs Ariclęnïo 29.12.2020 19:14
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Também concordo com a subida dos metais próximo ano.
Luiz Ferreira Santos
Luiz Ferreira Santos 29.12.2020 12:07
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Como e onde pode-se investir em cobre? Acredito firmemente que os metais vão subir forte em 2021.
Rogerio Soares
Rogerio Soares 29.12.2020 12:07
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
acho que a saída são as mineradoras.
Luiz Ferreira Santos
Luiz Ferreira Santos 29.12.2020 12:07
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Marcos Sampaio
Marcos Sampaio 29.12.2020 12:07
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Procura na b3 pelo segmento da BMF (onde se negocia as commodities)
André Rodrigues
André Rodrigues 29.12.2020 12:07
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Xtrend speed
André Rodrigues
André Rodrigues 29.12.2020 12:07
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Xtrend speed
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail