🚀 Ações escolhidas por IA em alta. PRFT com alta de +55% em 16 dias. Não perca as ações de junho!Acessar lista completa

Ações: Hapvida, Azul e Gol lideram altas do Ibovespa; índice sobe

Publicado 10.08.2023, 10:41
Atualizado 10.08.2023, 10:45
© Reuters
BVSP
-
AMAR3
-
BBAS3
-
BEEF3
-
CSUD3
-
ELET3
-
EMBR3
-
GOLL4
-
JBSS3
-
MRVE3
-
PINE4
-
POSI3
-
SLCE3
-
UGPA3
-
COGN3
-
BVSPEUR
-
ALUP11
-
SQIA3
-
WINc1
-
GUAR3
-
AZUL4
-
SUZB3
-
HAPV3
-
SOMA3
-
GMAT3
-
RDOR3
-
NGRD3
-
ELMD3
-
BLAU3
-
ALLD3
-
SMFT3
-
TRAD3
-
PORT3
-

Investing.com — O Ibovespa subia 0,57% às 10h39 (de Brasília) desta quinta, 10 de agosto, a 119.083 pontos. Hapvida, Azul e Gol (BVMF:GOLL4) lideravam as altas, enquanto Grupo Soma, Ultrapar (BVMF:UGPA3) e Rede D’or apresentavam maiores quedas do índice.

Veja as principais notícias corporativas

Minerva (BVMF:BEEF3) — A empresa de alimentos reportou lucro líquido de R$ 120,7 milhões no segundo trimestre, queda de 71,6% em um ano. As ações subiam 1,58%, a R$10,92.

Banco Pine (BVMF:PINE4) — A instituição financeira registrou lucro líquido de R$42,9 milhões, 9,5x o resultado do segundo trimestre deste ano. Os papéis estavam em leilão.

Neogrid (BVMF:NGRD3) — Apresentou prejuízo de R$3,097 milhões no 2T23, piora anual de 77,3%. As ações perdiam 1,85%, a R$1,59.

Ultrapar Participações (BVMF:UGPA3) — O lucro líquido totalizou R$238,7 milhões entre abril e junho, contra R$ 459,9 milhões no 2T22. Os papéis despencavam 4,75%, a R$18,26.

Azul (BVMF:AZUL4) – A companhia aérea apresentou prejuízo líquido ajustado de R$567 milhões, contra também resultado negativo de R$721 milhões no período do ano passado. As ações preferenciais ganhavam 2,71%, a R$17,02.

Blau Farmacêutica  (BVMF:BLAU3) — A empresa registrou lucro líquido de R$70 milhões no período, baixa anual de 38%. Os papéis recuavam 3,98%, a R$18,82.

Eletromídia (BVMF:ELMD3) — O lucro líquido totalizou R$ 33,9 milhões no 2T23, alta de 362% frente o 2T22. As ações subiam 0,52%, a R$15,52.

Sinqia (BVMF:SQIA3) — No trimestre, o prejuízo líquido atribuído aos acionistas da Sinqia foi de R$ 3,35 milhões, uma piora de 75,3% em relação a igual período do ano passado. Os papéis caíam 0,41%, a R$26,59.

Grupo Mateus (BVMF:GMAT3) — O lucro líquido do trimestre atingiu R$ 293,2 milhões, um crescimento de 11,0% frente o 2T22. As ações registravam acréscimo de 2,26%, a R$8,15.

Guararapes (BVMF:GUAR3) — Apresentou prejuízo líquido de R$17,616 milhões no segundo trimestre deste ano, contra lucro de R$26,38 mi de um ano antes. Os papéis disparavam 8,7%, a R$6,75.

Allied  (BVMF:ALLD3) — O lucro líquido contábil foi de R$16,9 milhões, uma retração anual de 29,9%. As ações ganhavam 3,92%, a R$6,90.

Smartfit (BVMF:SMFT3) — A rede de academias conquistou um lucro líquido de R$284 milhões, revertendo prejuízo de R$40 milhões de um ano antes. Os papéis estavam em acréscimo de 1,42%, a R$23,53.

Positivo (BVMF:POSI3)— A empresa de tecnologia teve um lucro líquido de R$21 milhões no 2T23,  recuo anual de 76%. As ações registravam valorização de 1,80%, a R$7,91.

TC  (BVMF:TRAD3)— A companhia registrou prejuízo líquido de R$8,927 milhões, contra lucro de R$1,871 milhões no 2T22. Os papéis subiam 0,66%, a R$1,52.

Banco do Brasil (BVMF:BBAS3) — O Banco do Brasil reportou balanço referente ao segundo trimestre com lucro líquido sem ajustes de R$8,35 bilhões, expansão anual de 8,7%. As ações registravam valorização de 0,21%, a R$46,85.

Cogna (BVMF:COGN3) — A companhia do setor educacional apresentou prejuízo líquido de R$47,3 milhões entre abril e junho, ante prejuízo líquido de R$100,9 milhões em igual intervalo do ano passado. Os papéis ganhavam 0,92%, a R$3,29.

Hapvida (BVMF:HAPV3) — A Hapvida registrou prejuízo líquido de R$161,1 milhões no 2T23, contra resultado negativo de R$312,3 milhões de um ano antes. As ações subiam 8,27%, a R$5,37.

Rede D'Or São Luiz (BVMF:RDOR3) — A rede de hospitais teve lucro líquido de R$435,4 milhões no segundo trimestre, elevação de 21,5% frente igual intervalo do ano anterior. Os papéis caíam 1,12%, a R$33,56.

MRV (BVMF:MRVE3) — Reportou um lucro líquido consolidado de R$181 milhões no segundo trimestre, o triplo frente igual período em 2022. As ações subiam 0,73%, a R$13,85.

Marisa Lojas (BVMF:AMAR3) — A varejista apresentou prejuízo líquido de R$63,4 milhões no segundo trimestre de 2023, 82% pior do que o também resultado negativo do 2T22. Os papéis registravam valorização de 3,57%, a R$0,87.

JBS (BVMF:JBSS3) — A J&F Investimentos, controladora da JBS, tenta reduzir multa de R$10,3 bilhões por corrupção. As ações subiam 0,83%, a R$19,42.

Wilson Sons (BVMF:PORT3) — No segundo trimestre de 2023, o lucro líquido da empresa de logística portuária totalizou R$111 milhões, uma alta de 583% na comparação com igual período do ano passado. Os papéis ganhavam 0,15%, a R$13,24.

CSU Digital (BVMF:CSUD3) — O lucro líquido apresentou expansão anual de 15,8%, alcançando R$20,486 milhões no segundo trimestre. As ações disparavam 5,67%, a R$14,73.

Alupar (BVMF:ALUP11) — A transmissora de energia reportou um lucro líquido regulatório de R$203,1 milhões no 2T23, alta de 304,7% em relação ao mesmo período de 2022. Os papéis apresentavam alta de 1,25%, a R$9,71.

SLC Agrícola (BVMF:SLCE3) — A empresa registrou lucro líquido R$348,7 milhões no segundo trimestre, uma diminuição de 28,2% frente o mesmo período do ano passado. As ações recuavam 0,14%, a R$43,46.

Eletrobras (BVMF:ELET3) — A empresa espera que a usina nuclear Angra 3 seja finalizada, mesmo com parte do governo defendendo a descontinuação do projeto. Os papéis subiam 1,29%, a R$37,61.

Suzano (BVMF:SUZB3) — Usou créditos de carbono em projeto piloto visando a neutralização das emissões na produção de 50 mil livros. As ações registravam alta de 0,89%, a R$49,74.

Eve, da Embraer (BVMF:EMBR3) — A companhia de mobilidade anunciou parceria com DHL para logística da operação de aeronave de decolagem e pouso vertical. Os papéis da Embraer subiam 1,33%, a R$18,27.

Grupo Soma (BVMF:SOMA3) — Apresentou lucro líquido de R$85,4 milhões, baixa de 27,6% frente o 2T22. As ações caíam 3,79%, a R$10,40.

Ibovespa: Após primeiro semestre em alta, o que pode motivar a bolsa brasileira?

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.