Garanta 40% de desconto
⚠ Alerta de Balanço! Quais ações estão prontas para disparar?
Veja as ações no nosso radar ProPicks. Essas estratégias subiram 19,7% desde o início do ano.
Não perca a lista completa

Petróleo Brent sobe acima de US$90 com sauditas e russos estendendo cortes de oferta

Publicado 05.09.2023, 11:23
Atualizado 05.09.2023, 11:26
© Reuters. Bombas de petróleo em campo de produção na China.  REUTERS/Stringer

Por Natalie Grover

LONDRES (Reuters) - Os preços do petróleo subiram cerca de 2% nesta terça-feira, depois que a Arábia Saudita e a Rússia anunciaram uma nova extensão de seus cortes voluntários de oferta, estendendo uma redução combinada de 1,3 milhão de barris por dia (bpd) por mais três meses até dezembro.

Os contratos futuros do petróleo Brent subiam cerca de 1,4%, sendo negociados acima de 90 dólares por barril, o que não acontecia desde novembro do ano passado.

Enquanto isso, os contratos futuros do petróleo West Texas Intermediate (WTI), negociados nos EUA, subiam cerca de 2%, para 87,22 dólares/barril.

A decisão de Riad de estender seu corte voluntário de 1 milhão de bpd será revisada mensalmente para considerar a possibilidade de aprofundar o corte ou aumentar a produção, informou a agência de notícias estatal SPA na terça-feira.

A expectativa geral era de que a Arábia Saudita estendesse seus cortes voluntários até outubro.

A Rússia, membro da Opep+, também prolongou seus cortes voluntários até o final do ano "para manter a estabilidade e o equilíbrio" nos mercados de petróleo, disse o vice-primeiro-ministro Alexander Novak na terça-feira.

© Reuters. Bombas de petróleo em campo de produção na China.  REUTERS/Stringer

O segundo maior exportador de petróleo do mundo está reduzindo as exportações em 300.000 bpd no período.

A Rússia havia dito que cortaria voluntariamente as exportações de petróleo em 500.000 bpd, cerca de 5% de sua produção, em agosto, e em 300.000 bpd em setembro. A Rússia também está reduzindo sua produção de petróleo em 500.000 bpd até o final de 2024.

(Reportagem de Natalie Grover em Londres, Katya Golubkova em Tóquio e Andrew Hayley em Pequim)

Últimos comentários

Bora colocar esse petróleo a 130 dólares!!
excelente notícia
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.