Garanta 40% de desconto
⚠ Alerta de Balanço! Quais ações estão prontas para disparar?
Veja as ações no nosso radar ProPicks. Essas estratégias subiram 19,7% desde o início do ano.
Não perca a lista completa

Start short em Vale (VALE3) e gain em Petrobras (PETR4)

Publicado 22.01.2024, 08:39
Atualizado 02.09.2023, 18:53

Bem amigos, bom dia! Como estão vocês, tudo bem?

Enquanto a economia americana mostrar sinais de resiliência, os mercados emergentes continuarão a sofrer. E na última semana o Ibovespa mostrou que sente bastante esses efeitos, e encerrou mais uma semana em queda, acumulando -2,56% no período e já perde 4,9% no primeiro mês do ano.

 

 O índice caiu ao longo da manhã, indo fazer a mínima por volta das 13:45h, quando passou a reagir e recuperou parte das perdas do dia anterior. A média de 9 períodos que cruzou pra baixo a de 21 há uma semana, começa a se aproximar da de 52, onde os preços encontraram um suporte que já respeita há dois pregões.

 

 As expectativas de início de cortes de juros nos EUA já em março, baixaram significativamente de 77% para 49% de uma semana para a outra com diversas declarações de membros do FOMC de que é necessário parcimônia (já vimos esse filme aqui no Brasil), e que é necessária cautela para acertar bem o timing e não errar como no início do ciclo de alta. A ver.

 Lucro de 3,80% em três dias

Nossa operação de venda da Petrobras (BVMF:PETR4) deu muito certo. Se por um lado ataques a navios americanos colocaram em observação as cotações do petróleo, e com isso a possibilidade de reação do preço da ação, por outro, as declarações do presidente da República de que voltaria a investir na refinaria de Abreu e Lima e que a empresa foi vítima de conspiração americana (devidamente rebatida pelo Departamento de Justiça dos EUA que publicou a íntegra do acordo de confissão da Petrobras), foi muito mal recebida pelo mercado.

 

Dessa forma o nosso preço alvo foi atingido e nos entregando o lucro máximo na operação. Depois de perder o suporte em R$37,33 o papel até esboçou uma reação, mas insuficiente para sair do negativo. 

Parabéns a todos que entraram na operação, e como temos por premissa limitar perdas e maximizar os ganhos, esse único trade já foi suficiente para colocar nossa posição no positivo no mês/ano em 1,10% contra -4,90% do Ibovespa.

Short em Vale (BVMF:VALE3)

Assim como o petróleo sofre, o minério de ferro também. E para além disso, o cenário chinês atrapalha ainda mais o desempenho da empresa. Dessa forma nós tínhamos estabelecido um preço de start de venda no suporte dos R$68,38.

Com apenas três fechamentos positivos no intraday e um único acima do anterior, já foram muitas as possibilidades de ganho no ano na ação que já perde 11,79%em 2024.

 

Na última sexta-feira a ação abriu e seguiu em queda direto, varando a mínima anterior, quando eu dei o sinal de alerta lá no Instagram do blog_entrandoemacao, e passou batida pelo suporte em R$68,38 abrindo nossa operação. Nosso stop nesse momento é a mínima da quinta-feira nos R$69,00 e o objetivo da operação R$66,52.

Temos vários papéis em observação nesse momento e caso alguma das configurações se mostrem muito viáveis solto o call ao longo do dia nas redes sociais. Mas por enquanto a opção é não soltar nenhuma nova operação agora. Abraço e ótima semana!

 

Ação

Dt. Entrada

Dt. Encerramento

Ganho atual

BBAS3 (BVMF:BBAS3)

03/01/2024

04/01/2024

-0,57%

NTCO3 (BVMF:NTCO3)

03/01/2024

04/01/2024

-1,77%

ABEV3 (BVMF:ABEV3)

10/01/2024

11/01/2024

-0,36%

PETR4

17/01/2024

19/01/2024

3,80%

       

Acumulado mês

   

1,10%


É hora de entrar em AÇÃO!

Últimos comentários

Cada retardado que aparece
desde o dia 22 a ação já subiu 5% quem entrou short se ferrou.
Recomenda venda para enganar a sardinhada. Hoje a Vale abriu com gap de alta e estopou todos os vendidos.
Bem falado. Esses caras que postam artigos aqui deveriam apagar essas bobagens para não passar vergonha.
petrobras de volta a corrupção
outro agente da CIA americano! goza na realização normal depois de TODA alta de Petro? investir foi o que levou o Brasil ser exportador de oil! e seremos melhor servidos tendo uma refinaria novinha. Só um jegue não entende! jegue imediatista e anti patriota.
Obrigado pela audiência e volte sempre
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.