Últimas Notícias
Garanta 40% de desconto 0
🔎 Confira as ProTips completas de NVDA e descubra riscos e retornos DESCONTO de 40%

Temos lutado pelas condições de trabalho dos servidores do BC, mas sem efetividade, diz Campos Neto

Publicado 07.12.2023 09:35 Atualizado 07.12.2023 11:01
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, fala durante evento ReutersNEXT, em Nova York 09/11/2023 REUTERS/Brendan McDermid

(Reuters) - O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse nesta quinta-feira que a instituição tem lutado muito para melhorar as condições de trabalho de seus servidores, mas não tem tido efetividade até o momento.

No Encontro Anual Drex 2023, em Brasília, Campos Neto enfatizou que reconhece a importância dos servidores do BC e as dificuldades que passam, garantindo que continuará buscando a melhoria das condições de trabalho e mostrando para a sociedade o benefício das ações da autoridade monetária.

"Sei que a gente está passando por momentos difíceis. A gente tem lutado muito para melhorar as condições, obviamente sem efetividade até agora, mas a gente continua na luta", disse.

Servidores da autarquia estão trabalhando em regime de operação padrão desde o início de julho para pressionar o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva a promover uma reestruturação de carreira no BC, além de reivindicar uma espécie de bônus de produtividade.

Campos Neto e outros diretores já haviam manifestado apoio às reivindicações e até comparecido a uma manifestação dos funcionários, citando preocupação com a desvalorização da carreira e risco da perda de quadros.

Nos últimos meses, o BC atrasou a divulgação de alguns indicadores citando como justificativa o movimento dos servidores.

A mobilização de servidores públicos em torno de reivindicações tem ocorrido também em outras áreas do governo, como a Receita Federal e agências ambientais. Na terça-feira, a ministra da Gestão, Esther Dweck, reconheceu que o governo pode enfrentar greves de funcionários.

Ela argumentou que a movimentação é natural em meio a um governo que conversa "com todo mundo", criticando as gestões dos ex-presidentes Michel Temer e Jair Bolsonaro por, segunda ela, terem fechado os canais de diálogo com o funcionalismo por seis anos.

A ministra assegurou que está sendo debatido no Executivo espaço orçamentário para eventuais reajustes salariais, embora tenha admitido que os recursos são escassos.

Na quarta-feira, em carta vista pela Reuters, mais de 1.500 trabalhadores do Ibama e do ICMBio exigiram melhores salários e condições de trabalho para a categoria, acusando o governo Lula de "deslealdade".

(Por Fernando Cardoso)

Temos lutado pelas condições de trabalho dos servidores do BC, mas sem efetividade, diz Campos Neto
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por esse motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (3)
JOSE MATIAS
JOSE MATIAS 07.12.2023 12:26
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
trabalhadores do Ibama e do ICMBio exigiram melhores salários e condições de trabalho para a categoria, acusando o governo Lula de "deslealdade". Estão com saudades do MITO ?  Porque não cobraram nada dele ? Muitos servidores públicos votaram nele e, exceto os militares, a maioria se lascou.
Mat Newman
Mat Newman 07.12.2023 11:04
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Depois de sabotar o povo brasileiro e os empresários, o pilantra virou sindicalista? Ele e os especuladores amigos devem estar rindo a toa dos milhões ganhos em offshore de paraíso fiscal.
Patty Faria
Patty Faria 07.12.2023 10:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O BC compõe a elite do funcionalismo público e tem devolvido pouco a sociedade naquilo que é sua principal missão: juros civilizados.
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar esse comentário

Diga-nos o que achou desse comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail