Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

'Jabutis' e tarifas são obstáculos para votação da MP da Eletrobras no Senado

Ações16.06.2021 15:40
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Logo da Eletrobras, empresa de energia elétrica brasileira. 09/04/2019 REUTERS/Brendan McDermid

BRASÍLIA (Reuters) - Cercada de indefinições, a votação da MP da Privatização da Eletrobras (SA:ELET3) ainda esbarra em divergências sobre os chamados "jabutis", temas inseridos no texto sem relação direta com o assunto central da medida, e em temores sobre as tarifas que resultarão do processo de desestatização.

Fontes consultadas pela Reuters e senadores preveem muitos embates em torno da medida provisória, que mesmo pautada para esta quarta-feira no plenário do Senado ainda não conta com um parecer formal fechado, com o debate tendo como pano de fundo uma seca histórica nas hidrelétricas que deve aumentar neste ano os custos dos consumidores.[nL2N2NX27D]

De qualquer forma, os jabutis --principalmente os acrescidos à proposta pelos deputados-- devem ser objeto de questionamentos.

O líder do PSD no Senado, Nelsinho Trad (PSD-MS), uma das maiores bancadas da Casa, explicou que as negociações estão muito dinâmicas e ainda pode haver mudanças.

Mas o retrato do momento aponta para a apresentação de um requerimento pedindo a impugnação nos dispositivos inseridos na MP pela Câmara e a votação do texto original.

"O Senado não deixará de dar a sua palavra", disse o senador à Reuters.

"O ponto de convergência é a capitalização do sistema", acrescentou, avaliando como "muito difícil" a MP sair da Casa sem qualquer alteração.

Se for alterada pelo Senado, a MP precisa voltar à Câmara para uma segunda análise.

O relator da proposta, senador Marcos Rogério (DEM-RO), já vem declarando que pretende apresentar um texto "que represente um ponto mínimo de convergência" entre senadores, governo e representantes do setor, sem, no entanto, desvirtuar a espinha dorsal do texto aprovado pela Câmara.

Marcos Rogério garante que manterá como foco a capacidade real de investimento da Eletrobras e a redução das tarifas, mas muitas das bancadas aguardam a apresentação do parecer para definirem suas posições.

Os parlamentares estarão atentos, assim que for liberado o texto, aos "jabutis", que na visão de muitos dos senadores poderão encarecer o custo da energia.

Um deles está relacionado à obrigatoriedade de contratação de usinas termelétricas a gás no Nordeste, Norte e Centro-Oeste, em áreas onde não há gasodutos instalados. Outro diz respeito a regulação de leilões de energia.

Há quem aponte ainda que o tema não deveria ser tratado por medida provisória, mas sim por projeto de lei.

O líder da Minoria, Jean Paul Prates (PT-RN), decidiu preparar proposta, que teria sua tramitação iniciada e finalizada pelo Senado, sem prazo para discussão.

A MP, por sua vez, precisa ter a tramitação concluída no Congresso Nacional até o dia 22 de junho ou perde a validade.

A senadora Simone Tebet (MDB-MS), que também advoga por mais tempo de debate sobre o tema, alerta ainda que a MP corre o risco de ser judicializada.

No Twitter, a senadora disse que os jabutis da proposta vão "aumentar conta de luz, preço da cesta básica e, no meio ambiente, com obrigação de se construir termelétricas longe dos gasodutos, barram avanço da energia eólica e solar".

"A quem interessa, se todos perdem? Com a palavra os criadores dos jabutis", questionou ela, nesta tarde.

Mas há quem advogue que as térmicas compulsórias trarão benefícios aos consumidores, como a Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás), que cita também que o país tem que buscar alternativas em momento em que as hidrelétricas registram baixos níveis dos reservatórios.

A medida poderia trazer economia aos consumidores de 8 bilhões de reais ao no, afirmou nesta semana a Abegás, citando que essa é a diferença entre os custos e os benefícios, como o menor preço da energia e equalização do risco hidrológico.

Questionado, o Ministério de Minas e Energia disse que a contratação compulsória de térmicas não deverá pressionar as tarifas.

SECA

Em meio a preocupações com a oferta de energia hidrelétrica devido à seca nos reservatórios, o governo decidiu esperar a votação da Medida Provisória da privatização da Eletrobras no Senado antes de editar a MP que pode autorizar o racionamento de energia e outras medidas para controle da crise energética, disse o líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR).

Barros afirmou que, por se tratar de tema correlato, a edição da MP agora poderia influenciar na votação da privatização da Eletrobras, disse ele à Reuters.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello; com reportagem adicional de Ricardo Brito e Lisandra Paraguassu)

'Jabutis' e tarifas são obstáculos para votação da MP da Eletrobras no Senado
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (4)
Orlando Semensato
Orlando Semensato 16.06.2021 16:06
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Privatização já e sem os jabutis. Deixem esses "animaizinhos" em paz.
Robson Araújo
Robson Araújo 16.06.2021 15:48
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Deputados e senadores, como sempre, jogando contra o povo e o País.
André MárciaBarros
André MárciaBarros 16.06.2021 15:38
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Acabou a mamata .....chega de cabide de emprego....PRIVATIZA TUDO
Mn Nve
Mn Nve 16.06.2021 14:40
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O Rei da Rachadinha quer por quer quer aprovar o Jaboticabal da Eletrobrás. Não aceita reduzir a roubalheira que esta colocando dentro do projeto de privatizacão. Um corrupto mediocre seguido por um bando de imbecis. Pq não faz a capitalização sem incluir as rachadinhas? Seria tão simples, mas isso nào dá voto e nem dindin no bolso, né? Em 22, seja patriota, pense no Brasil. Nào vote em Bozo e Lula.
Criver Crizinho Rosario
Criver Crizinho Rosario 16.06.2021 14:40
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Mostra seu nome, PT enrustido...
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail