Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Pode Operar Tranquilo, Pois o Mercado Financeiro Melhora a Distribuição de Renda

Por Claudio de Moraes Ações07.11.2021 11:33
br.investing.com/analysis/pode-operar-tranquilo-pois-o-mercado-financeiro-melhora-a-distribuicao--de-renda-200445748
Pode Operar Tranquilo, Pois o Mercado Financeiro Melhora a Distribuição de Renda
Por Claudio de Moraes   |  07.11.2021 11:33
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Uma questão que intriga quem trabalha no mercado financeiro é a sensação de que nós somos insensíveis às questões sociais, mas isso não é verdade! Esse artigo vem trazer luz a esse assunto baseado na pesquisa realizada com Guilherme Cruz no COPPEAD - O Instituto de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração da UFRJ.

Neste trabalho avaliamos o impacto das atividades bancárias na desigualdade social, medida pelo índice de Gini, sob a perspectiva de três variáveis: do volume de intermediação realizado (relevância), do acesso financeiro e da eficiência da intermediação (mínimo custo da intermediação com receitas sustentáveis).

Analisamos uma amostra ampla de 46 países emergentes e 66 países considerados pobres, os Low income countries (LICs). Os achados indicaram que para os países emergentes o mais impactante é a eficiência de intermediação, já para os LICs o mais importante é o acesso financeiro. Percebemos também que o efeito da intermediação financeira sobre a desigualdade tem um limite, ou seja, é não linear, mas para muitos países esse limite não foi atingido, entre eles o Brasil. Logo: mais finanças é melhor! 

O resultado deste trabalho com o Guilherme Cruz, que ainda não foi publicado (portanto, não posso divulgar os resultados na íntegra) sugere que ainda há muita oportunidade nos mercados financeiros emergentes, e em particular no Brasil. Oportunidades de ganhos, mas de grande benefício social, ou seja, um típico ganha-ganha. Imagine de onde sairá o recurso financeiro para a criação do “próximo” Google (NASDAQ:GOOGL)  (SA:GOGL35) ou de uma “nova” Amazon (NASDAQ:AMZN) (SA:AMZO34)? Sairá do mercado financeiro! E com isso serão criados empregos, oportunidades e inovação tecnológica. Mas, como explorar todas as oportunidades existentes? Para começarmos precisamos entender a intermediação financeira, que vem despertando muita atenção dos novos entrantes no mercado, sejam eles bancos digitais ou Fintechs.

Os bancos e todos os intermediários financeiros possuem um papel de grande relevância na economia. Realizam a intermediação financeira entre os agentes superavitários e deficitários. Em um mundo sem problemas de informação não haveria a necessidade de intermediários financeiros, uma vez que tanto os agentes superavitários quanto os deficitários teriam todas as condições propícias, inclusive quanto à disponibilidade de informações, de negociar entre si sem a presença de um intermediário. Mas no contexto de um mundo sem perfeita informação, os bancos tem a tarefa de acolher depósitos e conceder recursos, criando as condições propícias para o “encontro” entre os poupadores e os investidores.

A origem da intermediação financeira pode estar associada diretamente aos problemas informacionais identificados pelos estudiosos das falhas de mercado. Sociedades primitivas que não utilizavam nenhuma forma de moeda possuíam o escambo como forma de relacionamento comercial. O grande problema da troca via escambo é encontrar dois agentes econômicos que aceitem trocar bens distintos pela quantidade justa e que agrade ambas as partes. Esse acordo, que pode ser considerado uma dupla coincidência, é de difícil realização sendo um entrave para a dinâmica econômica.

Com a introdução da moeda o problema do escambo é resolvido parcialmente, pois não é preciso mais que haja uma dupla coincidência para que a troca ocorra. Já os termos de troca são garantidos pelo sistema de preços. O sistema de preços é o grande sinalizador do sistema econômico. Quando o preço de um bem está alto, por exemplo, os produtores entendem há insuficiência deste bem e aumentam sua produção.

Além do sistema de preços, a criação da moeda propiciou o acumulo monetário, circunstância que deu origem ao crédito. Assim, da mesma maneira que a moeda facilita o encontro entre o comprador e o vendedor, na intermediação financeira o encontro entre depositante, agente superavitário em moeda e o devedor permite uma melhor alocação de recursos financeiros via crédito.

Se o crédito surgiu como uma solução de primeira ordem do problema informacional, a intermediação do risco foi uma solução de segunda ordem, sendo assim, quase um desdobramento da primeira, uma vez que não há crédito sem risco. Da mesma maneira que na intermediação entre depósito e crédito o sistema econômico melhora sua eficiência, a compra e venda de risco permite uma melhor alocação entre os agentes apaixonados pelo risco e os avessos a ele, garantindo uma maior ampliação da eficiência do sistema, mas também da complexidade da atividade bancária.

Portanto, mais mercado financeiro é bom para você e para o país. É certo que existem cuidados que precisam ser tomados para evitar crises financeiras e superendividamento, o que pretendo trazer em outros artigos. Mas, o fato é que há muito a ser feito nos mercados emergentes e, em particular no Brasil, em termos de desenvolvimento do mercado de financeiro.  Para finalizar e motivar as próximas leituras, deixo aqui o gráfico do Crédito/PIB do Brasil, UK e EUA, uma proxy do comportamento do mercado financeiro. Assim você notará o potencial de crescimento do mercado no Brasil.

*Claudio de Moraes é Professor e Pesquisador do COPPEAD/UFRJ, especialista em Banking, com artigos publicados em diversos periódicos internacionais. Atua no Banco Central do Brasil na área de estabilidade financeira, com experiência em regulação e supervisão bancária.  A opinião do autor e não representa necessariamente a do Banco Central do Brasil.

 

Pode Operar Tranquilo, Pois o Mercado Financeiro Melhora a Distribuição de Renda
 

Artigos Relacionados

Pode Operar Tranquilo, Pois o Mercado Financeiro Melhora a Distribuição de Renda

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (7)
Maurice Lima
mcdli 08.11.2021 7:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
imagino a família no interior do sertão sem Internet nem acesso a educação investindo na bolsa, realmente vivi para ler isso.
Maurice Lima
mcdli 08.11.2021 7:05
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
pergunto, como é possível distribuir renda no mercado financeiro se a grana que investe em fintechs começa e termina na Faria Lima?
César Menegatto
César Menegatto 08.11.2021 0:19
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
#B3MORREU
Nathan Silva
Nathan Silva 07.11.2021 19:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Isso é uma ignorância de político ganancioso como Lira que não está nem aí para o futuro do país. Não satisfeitos com seus bilhões, querem quebrar o país de tanta ganância. Não merece nem ser analisado.
Cesar Capri
Cesar Capri 07.11.2021 16:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Rsss. Não adianta tapar o sol com a peneira. Mercado financeiro é altamente sensível a juros maiores, não tanto as pessoas físicas, mas os bancos são. Tudo que estimula aumento de juros, faz a bolsa corrigir, é só olhar o histórico do Ibov. Gastos públicos, auxílios emergênciais, programas sociais, obras de infraestrutura, tudo que envolve aumento de dinheiro na economia, prejudica a bolsa porquê prejudica os bancos. Banco gosta de juros bem baixos, banco vive de emprestar dinheiro, pagam pouco aos correntistas, e emprestam dinheiro a preços absurdos pra quem precisa de crédito. Então juros maiores fazem a Bolsa não ser tão importante para os bancos, afinal de contas, com juros maiores, a bolsa se torna secundária.
Juliana Raquel
Juliana Raquel 07.11.2021 16:00
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bom artigo. Só faltou explicar o gráfico. Agora, fiquei pensando: para haver intermediação de alocação de recursos, preciso haver uma sociedade liberal o suficiente para empreender. Esse é o perfil da sociedade brasileira? O Estado pode até ser mínimo, mas não pode se furtar do papel estratégico de indutor do desenvolvimento. Isso acontece no Brasil? Caso as respostas para minhas considerações sejam "não" (o que eu creio) há muita turbulência para que a máxima deste artigo seja uma tônica válida no Brasil.
Rosildo da Silva
Rosildo da Silva 07.11.2021 12:24
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Kkkkkkk “conta ota aí”
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail