Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Preço do dólar monopoliza debate antes de eleições legislativas na Argentina

Ações 23.10.2013 18:14
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
Buenos Aires, 23 out (EFE).- A cotação do dólar no mercado informal argentino foi o principal foco das discussões entre governo e oposição nesta quarta-feira, às vésperas do fechamento de campanha para as eleições legislativas do próximo domingo.

A moeda americana cotava hoje, pelo segundo dia consecutivo, acima dos 10 pesos por unidade no mercado paralelo, muito acima da cotação oficial: 5,87 pesos para a venda.

O governo apressou-se para tentar minimizar o impacto da escalada do dólar, enquanto internamente se aqueceu o debate com comparações que beiram o absurdo e que obrigaram o governador da província de Buenos Aires, Daniel Scioli, que não oculta suas aspirações presidenciais, a tentar acalmar os ânimos.

O questionado vice-presidente argentino, Amado Boudou, sugeriu que por trás do recorde do dólar no mercado negro há uma intenção contra o Executivo.

"Às vezes, em tempos eleitorais, tentam levar adiante algumas questões para importunar os governos", afirmou.

Boudou, formalmente à frente do governo durante a ausência da presidente Cristina Kirchner, submetida a uma operação no crânio há 15 dias, advertiu que "quando os grupos corporativos querem controlar o país, eles também se prejudicam".

Por sua vez, Scioli especificou que o governo "está fazendo uma avaliação profunda e fixando prioridades às quais vão direcionar os dólares disponíveis enquanto geram mecanismos para que possam ingressar cada vez mais dólares por meio de investimentos privados no setor energético ou em outros setores da economia".

"O governo foi fixando prioridades na alocação de dólares, que têm a ver com manter um crescimento, um abastecimento de energia e uma demanda de dólares aplicada ao aparato produtivo", explicou o governador, que, à revelia de Cristina, ganhou um enorme protagonismo na campanha eleitoral.

Scioli é a máxima autoridade do maior distrito eleitoral do país, além de possível candidato para os pleitos presidenciais de 2015.

Há, segundo Scioli, uma "clara vontade de ir normalizando as situações internacionais" e de conseguir a "reinserção plena da Argentina na economia mundial", embora "não a qualquer custo".

O debate acabou saindo de contexto com as declarações do ex-chefe de gabinete e senador do partido governante, Frente para a Victoria, Aníbal Fernández, que chegou a assegurar hoje que divulgar a cotação diária do dólar informal é como divulgar o valor de drogas ilegais.

"O dólar 'blue' (informal) é como cotar a cocaína", declarou Fernández a "Radio del Plata".

O senador aumentou assim a polêmica aberta por um comentário quase idêntico do presidente da Comissão Nacional de Valores (CNV), o governista Alejandro Vanoli, que, no entanto, teve que admitir hoje que "algumas restrições" para adquirir dólares "talvez tenham que ser revisadas" porque "alguns argentinos têm que necessariamente recorrer ao mercado" paralelo.

Já o prefeito da capital, o conservador Mauricio Macri, entrou de cabeça no debate e tachou de "disparate" os comentários de Aníbal Fernández.

"É triste que estejamos discutindo se podemos comprar dólares, quanto vale um dólar", disse Macri, acrescentando que "no mundo todo sobram os dólares e só faltam aqui e na Venezuela".

Macri aproveitou para denunciar a política de restrições cambiais imposta pelo governo argentino há quase dois anos e, em entrevista à emissora "Radio Mitre", afirmou que "o cerco (cambial) existe porque existe a inflação".

A Argentina introduziu gradualmente desde o final de 2011 restrições no mercado cambial formal, o que provocou o crescimento dos circuitos informais de câmbio.

A compra de dólares nos bancos e nas casas de câmbio está vedada desde então, mas os argentinos ainda podem comprar moeda estrangeira no mercado formal para viajar ao exterior com autorização prévia da Receita Federal. EFE

mar/rsd
Preço do dólar monopoliza debate antes de eleições legislativas na Argentina
 

Artigos Relacionados

Walt Disney: lucros e receita superam consenso no Q3
Walt Disney: lucros e receita superam consenso no Q3 Por Investing.com - 10.08.2022 1

Investing.com - Walt Disney (NYSE:DIS) publicou nesta quarta-feira o balanço do terceiro trimestre e mostrou lucro que superou as projeções dos analistas. A receita superou a...

CVC prioriza alongamento de dívida
CVC prioriza alongamento de dívida Por Reuters - 10.08.2022

Por Andre Romani SÃO PAULO (Reuters) - A CVC (BVMF:CVCB3) tem como prioridade na gestão da estrutura de capital o alongamento de sua dívida bruta, que têm a maior parte dos...

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail