Libere dados premium: até 50% de desconto InvestingProGARANTA JÁ SUA OFERTA

Bitcoin dispara com expectativa de corte de juros nos EUA e ETF

Publicado 03.12.2023, 23:38
Atualizado 04.12.2023, 09:01
BTC/USD
-
ETH/USD
-

O bitcoin rompeu a barreira dos US$ 40.000 pela primeira vez em 2023 nesta segunda-feira, 4, e se aproximava de US$ 42.000, devido à expectativa de que o Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) reduza a taxa de juros mais cedo do que o previsto, enquanto o mercado também acompanha a possível aprovação de um fundo de investimento negociado em bolsa (ETF) para a criptomoeda.

A maior moeda digital do mundo disparava 5%, a US$ 41.500, às 8h40 de Brasília, seu nível mais elevado desde maio de 2022 (antes da quebra da stablecoin Terra provocar uma mínima de mais de um ano nos mercados de criptoativos).

A segunda maior moeda digital do mundo, ethereum, também subia forte, 3%, a US$ 2.231, seu nível mais alto desde maio de 2022.

As mineradoras de criptomoedas, como Marathon Digital (NASDAQ:MARA) e Riot Platforms (NASDAQ:RIOT), tiveram forte alta de mais de 10%.

A possibilidade de que o Fed antecipe o corte da taxa de juros no próximo ano tem sustentado os preços das criptomoedas, provocando a desvalorização do dólar e aumentando o interesse pelos ativos de risco.

Alguns agentes do mercado viram os comentários recentes do presidente do Fed, Jerome Powell, como menos restritivos. Embora Powell tenha sinalizado que os dirigentes poderiam elevar mais as taxas para conter a inflação, ele ressaltou que a política já está em "território contracionista".

Os traders passaram a precificar uma probabilidade de mais de 95% de que o banco central dos EUA mantenha as taxas em dezembro, e mais de 50% de chance de que reduza as taxas já em março de 2024, segundo a Ferramenta de Monitoramento da Taxa do Fed do Investing.com. O Fed tem reunião marcada para os dias 12 e 13 de dezembro.

No entanto, a alta dos preços nos EUA ainda está bem acima da meta anual de 2% do Fed, enquanto o mercado de trabalho também se mostra forte. Dados de payrolls não agrícolas previstos para esta sexta-feira devem trazer mais evidências sobre este último.

A história recente sugere que a perspectiva de taxas de juros mais baixas pode ser favorável para o bitcoin. Em 2021, uma era de política monetária frouxa e aumento da negociação especulativa levou a moeda a atingir um recorde de quase US$ 69.000.

Depois, ela despencou à medida que os custos de empréstimo aumentaram e a indústria de criptomoedas foi abalada por uma série de quebras e repressões regulatórias. Escândalos de alto perfil também abalaram o setor, com um dos casos mais notáveis envolvendo a Binance -- a maior corretora de criptomoedas do mundo. O grupo se declarou culpado de acusações do Departamento de Justiça dos EUA de lavagem de dinheiro em novembro, e agora enfrenta uma multa de mais de US$ 4 bilhões. O ex-diretor executivo Changpeng Zhao se declarou culpado de acusações criminais e renunciou.

Especulação sobre ETF impulsiona o bitcoin

No entanto, o Bitcoin mais que dobrou de valor este ano, com a maior parte dos ganhos ocorrendo nas últimas semanas enquanto os investidores aguardam um possível aval dos reguladores dos EUA para um conjunto de ETFs que acompanham diretamente o preço da criptomoeda.

Vários dos principais gestores de ativos, incluindo a BlackRock (NYSE:BLK) e a Invesco, já protocolaram pedidos com a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) para lançar ETFs de bitcoin. Os defensores de cripto alegam que a aprovação de tais produtos atrairia grandes volumes de capital institucional para o bitcoin. Mas, considerando que produtos como o Grayscale Bitcoin Trust (BTC) (OTC:GBTC) - que acompanha o preço dos contratos futuros de bitcoin - viram o interesse dos investidores diminuir no ano passado, há dúvidas sobre quanto capital institucional um ETF à vista poderia captar.

A SEC não deu nenhum sinal de que pretende aprovar um ETF à vista no curto prazo, embora a Grayscale tenha vencido uma disputa judicial importante contra o regulador para aprovar sua solicitação para um ETF à vista.

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.