Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Por Que Você Não Precisa se Preocupar com os Impostos nos EUA?

Por William AlvesResumo do Mercado26.04.2021 12:50
br.investing.com/analysis/por-que-voce-nao-precisa-se-preocupar-com-os-impostos-nos-eua-200441571
Por Que Você Não Precisa se Preocupar com os Impostos nos EUA?
Por William Alves   |  26.04.2021 12:50
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

Na quinta-feira (22), tivemos a notícia da intenção do presidente Joe Biden em elevar alguns impostos nos EUA. Em meio a tanta desinformação que vemos por aí, entendo que vale aqui explicar qual o impacto disso para os seus investimentos.

Entendendo: primeiro ponto é que estamos falando de uma proposta e não de uma lei sancionada. A Bloomberg News informou na tarde de quinta-feira que Biden está planejando um aumento nos impostos sobre ganhos de capital para até 43,4% para americanos ricos. A proposta aumentaria a taxa de ganhos de capital para 39,6% para aqueles que ganham US$ 1 milhão ou mais, contra 20% atualmente, de acordo com a Bloomberg News, citando pessoas familiarizadas com o assunto. Então o que temos até agora é a intenção declarada da Casa Branca na elevação de alguns impostos.

Esperado: Essa notícia não deveria surpreender o mercado, uma vez que foi parte recorrente da campanha do presidente Joe Biden. Ele se elegeu falando que iria reverter os tax cuts do presidente Trump e elevar impostos sobre fortunas. Nesse sentido, inclusive, já pontuei que os aumentos de impostos seriam um potencial risco ao mercado americano. Logo, apesar da notícia ter repercutido essa semana, não é novidade alguma essa intenção. Talvez por isso, já na sexta-feira vimos as bolsas americanas encerrarem o dia em alta. Poucos diretamente afetados. A proposta se refere aos investidores americanos e em nenhum momento trata de investidores estrangeiros. Além disso, 75% dos investidores no mercado americano não se enquadram nos critérios para essa taxação.

São aqueles que investem através de planos especiais de aposentadoria (os quais tem regimes tributários próprios), fundos de Endownments de Universidades, investidores estrangeiros. A análise interna da Receita Americana de 2018 mostra que os milionários eram pouco mais de 500 mil investidores, ou que detinham pouco mais de 0,4% do valor do mercado. Logo, no caso de uma forte realização do mercado de ações poderíamos ver muitos investidores inclusive se aproveitando das quedas e dando sustentação aos preços uma vez que não são diretamente afetados por essa notícia.

Muito ruim?

A meu ver temos aqui 2 faces da moeda.

Por um lado, o aumento de impostos sobre as empresas tenderia a encarecer os produtos americanos e até reduzir a competitividade americana; e o aumento de imposto sobre fortunas ou para aqueles com ganhos elevados poderia levar a uma migração dos mais ricos para outras praças.

Por outro lado, o objetivo dos aumentos de impostos é o financiamento de diversas medidas que pode justamente trazer mais competitividade para os EUA no logo prazo, além de já injetar crescimento no curto prazo. Além dos cheques de incentivo à economia, tivemos anúncio de um pacote de infraestrutura o qual tende a melhorar a logística americana, tornar energias renováveis mais baratas e uma internet mais rápida disponível a uma maior gama de agentes. Esses são fatores essenciais para crescimento da economia e produtividade. Outro pacote, também financiado pelo aumento de impostos, é focado na melhoria da produtividade do trabalhador, através de cursos de capacitação profissional e pesquisas. Esse também é outro fator preponderante para crescimento sustentado de longo prazo. Uma economia que cresce gera mais oportunidades para todos, mais lucros para empresas e consequentemente suas ações tenderiam a refletir isso.

E o mercado de ações?

Apesar de parecer ou soar negativo, olhando o passado, dá para dizer que não vemos um impacto tão forte assim para o mercado de ações. Historicamente, os aumentos nos impostos sobre ganhos de capital não prejudicaram as ações. A coluna do John Authers na Bloomberg nos traz alguns insights interessantes sobre a forma como o mercado lidou com o último grande aumento da impostos sobre ganhos de capital no final de 2012 – quando a alíquota subiu 9 pontos percentuais. À medida que ficou claro que impostos mais altos sobre ganhos de capital estavam chegando, o S&P 500 enfraqueceu e ficou de lado nos últimos meses do ano – a explicação seria a que alguns investidores de fato estavam realizando lucros antes dos aumentos de impostos. Em 2013 já com a nova alíquota tivemos um ano de forte valorização com o S&P encerrar com ganhos de 30%.

Indo além na história, você não encontra correlação óbvia entre aumentos ou reduções de impostos sobre ganhos de capital e a performance do mercado. O gráfico abaixo pontua todos os pontos de aumento de alíquotas (linhas vermelhas) e reduções de alíquotas (linhas verdes).

Análise do Goldman Sachs, dos últimos três aumentos de 1987, 1988 e 2013 também corrobora a ideia de um impacto reduzido no mercado e ainda, mas que compensado no futuro. Algumas ações consideradas de momentum é que seriam as mais afetadas no curto prazo.

Será que passa?

Para que a proposta se torne efetiva é necessária a discussão nas duas casas (Câmara e Senado). Nesse sentido, apesar da maioria na Câmara dos Representantes e maioria técnica no senado, existem diversas divergências sobre o escopo e abrangência desse aumento de impostos. Como exemplo, o senador democrata do estado da Virginia Joe Manchin, é visto como contrário a um aumento dessa magnitude. Outros senadores se mostram menos favoráveis a um aumento de impostos tão agressivo assim.

Analistas do Goldman Sachs sugerem que o aumento deve ser definido numa alíquota bem menor, saindo dos atuais 20% para 28%. Essa também é a visão do banco suíço UBS, que escreveu em nota aos seus clientes: “Our base case is for the top rate to increase to 28%, with lawmakers pushing back at the near doubling suggested by the administration.” Logo, me parece hoje pouco provável que a proposta da Casa Branca avance sem mudanças. Parece mais um movimento de poker de blefar para depois barganhar por um aumento mais brando.

Resumindo.

O investidor brasileiro não deve ser confundido por narrativas equivocadas e incompletas que são difundidas no noticiário de mercado. Os pontos que trouxe aqui, foram com o objetivo de tranquilizar os investidores face as recentes notícias. Não acredito que tais eventos levariam a uma migração de capitais para fora dos EUA. Já vimos eventos como esses no passado e o resultado, como mostrado aqui não foi a da migração de capitais. Fatores como crescimento econômico, níveis de confiança dos investidores, emprego, renda e juros são mais importantes para determinar o desempenho do mercado de ações.

RESULTADOS CORPORATIVOS

Voltando aquilo que é o principal driver das ações nos logo prazo: vamos falar dos seus lucros!

Em linhas gerais até aqui os números apresentados pelas companhias americanas têm apresentado ampla surpresa positiva. A Earnings Scout informa que entre 61 empresas que divulgaram seus números essa semana, 90% bateram as estimativas do mercado para lucros, os quais foram, aproximadamente 22% maiores que o esperado. Ainda em nível agregado o crescimento da receita até aqui se mostrou de cerca de 8.6% e dos lucros em 46.1%. Abaixo uma tabela completa com os números consolidados até agora.

Foco total dessa semana fica por conta dos resultados, afinal temos uma miríade de nomes conhecidos!

Temos Tesla (NASDAQ:TSLA) (SA:TSLA34) na segunda; Microsoft (NASDAQ:MSFT) (SA:MSFT34), Google (NASDAQ:GOOGL) (SA:GOGL34), Visa (NYSE:V) (SA:VISA34), Starbucks (NASDAQ:SBUX) (SA:SBUB34), GM (NYSE:GM) (SA:GMCO34) e 3M (NYSE:MMM) (SA:MMMC34) na terça; quarta-feira é a vez da Apple (NASDAQ:AAPL) (SA:AAPL34), Facebook (NASDAQ:FB) (SA:FBOK34), Qualcomm (NASDAQ:QCOM) (SA:QCOM34), Boeing (NYSE:BA) (SA:BOEI34), Ford (NYSE:F) (SA:FDMO34); quinta-feira a Amazon (NASDAQ:AMZN) (SA:AMZO34), Mastercard (NYSE:MA) (SA:MSCD34), Comcast (NASDAQ:CMCSA) (SA:CMCS34), McDonald’s (NYSE:MCD) (SA:MCDC34), Shell (NYSE:RDSa) (SA:RDSA34) e Caterpillar (NYSE:CAT) (SA:CATP34); e sexta-feira temos a Exxon Mobil (NYSE:XOM) (SA:EXXO34), Chevron (NYSE:CVX) (SA:CHVX34), AstraZeneca (NASDAQ:AZN) (SA:A1ZN34) e Colgate-Palmolive (NYSE:CL)(SA:COLG34). E isso porque citei apenas algumas…muitas outras empresas divulgarão balanços. 

Imagem
Imagem

Era isso.

Aquele abs e boa semana!

Por Que Você Não Precisa se Preocupar com os Impostos nos EUA?
 

Artigos Relacionados

Alexandre Bossi
ESG: Uma Moda Muito Bem-Vinda Por Alexandre Bossi - 25.07.2021 1

Quando algo começa a fazer muito sucesso no mundo dos negócios, logo atrai a atenção de todos: seja da mídia, interessada em investigar e levar mais informações ao público, dos...

Por Que Você Não Precisa se Preocupar com os Impostos nos EUA?

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (7)
Paulo Almeida
Paulo Almeida 27.04.2021 7:33
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Nunca me preocupei. Não sou americano.
Sartana Johnny
Sartana 27.04.2021 7:33
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Pois deveria se preocupar, mesmo no sentido positivo. Se houver uma fuga de capital o Brasil pode ser o destino de uma parcela. Se houver tambem uma retração da bolsa americana, nosso índice tende a acompanhar por um curto período. É bom ficar de olho e não ignorar.
Paulo Vicente
Paulo Vicente 26.04.2021 14:15
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Maravilha de artigo. Segue o jogo!
Cesar Capri
Cesar Capri 26.04.2021 14:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Se esses milionários representam somente 0,4 % dos investidores, o impacto será de quase nada mesmo. Sempre achei que o mercado financeiro fosse de maioria milionários, então, não deve afetar posições compradas mesmo, mas é bom cuidar quando isso for a votação, os mercados podem abrir num gap de baixa muito pesado já medo é algo irracional.
Sartana Johnny
Sartana 26.04.2021 14:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
E se 80 a 90% da riqueza, dinheiro, poder financeiro está nas mãos desses 0,4% (que parecem pouco) e eles decidem abandonar o barco, mesmo que seja por um momento. Nunca subestime um percentual "baixo" antes de olhar para todos os lados.
É tudo mentira Berenstein
É tudo mentira Berenstein 26.04.2021 14:04
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O aumento afeta as growth stocks.
henrique andreotti
henrique andreotti 26.04.2021 14:03
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Leandro Otoch
Leandro Otoch 26.04.2021 13:48
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
esse aumento não passa...
Mill Thoques
Mill Thoques 26.04.2021 13:48
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Phillipe Oliveira
PereneInvest 26.04.2021 13:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
muito boa análise
Mill Thoques
Mill Thoques 26.04.2021 13:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Muito meu obrigado
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail