Junte-se a +750 mil investidores que copiaram as ações das carteiras dos bilionáriosAssine grátis

Petróleo cai após dados decepcionantes de emprego nos EUA

Publicado 02.11.2023, 22:18
Atualizado 03.11.2023, 12:07
© Reuters.
PBR
-
LCO
-
CL
-
PETR3
-
PETR4
-

Investing.com – O petróleo operava em queda nesta sexta-feira, 3, caminhando para encerrar a semana com fortes perdas, após os dados fracos do mercado de trabalho nos Estados Unidos aumentarem as preocupações com a desaceleração da maior economia do mundo.

Às 11h45 de Brasília, o barril do West Texas Intermediate (WTI), que serve de referência para os EUA, registrava queda de 1,37%, a US$ 81,33, enquanto o barril de Brent, referência internacional e para a Petrobras (BVMF:PETR4), recuava 1,36%, a US$ 85,67, no mercado futuro.

Números de emprego indicam pausa prolongada para o Fed

O relatório de empregos urbanos nos EUA mostrou que a economia criou 150.000 postos de trabalho em outubro, abaixo dos 297.000 de setembro e dos 180.000 esperados.

A taxa de desemprego subiu para 3,9%, enquanto os ganhos médios por hora trabalhada cresceram 0,2% no mês, abaixo dos 0,3% anteriores.

Esses números indicaram uma economia em desaceleração, que pode afetar a demanda por petróleo.

Petróleo caminha para a segunda semana no vermelho

Os dois referenciais do petróleo devem se desvalorizar entre 4% e 6% na semana, sua segunda semana consecutiva de queda, já que o alívio das tensões entre Israel e Hamas reduziu o risco de interrupções no fornecimento de petróleo nesta região rica em petróleo.

Israel continuava sua ofensiva terrestre em Gaza, enquanto as potências mundiais tentavam negociar um cessar-fogo para levar ajuda humanitária à região devastada pela guerra.

O Irã também pediu um embargo ao fornecimento de petróleo contra Israel, mas outros membros da Opep não aderiram à proposta.

Além disso, dados econômicos fracos da China e da França também pesaram sobre o petróleo, mostrando uma contração na atividade manufatureira chinesa e uma queda na produção industrial francesa em outubro, de 0,5%.

Próxima decisão do Fed em foco 

Ainda assim, os dados fracos de emprego nos EUA poderiam aumentar as chances de que o Fed mantenha sua taxa de juros em 5,25% a 5,50% pelo resto do ano, após pausar seu ciclo de alta nesta semana.

O temor é que aumentos adicionais nas taxas, para combater a inflação ainda elevada, prejudiquem a atividade econômica e a demanda por petróleo.

Os mercados já apostam que o Fed não elevará os juros em sua próxima reunião em dezembro, e o debate agora é sobre quanto tempo manterá as taxas nesses níveis.

Os dados fizeram a moeda americana cair, com o Índice Dólar recuando 0,7%, o que, em tese, beneficia o petróleo, que é cotado na divisa e fica mais barato para compradores internacionais.

A semana termina com a divulgação da contagem de sondas de petróleo da Baker Hughes e dados de posicionamento da CFTC, como de costume.

(Com contribuições de Ambar Warrick. Tradução de Julio Alves.)

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.