Últimas Notícias
Garanta 40% de desconto 0
🔎 Confira as ProTips completas de NVDA e descubra riscos e retornos DESCONTO de 40%

IGP-M acelera alta para 0,59% em novembro com impulso de commodities, diz FGV

Publicado 29.11.2023 08:05 Atualizado 29.11.2023 08:26
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
 
USD/BRL
+0,50%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
BVSP
-0,26%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
iBOV
-0,32%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

Por Luana Maria Benedito

SÃO PAULO (Reuters) - O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) registrou alta de 0,59% em novembro, acelerando ante ganho de 0,50% no mês anterior, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quarta-feira, citando nova pressão do setor de commodities.

A expectativa em pesquisa da Reuters com analistas era de um avanço de 0,60%.

Em 12 meses, o IGP-M ainda tem queda de 3,46%, a menos intensa desde abril deste ano (-2,17%).

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que responde por 60% do índice geral e apura a variação dos preços no atacado, acelerou a alta a 0,71% neste mês, contra 0,60% em outubro.

"Observou-se um incremento substancial nos preços de commodities componentes do índice ao produtor", disse o coordenador dos índices de preço da FGV, André Braz, destacando os aumentos do farelo de soja (de 0,51% para 5,41%) e do café em grão (de -1,60% para 6,36%). Além disso, o subitem óleo diesel saltou 6,56% no período.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que tem peso de 30% no índice geral, avançou 0,42% em novembro, acima da alta de 0,27% do mês passado.

"A inflação ao consumidor avançou sob influência de fatores climáticos que impactaram negativamente a oferta de alimentos in natura", disse Braz, chamando a atenção para os saltos da cebola (de -5,20% para 38,53%) e da batata-inglesa (de -5,40% para 20,94%).

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), por sua vez, desacelerou a alta a 0,10%, de 0,20% em outubro.

Dados divulgados pelo IBGE na véspera mostraram que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15) passou a subir 0,33% em novembro, acelerando ante alta de 0,21% em outubro.

O IGP-M calcula os preços ao produtor, consumidor e na construção civil entre os dias 21 do mês anterior e 20 do mês de referência.

IGP-M acelera alta para 0,59% em novembro com impulso de commodities, diz FGV
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por esse motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (6)
Pereira Fil
Pereira Fil 29.11.2023 9:14
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ladrão 💍💎💍💎💍💎💍💎💍💎💎💍💎💍💎 Genocida safado 64,11% no fracassado governo
Pereira Fil
Pereira Fil 29.11.2023 9:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Época do ladrão 💍💍💎💍💎💍💎💍💎💍💎 Genocida 22% aa
Pereira Fil
Pereira Fil 29.11.2023 9:08
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Deus abençoe 🙏🙏🙏 nosso LULINHA
Li Viegas
Li Viegas 29.11.2023 8:52
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Esquerda é inflação, como um país vai prosperar com os piores políticos e ministérios no poder? e a gastança com viagens do mimado do sistema só aumenta.
Reginaldo Mattos
Reginaldo Mattos 29.11.2023 8:52
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O BRASIL em 2023 melhorou em todos os sentidos capital estrangeiro chegando com força!
Li Viegas
Li Viegas 29.11.2023 8:52
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Reginaldo Mattos  melhorou para os narcotraficantes e corruptos, que agora tem o povo que trabalha feitos escravos para bancar uma pequena elite no poder, isso que dá não aprender matemática nas escolas e  Moral e Cívica, geram pessoas sem noção do certo e errado.
Fernando Borelli
Fernando Borelli 29.11.2023 8:32
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Aumento de 0,50 no mês anterior, 0,59% agora e assim vamos vendo a inflação aumentar graças ao desgoverno. Energia já subiu mais de 15% este ano. Com muito amor, o país afunda a cada dia! Basta olhar e analisar os números.
Gilberto Carmo
Gilberto Carmo 29.11.2023 8:32
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Não leia só a manchete, energúmeno, preguiçoso
Gilberto Sonda
GilbertoGiba 29.11.2023 8:32
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Fernando Borelli, energia aumentou 15%? Em que país ou mundo que você vive?
Natanael MATIAS DA ASSUNÇAO
Natanael MATIAS DA ASSUNÇAO 29.11.2023 8:32
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
privatização só aumenta preço de energia
Fernando Borelli
Fernando Borelli 29.11.2023 8:32
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Gilberto Sonda Simples, basta ver sua conta de energia, se é que tem é paga.
Mat Newman
Mat Newman 29.11.2023 8:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
72h.. tic tac tic.. hahahahahahah despiorando
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar esse comentário

Diga-nos o que achou desse comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail