Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Dólar fecha em queda com exterior e captações, mas sem tirar Brasília do foco

Moedas15.09.2021 18:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Notas de dólares dos EUA 07/02/2011 REUTERS/Lee Jae-Won

Por José de Castro

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar fechou em queda ante o real nesta quarta-feira, com o mercado embarcando em vendas na parte da tarde na esteira do fortalecimento do apetite por risco no exterior, em meio a um rali das commodities a picos em mais de seis anos.

O dólar à vista caiu 0,42%, a 5,237 reais.

A cotação variou de 5,273 reais (+0,27%) a 5,2304 reais (-0,54%) na sessão.

Lá fora, o índice do dólar --que mede o valor da moeda frente a uma cesta de seis rivais-- ampliava a queda para 0,2% no fim da tarde. A baixa acelerou depois das 16h (de Brasília), após uma escalada nos preços do petróleo empurrar um índice de referência para as matérias-primas a uma máxima desde julho de 2015.

Moedas intrinsecamente correlacionadas às commodities lideravam os ganhos nos mercados de câmbio nesta sessão: rublo russo (+1,3%), peso chileno (+0,8%), coroa norueguesa (+0,7%) e dólar canadense (+0,5%).

A alta dos produtos básicos beneficia o real por melhorar os termos de troca --em linhas gerais, razão entre preços de exportações e importações. Assim, a economia brasileira acaba recebendo, no líquido, mais dólares, aumentando a disponibilidade da moeda, o que pode baixar seu preço.

A nova pernada de alta nas commodities poderia interromper a queda nos termos de troca vista desde os picos do segundo trimestre. Segundo dados mais recentes da Funcex, em junho o índice de termos de troca havia batido uma máxima desde 2011. A balança comercial brasileira tem cravado recorde atrás de recorde.

Ainda na linha de ingresso de recursos, o mercado acompanhou notícias de que a Rumo (SA:RAIL3) lançou nesta quarta-feira captação de 500 milhões de dólares no exterior. Nesta semana, Banco do Brasil (SA:BBAS3) também precificou captação de 750 milhões de dólares.

O mercado de câmbio no Brasil "se rendeu" às vendas de dólares na parte da tarde depois de uma manhã mais pressionada, em que investidores repercutiram sinais de que o governo Bolsonaro parece contar com menos apoio do Legislativo.

Na noite de terça-feira, o presidente do Congresso, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), rejeitou medida provisória enviada por Bolsonaro que alterava o Marco Civil da Internet.

"O espaço para mais medidas está menor", disse Gustavo Cruz, estrategista da RB Investimentos, chamando atenção para o entendimento de que, mesmo após a minirreforma ministerial recente, o governo ainda não "colheu frutos" no Congresso.

Falas do ministro da Economia, Paulo Guedes, na véspera e nesta quinta também ficaram no radar, num momento em que o mercado se preocupa com o risco de abalo ao teto de gastos diante do imbróglio em torno da conta de precatórios para 2022 --envolta em mais nebulosidade diante da intensificação da crise entre Poderes.

Chamou atenção nesta quarta comentário do presidente do STF e do Conselho Nacional de Justiça, Luiz Fux, sobre o titular da Economia: "Guedes é tão amigo que coloca no meu colo o filho que não é meu". A declaração fez referência à intenção de Guedes de obter aval do CNJ para parcelar precatórios.

O recrudescimento da contenda político-institucional e seus potenciais efeitos fiscais têm deprimido ainda mais a visão do estrangeiro sobre a taxa de câmbio brasileira, em meio a uma ampla expectativa de volatilidade adicional apesar da possibilidade de juros mais altos por causa da disparada da inflação.

Dólar fecha em queda com exterior e captações, mas sem tirar Brasília do foco
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (2)
Luciano Bueno
Luciano Bueno 15.09.2021 18:59
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bolsonaro e sua equipe desestruturaram toda politica cambial do país, a troco de nada! apostaram tudo na "tara" juros baixo e nao deu certo, o credito continuou caro, o dolar disparou e a inflacao nao tem limite... agora querem furar o teto fiscal com a pedalada dos precatorios, por puro populismo! aumentar a renda basica em ano eleitoral
Athanase Patsea
Athanase Patsea 15.09.2021 18:59
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Chama a Dilma e o Lula que eles arrumam a casa rapido...
Maria Celia Costa
Maria Celia Costa 15.09.2021 18:59
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
vai ver como está a moeda Argentina aqui do lado.
josé odebrecht
josé odebrecht 15.09.2021 18:59
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
ninguém é tão burro. se tem interesse na situação e uma coisa. mas falar o que falou. minha nossa. deve estar de sacanagem...
Paulo Takano
Paulo Takano 15.09.2021 18:59
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Deve ser futuro ministro da economia, sabe tudo.
Athanase Patsea
Athanase Patsea 15.09.2021 18:26
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Dolar sendo domado por enquanto , deve subir bastante nos proximos dias...
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail