Últimas Notícias
Investing Pro 0
🚨 Nossos dados Pro revelam a melhor ação da temporada de balanços Acesse dados

Por que as ações da GM são uma aposta direta na economia dos EUA

Por Vincent MartinAções07.10.2022 11:02
br.investing.com/analysis/por-que-as-acoes-da-gm-sao-uma-aposta-direta-na-economia-dos-eua-200452532
Por que as ações da GM são uma aposta direta na economia dos EUA
Por Vincent Martin   |  07.10.2022 11:02
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
 
GM
+0,52%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
GMCO34
+1,84%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
C
-0,08%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
F
-1,40%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
MS
-0,51%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
TSLA
+3,22%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
  • O relatório de vendas da GM no 3º tri foi bastante impressionante, com a empresa ganhando participação de mercado em várias categorias.
  • A estratégia de veículos elétricos é promissora, embora a concorrência ainda esteja à frente.
  • O foco da GM em veículos com margens maiores faz com que suas ações dependam mais da economia para se recuperar das mínimas.

Parece muito fácil defender uma compra nas ações da General Motors (NYSE:GM) (BVMF:GMCO34) neste momento. Com base nas estimativas de Wall Street, os papéis da empresa são negociados a um múltiplo de 5x os resultados deste ano. Mesmo assim, o desempenho continua impressionante, com base no relatório de vendas da empresa para o terceiro trimestre. No longo prazo, a mudança para veículos elétricos e autônomos parece indicar um potencial de alta.

Mas a história aqui não é tão simples assim. Os grandes números da GM em 2021 e 2022 explicam, pelo menos em parte, por que o papel deveria estar precificado a um múltiplo tão baixo. O crescimento no segmento de VEs e VAs no longo prazo não necessariamente contribui para a perspectiva da empresa. E a história tanto da companhia quanto da indústria aponta para riscos de curto prazo para os resultados e a ação.

Nos atuais níveis, esses riscos já estão, em certa medida, precificados. De uma perspectiva de longo prazo, a ação da GM está atraente. Mas a companhia precisará de uma ajudinha externa para que o cenário de alta se concretize.

GM semanal
GM semanal

Investing.com

O problema do múltiplo de 5x os resultados

O relatório de vendas da GM no 3º tri apresenta razões tanto para comprar quanto para ficar de fora do papel.

A montadora inquestionavelmente teve um trimestre impressionante. As vendas totais de unidades subiram 24% em bases anuais. Como ressaltou a companhia, ela conquistou um “trifecta”, com sua liderança em participação de mercado de SUVs e picapes de grande porte e SUVs de luxo.

Até mesmo a estratégia da companhia com VEs está dando resultado, em vista da “demanda sem precedentes dos consumidores” pela linha Bolt. A GM pretende aumentar a produção em 2023 para mais de 70.000 veículos.

Em retrospectiva, sem dúvida é uma boa notícia. Os riscos são mais patentes olhando para o futuro.

A força das vendas da GM claramente está claramente relacionada aos veículos mais caros – e mais rentáveis. Esses veículos são fáceis de vender neste momento. A taxa de desemprego nos EUA está baixa. A inflação é uma preocupação, sem dúvida, mas é menos preocupante para os clientes de renda mais alta, responsáveis pelas vendas de SUVs e picapes de grande porte.

Até agora, a economia dos EUA se manteve firme razoavelmente bem. Nesse contexto, não causa estranheza o fato de as vendas da GM terem feito o mesmo. A real preocupação é que, em meio às elevações de juros pelo Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) e pressões macroeconômicas no exterior, a economia americana e as vendas da empresa sofram uma reversão.

Isso, evidentemente, sempre representa um risco para empresas de setores cíclicos, como indústria. Mas, em vista da força específica da GM em segmentos de alta renda e do fato de que as montadoras americanas praticamente pararam de produzir sedãs e cupês de baixo preço, os riscos são ainda maiores do que de costume. Claramente, o mercado acredita que o ciclo fará com que os lucros da GM caiam, razão pela qual atribui um múltiplo tão baixo para os lucros da companhia.

A questão dos veículos elétricos e autônomos

Esse é o risco no curto prazo. O temor no longo prazo envolvendo tanto a GM quanto sua concorrente Ford (NYSE:F) é que a mudança para veículos elétricos também comece a deteriorar os lucros.

No que se refere aos veículos elétricos, é importante lembrar um fato importante: Os VEs não expandem o mercado. O número total de novos veículos demandados pelos consumidores não muda de forma substancial, dependendo do seu modelo atual, seja ele elétrico ou com motor à combustão. Grosso modo, a venda de um VE significa, para o setor, um modelo à combustão a manos.

Para a GM, é preciso admitir que a história é um pouco diferente, já que o Bolt e o Bolt EUV têm como foco categorias em que os modelos convencionais da companhia têm baixa participação de mercado. Ainda assim, a produção projetada para 2023 é menos de 4% da fabricação total de veículos para este ano. Enquanto isso, a líder do segmento de veículos elétricos, Tesla (NASDAQ:TSLA), ao lado de outros nomes, como Rivian Automotive (NASDAQ:RIVN) e Lucid Inc (NASDAQ:LCID), estão de olho nos mercados mais lucrativos da GM....

Em termos de veículos autônomos, a perspectiva é ainda pior. Em teoria, os veículos autônomos reduziriam significativamente a demanda. A necessidade de ter um carro individual se depararia com uma realidade em que seria possível usar um simples aplicativo para chamar um veículo autônomo. (Isso, evidentemente, é a razão pela qual a Uber (NYSE:UBER) está gastando bilhões de dólares em seus esforços de autonomia). Se a divisão Cruise da GM não tiver sucesso, os veículos autônomos podem abocanhar uma parte significativa da receita e dos lucros da companhia.

A beleza está nos olhos de quem vê

É útil que os investidores entendam os argumentos para a queda das ações da GM. O múltiplo de 5x os resultados em si não é suficiente para tornar a GM em uma compra fácil. Há riscos aqui, tanto de curto quanto de longo prazo.

Dito isso, também há possíveis recompensas. A companhia tem uma boa execução. Está ganhando participação de mercado. O valuation é razoável, mesmo que os lucros acabem se revertendo em meio a um ambiente macro mais difícil.

De fato, a resposta de Wall Street ao relatório de vendas do 3º tri mostra ambos os lados da moeda. O Morgan Stanley (NYSE:MS) cortou o preço-alvo da empresa para US$ 30, argumentando que a GM teria uma perda de lucratividade em algum momento. O Citigroup (NYSE:C) manteve seu preço-alvo a US$ 78, enxergando um potencial de estoque maior e, assim, maiores vendas.

Se a economia americana se segurar firme, esse acúmulo de estoque deve promover a alta dos lucros e impulsionar os papéis da GM. Caso contrário, o cenário não poderia ser pior. Afinal, faz somente 13 anos que a General Motors entrou com um pedido de falência, em meio à crise financeira. Uma repetição desse evento é muito pouco provável, mas o mesmo não se pode dizer da queda dos lucros e do preço da ação.

Aviso: No momento da publicação, Vince Martin tinha uma posição vendida em TSLA. Ele não tem posições nos outros ativos mencionados.

 

Por que as ações da GM são uma aposta direta na economia dos EUA
 

Artigos Relacionados

Matheus Lima
A expectativa de Suzano para 2023 Por Matheus Lima - 06.02.2023 3

A Suzano (BVMF:SUZB3) é uma das maiores empresas de celulose e papel do mundo, com sede no Brasil. Fundada em 1924, a empresa iniciou suas atividades como fábrica de fósforos e, ao...

Por que as ações da GM são uma aposta direta na economia dos EUA

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (2)
Jose Geraldo Dioscanio
Jose Geraldo Dioscanio 17.10.2022 13:54
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
me desculpem mas essa análise é para Não comorar! todos os bolts produzidos tiveram recal por problemas de incendio das baterias;Aposta GM Segmento pic up, vem aí o Cybertruck da Tesla;Dívida colossal da GM;Estamos ás portas de uma recessão mundial sem precedentes;O estado da Califórnia proibiu veículos a conbustão a partir de 2035, o que poderá ser seguido por outros Estados;Europa banindo veiculos a combustão;Em resumo: o fufuro é veículos elétricos e GM não está preparada e vai perder espaço e mesmo que produza não tem escala para competir!
HJ BR
HJ BR 07.10.2022 14:03
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Estou "impressionado" com a clareza da análise. Se as coisas correrem bem o papel deve subir, caso contrário devem perder valor. Impossível errar
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail