📖 Guia da Temporada de Balanços: Saiba as melhores ações escolhidas por IA e lucre no pós-balançoLeia mais

Setor varejista vê fortunas mistas em meio a altas persistentes

EdiçãoAhmed Abdulazez Abdulkadir
Publicado 16.06.2024, 11:47
© Pavlo Gonchar / SOPA Images/Sipa via Reuters Connect
US500
-
AMZN
-
COST
-
TJX
-
DLTR
-
DG
-
XRT
-
XLY
-

O setor de varejo dos EUA está experimentando resultados mistos, já que as altas taxas de juros continuam a afetar o mercado, com algumas ações performando bem, enquanto outras vacilam. O índice S&P 500 Consumer Discretionary Distribution & Retail teve um aumento de quase 14% este ano, alinhando-se com os ganhos gerais do S&P 500. Amazon.com (NASDAQ:AMZN) se destacou particularmente com um aumento de 21% no preço de suas ações.

Por outro lado, empresas voltadas para consumidores de baixa renda, mais vulneráveis a altas taxas de juros, viram suas ações sofrerem. As ações da Dollar Tree (NASDAQ:DLTR) e da Dollar General (NYSE:DG) caíram significativamente, 27% e 9%, respectivamente.

A posição do Federal Reserve sobre as taxas de juros continua sendo uma influência fundamental no setor de varejo. Com o Fed indicando no início desta semana a necessidade de mais sinais de arrefecimento da inflação antes de considerar reduzir os custos dos empréstimos, o setor de varejo, juntamente com o setor imobiliário e de bens de consumo, continua sob pressão.

As atenções agora se voltam para os próximos dados de vendas no varejo dos EUA, que devem ser divulgados na terça-feira, com analistas esperando um crescimento de 0,2% para maio. Caso os resultados fiquem aquém das expectativas, isso pode apoiar argumentos para que o Fed reduza os juros mais cedo.

Os investidores vêm ajustando suas expectativas, com os mercados futuros indicando um potencial corte de juros em setembro, apesar da projeção do Fed de queda em dezembro.

Em meio a essas condições, os investidores estão gravitando em torno de empresas que atraem consumidores em busca de valor. Costco Wholesale (NASDAQ:COST), Walmart (NYSE:WMT) e TJX Companies (NYSE:TJX) foram escolhas populares, com suas ações subindo 28%, 29% e 16%, respectivamente. Essas empresas se concentram em oferecer itens de marca com desconto, o que continua sendo uma proposta atraente para os consumidores que desejam esticar seus dólares.

Robert Pavlik, da Dakota Wealth Management, e Kim Forrest, da Bokeh Capital Partners, expressaram confiança na resiliência de empresas como Costco, TJX e Urban Outfitters (NASDAQ:URBN), esta última que viu suas ações aumentarem mais de 20% este ano.

Um gestor de carteiras da Janus Henderson Investors acredita que setores como compras online continuarão a prosperar, mesmo com taxas de juros altas sustentadas. Ele cita empresas como Carvana, com ações quase dobrando este ano, e DoorDash (NASDAQ:DASH), com alta de cerca de 13%, como exemplos de histórias de crescimento nos estágios iniciais.

O futuro do setor de varejo continuará intimamente ligado aos movimentos das taxas de juros e aos padrões de gastos do consumidor, com os próximos dados de vendas no varejo provavelmente fornecendo mais informações sobre a trajetória do setor.

A Reuters contribuiu para este artigo.

Essa notícia foi traduzida com a ajuda de inteligência artificial. Para mais informação, veja nossos Termos de Uso.

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.